Publicidade

Estado de Minas

Cartão com local de prova do Enem 2018 é liberado nesta segunda

Documento que confirma a inscrição e indica local de prova pode ser acessado a partir de hoje pela internet. Às vésperas do exame, 'a chave agora é ter calma', orienta especialista


postado em 22/10/2018 06:00 / atualizado em 22/10/2018 07:44

Estudantes chegam ao aulão-show gratuito oferecido ontem por pré-vestibular para revisão dos conteúdos mais cobrados no exame(foto: Jair Amaral/EM/DA Press)
Estudantes chegam ao aulão-show gratuito oferecido ontem por pré-vestibular para revisão dos conteúdos mais cobrados no exame (foto: Jair Amaral/EM/DA Press)


Último passo antes da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os 5,5 milhões de inscritos confirmados no Brasil, dos quais 583 mil em Minas Gerais, podem acessar, a partir de hoje, seus cartões de confirmação de inscrição para saber os locais onde farão os testes nos dias 4 e 11 do mês que vem. A expectativa é de um Enem sem surpresas, seguindo o que foi cobrado em edições anteriores. A menos de 15 dias para a avaliação, o importante agora é ter calma, recomenda especialista.


O cartão de confirmação será disponibilizado apenas na internet, na página do participante (http://enem.inep.gov.br/participante), e no aplicativo oficial do Enem. O acesso é individual e, por isso, é preciso inserir os dados pessoais e senha para consultar os locais de prova. A impressão do documento não é obrigatória, mas o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC) recomenda levá-lo para evitar confusões e facilitar a conferência de dados.

Este é o segundo ano em que o Enem será aplicado durante dois domingos consecutivos. O primeiro deles terá provas de linguagens, ciências humanas e redação. O segundo, de ciências da natureza e matemática. Professor de língua portuguesa e literatura, Nilton de Paiva Pinto acredita que o exame seguirá os mesmos parâmetros que o MEC tem adotado desde 2009. “Uma prova muito calcada na leitura e interpretação de textos em todas as áreas, explorando diversos gêneros textuais, poemas e letras de canções”, afirma o professor do Colégio Sagrado Coração de Maria, no Bairro Serra, Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Ele lembra que ano passado, quando houve mudanças no MEC, apostou-se numa prova diferente, que cobraria muito conteúdo. “Pelo contrário, foi um teste que trabalhou muito a habilidade de leitura. Vai aparecer algum conteúdo, mas nunca isolado, sempre contextualizado e relacionado à leitura”, ressalta. Com o Enem batendo à porta, ele chama a atenção dos candidatos para a importância da tranquilidade: “A chave agora é ter calma, encontrar o ponto de equilíbrio para tentar manter a tranquilidade até os dias 4 e 11. Você estudou o ano todo e está sabendo o que precisa para a avaliação”.

O estudante Gabriel Sifuentes acredita que o segredo é não esbarrar nos extremos: nem deixar de lado nem estudar demais(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)
O estudante Gabriel Sifuentes acredita que o segredo é não esbarrar nos extremos: nem deixar de lado nem estudar demais (foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)


Aluno do 3º ano do ensino médio, Gabriel Sifuentes, de 17 anos, acredita que o segredo é não esbarrar nos extremos: nem deixar de lado nem estudar demais. “Nunca vamos conseguir saber tudo. Tento continuar estudando e me preparando, mas dentro do limite do aceitável, sem me estressar nem me degastar”, diz. “Daqui a alguns dias será a prova. Não dá mais tempo de querer aprender tudo e, mesmo se aprender, a pessoa não vai conseguir fixar a matéria. É mais positivo fazer revisão do que já sabe e se sentir preparado.”

De olho numa vaga na universidade no curso de economia, Gabriel fez o Enem como treineiro nos últimos dois anos. Ele imprime edições antigas para resolver as questões. Outra estratégia tem sido prestar o vestibular de diversas faculdades que usam um modelo de prova parecido com o do exame nacional para se preparar. “O mais complicado é o tempo e o cansaço, fatores limitantes para mim.”


Manter a motivação em alta é essencial na reta final. E foi justamente com esse objetivo que o Elite BH – Curso pré-vestibular – realizou ontem o “Aulão Enem 360º”. Gratuitamente, 250 estudantes, matriculados ou não no Elite, puderam fazer  revisão geral dos assuntos mais cobrados no exame, em aulão-show que ocorreu durante toda a manhã no Teatro Izabella Hendrix. Exclusivamente para seus alunos, o pré-vestibular já prepara um evento de relaxamento, que ocorrerá 1º de novembro. Das 14h às 18h, os participantes poderão fazer ioga, jogar videogames e  outras atividades divertidas.

(foto: Arte EM)
(foto: Arte EM)


PERFIL
Dos 583.027 inscritos em Minas Gerais, 349.694 são mulheres (60% do total de inscritos) e 233.333 são do sexo masculino. A faixa etária mais representativa, 27,9%, é a dos participantes que têm de 21 a 30 anos (162.585). Adolescentes de 18 anos somam 100.377 (17,2%) e de 17 totalizam 95.456 (16,4%). A maioria dos inscritos, 347.279, já concluiu o ensino médio. Outros 162.981 estão cursando a última série este ano. Os treineiros são 66.617 inscritos. E 6.150 não estão cursando e não concluíram o ensino médio.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade