Publicidade

Estado de Minas

Parentes vão poder assistir a julgamento do Caso Bruno


postado em 07/11/2012 07:11 / atualizado em 07/11/2012 11:53

A juíza Marixa Rodrigues decidiu que dois parentes de cada réu poderão assistir ao julgamento dos suspeitos do desaparecimento e morte da ex-amante do goleiro Bruno, Eliza Samudio, que começa no dia 19, no Tribunal do Júri de Contagem. A mãe da vítima, Sônia Moura, também será ouvida em plenário diante do conselho de sentença.

Além do atleta, sentarão no banco dos réus sua ex-mulher Dayanne; o amigo Luiz Henrique Ferreira Romão, Macarrão; o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola; e a ex-namorada de Bruno Fernanda Gomes de Castro. O julgamento de outros dois envolvidos foi desmembrado e outro acusado, Sérgio Rosa Sales, foi assassinado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade