Publicidade

Estado de Minas

Inscrições para o Sisu terminam nesta sexta-feira

Até esta quinta-feira, o Ministério da Educação (MEC) contabilizou 1.812.401 inscritos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu)


postado em 26/01/2018 16:13 / atualizado em 26/01/2018 16:25

O resultado da primeira chamada será divulgado na segunda-feira, dia 29(foto: Túlio Santos/EM/D.A Press )
O resultado da primeira chamada será divulgado na segunda-feira, dia 29 (foto: Túlio Santos/EM/D.A Press )

Termina nesta sexta-feira o prazo para inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2018. Os interessados têm até as 23h59 para fazer a adesão, na página sisu.mec.gov.br. O Ministério da Educação (MEC) contabilizou até ontem 1.812.401 inscritos. O número, na verdade, é quase o dobro, chegando a 3.510.592, uma vez que cada candidato pode escolher até duas opções de curso. No DF, há 74.325 inscritos.

Para se inscrever, é necessário que o estudante que participou do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 não tenha zerado a redação e estejam com mais de 18 anos no primeiro dia de realização da prova. É preciso informar também o número de inscrição do Enem 2017 e a senha cadastrada no site. O resultado da primeira chamada será divulgado na segunda-feira, dia 29. Ao todo, serão oferecidas 236.601 vagas em 130 instituições públicas de ensino superior, estaduais e federais.
(foto: CB/D.A Press )
(foto: CB/D.A Press )

Para ajudar os estudantes a escolherem cursos nos quais têm chances de serem aprovados, o MEC realiza a divulgação das notas de corte parciais, calculadas de acordo com o número de vagas disponíveis e com o desempenho dos candidatos. No entanto, mesmo que o aluno tenha atingido a nota mínima apresentada pelo sistema não há a garantia de que seja selecionado, pois não ocorre atualização em tempo real.

No Brasil, a maior nota de corte parcial em medicina variou de 881,76, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), no câmpus de Caicó, a 750,06, na Universidade Federal Rural do Semiárido, em Mossoró, também no estado potiguar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade