Publicidade

Estado de Minas

Número de turistas no Brasil pode chegar a sete milhões este ano

O país recebe mais estrangeiros da Argentina, Estados Unidos, Chile, Paraguai e Uruguai


postado em 26/07/2018 17:21

Número de turistas no Brasil pode chegar a sete milhões este ano(foto: Educa Mais Brasil)
Número de turistas no Brasil pode chegar a sete milhões este ano (foto: Educa Mais Brasil)

De acordo com os dados do Ministério do Turismo, o percentual de crescimento de visitação de turista no Brasil cresceu 8% e isso pode indicar que o país alcance a marca de 7 milhões de visitantes estrangeiros ainda este ano. Comparado ao ano passado, quando vieram ao país cerca de 6,6 milhões, o aumento é para lá de significante. O país poderá pela primeira vez atingir o recorde de visitações, superando o fluxo de registrado em épocas de jogos esportivos, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olímpiadas do Rio, em 2016. 


Os dados do Anuário Estatístico de Turismo 2018 - Ano Base 2017 apontam que os principais pontos de entrada de turistas ao Brasil são Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul, mas não são necessariamente as regiões mais visitadas. E os meses com maior procura são os meses de janeiro, fevereiro e dezembro, respectivamente.
O país recebe mais estrangeiros da Argentina, Estados Unidos, Chile, Paraguai, Uruguai, França, Alemanha, Reino Unido, Itália e Portugal. E o orçamento deste ano de 2018 para receber bem os turistas também aumentou chegando a R$ 247,6 milhões, segundo dados do Ministério do Turismo.

O retorno vem sendo positivo. Os turistas estrangeiros injetaram US$ 779 milhões na economia brasileira, somente no mês de janeiro. Esse é o maior valor para o primeiro mês do ano em toda a série histórica iniciada em 1990. Comparado com os demais meses, a receita com o turismo internacional só não foi maior que junho e julho de 2014, meses da Copa do Mundo, quando o montante foi de US$ 793 milhões e US$ 785 milhões, respectivamente. 


Para Renata Souza, que atua como supervisora de viagens, houve sim um crescimento do turismo no Brasil, inclusive pelos próprios brasileiros que, pela alta do dólar, preferem investir em uma viagem nacional. "Entre os destinos mais caros, está Gramado, especialmente na época do Natal Luz, que vai do final de outubro até segunda semana de janeiro", pontua. 


No Brasil, a participação direta do turismo na economia foi de US$ 56,8 bilhões em 2016, o equivalente a 3,2% do PIB. Já a contribuição total do setor foi de US$ 152,2 bilhões, 8,5% do PIB Nacional. O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) estima um crescimento de 3,3% até 2027, chegando à contribuição total do setor na economia em 9,1% do PIB, o equivalente a US$ 212,1 bilhões. Os meses com maior quantidade de turistas no Brasil são janeiro, fevereiro, dezembro e março. 


Janeiro foi o mês escolhido pelo italiano Fabio Belloni, 44 anos, para conhecer onze cidades do Brasil. "Para mi, foi importante conhecer a cultura brasileira, conhecer seus costumes, outros estilos de vida, fora a tranquilidade da natureza e as belas praias", comenta.

Bolsas de estudo para Turismo
Se interessou pelo crescimento neste ramo do Turismo e quer se especializar? Você pode contar com apoio do Educa Mais Brasil que concede, em todo país, bolsas de estudo com desconto de até 70%. Os interessados podem fazer a inscrição pelo site parceiro do programa http://www.educamaisbrasil.com.br/portaluai.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade