Publicidade

Estado de Minas

UFMG é a mais procurada do país nesta edição do Sisu

A instituição recebeu 171.825 inscrições para as 6.279 vagas oferecidas nos cursos de graduação neste ano


postado em 07/02/2017 14:31 / atualizado em 07/02/2017 15:02

(foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)
(foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) foi a mais procurada por candidatos do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2017. A instituição recebeu 171.825 inscrições para as 6.279 vagas oferecidas nos cursos de graduação neste ano. O curso mais concorrido foi foi Medicina, na modalidade de reserva de vagas pela Lei de Cotas. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Educação (MEC).

O segundo curso mais concorrido em 2017 foi Direito noturno, também pela reserva de vagas, com 6.422 inscrições, seguida de Medicina na modalidade ampla concorrência, com 6.358 inscrições, Psicologia, com 5.058 inscritos na modalidade ampla concorrência, e Direito matutino, com 3.934 inscritos, na modalidade reserva de vagas. Mesmo sendo a primeira colocada neste ano, a UFMG recebeu menos inscrições do que 2016. No ano passado, foram 195 mil pelo Sisu.

Entre as 131 instituições que ofereceram cursos para o processo seletivo do Sisu, depois de Minas Gerais, vem a UFPE, de Pernambuco, com 144.322 para 6.952; UFC do Ceará, com 140.849 para 6.288), UFMA, do Maranhão, com 131.899 para 2.418; UFG, de Goiás, com 130.077 para 6.365; UFBA, da Bahia, com 118.998 para 4.442, UFRJ, do Rio de Janeiro, com 117.315 para 4.917; UFPB, da Paraíba, com 117.256 para 7.790, e UFF, do Fluminense, com 112.841 para 5.032.

O ranking coloca Minas Gerais no topo da unidade de Federação mais escolhida pelos candidatos. O estado teve 611.863 inscrições para 30.363 vagas; Rio de Janeiro (382.891 para 16.506) e São Paulo (326.153 para 14,3 mil). Em seguida, aparecem Bahia (318.144 para 13.274) e Pernambuco (311.635 para 13.975).

Na primeira edição deste ano do Sisu, as instituições de educação superior do Nordeste foram as mais procuradas pelos candidatos. Dos 4,9 milhões de inscrições em todo o Brasil, cerca de 1,9 milhão foram feitos para cursos na região, que abriu 90.851 vagas (20,8 candidatos por vaga), a maior oferta no país, de um total de 237.840. O Sudeste ficou em segundo lugar na preferência dos estudantes (1,42 milhão de inscrições e 67.627 vagas).

Veja a lista das universidades mais procuradas:

UFMG - 171.825 inscrições para 6.279 vagas
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) - 144.322 inscrições para 6.952 vagas
Universidade Federal do Ceará (UFC) - 140.849 inscrições para 6.288 vagas
Universidade Federal do Maranhão (UFMA) - 131.899 inscrições para 2.418 vagas
Universidade Federal de Goiás (UFG) - 130.077 inscrições para 6.365 vagas
Universidade Federal da Bahia (UFBA) - 118.998 inscrições para 4.442 vagas Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) - 117.315 inscrições para 4.917 vagas
Universidade Federal da Paraíba (UFPB) - 117.256 inscrições para 7.790 vagas
Universidade Federal Fluminense (UFF) - 112.841 inscrições para 5.032 vagas

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade