Publicidade

Estado de Minas

Bruno será transferido para penitenciária em Três Corações e ficará em cela individual

A informação foi confirmada nesta noite pela Secretaria de Estado de Administração Prisional. O horário e o dia da transferência não serão informados


postado em 27/04/2017 19:10 / atualizado em 27/04/2017 22:29

Goleiro Bruno se entregou na tarde desta quinta-feira em Varginha, no Sul de Minas(foto: Gilmar Garcia/TV Alterosa)
Goleiro Bruno se entregou na tarde desta quinta-feira em Varginha, no Sul de Minas (foto: Gilmar Garcia/TV Alterosa)

O goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza, de 32 anos, se apresentou no Presídio de Varginha, no Sul de Minas Gerais, nesta quinta-feira, mas não ficará no local por muito tempo. O atleta será transferido para a Penitenciária de Três Corações, cidade vizinha, onde ficará em cela individual. A informação foi confirmada nesta noite pela Secretaria de Estado de Administração Prisional.

De acordo com a secretaria, Bruno vai ficar em uma cela com medida de 4,5 por 4,5 metros. O cômodo tem cama, pia e vaso sanitário em alvenaria. Na unidade, o goleiro vai receber quatro refeições diárias – café da manhã, almoço, café da tarde e jantar. Também terá direito a banho de sol e a visitas de pessoas cadastradas. Além disso, poderá trabalhar e estudar. A pasta não divulgou detalhes de quando será a transferência “por motivos de segurança”.

O goleiro se entregou na tarde desta quinta-feira, depois que o a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu revogar sua soltura. Ele deixou o hotel onde estava hospedado e chegou de carro com um dos advogados, Fábio Gama, e com os diretores do Boa Esporte. Bruno foi recebido pelo Delegado Regional de Varginha, Roberto Alves. No local, 12 pessoas o esperavam – entre equipes de reportagens e alguns vizinhos curiosos.

A comunicação do STF informou que a revogação da liberdade do atleta chegou de manhã ao Fórum Doutor Pedro Aleixo, em Contagem, na Grande BH. Depois disso, houve um despacho do juiz responsável para a expedição do mandado de prisão. O documento foi expedido pelo Tribunal do Júri de Contagem e encaminhado para a Comarca de Varginha, no Sul de Minas. Bruno passou por exames do Instituto Médico-Legal (IML), ainda na delegacia e, no meio da tarde, foi encaminhado ao Presídio de Varginha, no Bairro Padre Vitor.

 

(RG) 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade