Publicidade

Estado de Minas

Até R$ 8,9 mil: EBSERH lança seleção com vagas para DF e mais 22 estados

As inscrições já estão abertas! Há chances de níveis médio técnico e superior


postado em 28/05/2020 10:47

(foto: Divulgação/Governo federal )
(foto: Divulgação/Governo federal )
A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) lançou mais um processo seletivo emergencial (PSE) voltado à contratação temporária de pessoal para o enfrentamento à covid-19. De acordo com o governo federal, desta vez estão previstos novos cargos: médico plantonista, médico (Medicina do Trabalho), farmacêutico, assistente social, biomédico e técnicos em Análises Clínicas, Radiologia, Necropsia e Farmácia. 

Os aprovados serão lotados no Distrito Federal e mais 22 estados. Os salários variam de R$ 2.254,85 a R$ 8.984,81, para jornadas que variam de 24h a 40h de trabalho semanal. A contratação temporária é pelo período inicial de seis meses, podendo ser prorrogado pelo prazo necessário, tendo como prazo máximo dois anos. 

Os candidatos serão submetidos a avaliação de títulos e experiência profisisonal. O resultado da seleção será divulgado em 8 de junho. 

O extrato do edital de abertua foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) e as inscrições podem ser feitas no período de 28 de maio, até às 22h do dia 4 de junho, no site da AOCP, banca organizadora da seleção.  

Quantidade de vagas 

O diretor de Gestão de Pessoas da estatal, Rodrigo Barbosa, explica que se trata de cadastro reserva, e que o total possível de contratações desses novos cargos já foi previsto no primeiro processo seletivo, ou seja, somadas ambas as seleções, poderão ser contratados aproximadamente 6 mil profissionais temporários, dependendo da necessidade dos hospitais. “Não houve alteração na totalidade do número possível de contratações, que permanece o mesmo. Esse novo processo seletivo é exclusivamente voltado para a inclusão de novos cargos para a atuação no enfrentamento à pandemia, mas deverá se limitar à mesma quantidade registrada no processo anterior”, esclareceu o diretor. 

A contratação de profissionais dos novos cargos possibilitará a reposição do quadro de pessoal e o reforço necessário em áreas sensíveis para o combate à Covid-19. “À medida que percebemos as demandas dos hospitais e como se estabeleceram os fluxos de trabalho, identificamos novas necessidades e atuamos imediatamente para supri-las. Temos a obrigação de agir com rapidez e de maneira efetiva, para que o nosso trabalho reflita no atendimento de excelência à população que precisa dos nossos serviços,” pontuou Barbosa.

O diretor destacou ainda que esses processos seletivos não impactam nos concursos públicos realizados em 2019, que estão em andamento e continuam seguindo seus trâmites normais. As vagas dos processos seletivos são exclusivas e temporárias para enfrentamento à Covid-19.

225 mil incritos 

No primeiro processo seletivo, foram autorizados os cadastros reserva para médicos nas especialidades de Medicina de Emergência, Anestesiologia, Clínica Médica e Medicina Intensiva, para enfermeiros (incluindo as especialidades de Terapia Intensiva e de Urgência e Emergência), para técnicos em enfermagem, para fisioterapeutas, para engenheiros (clínico e mecânico) e para arquitetos.

Nessa etapa, foram registradas 225 mil inscrições, com mais de 6 mil profissionais convocados e 1.349 profissionais temporários contratados para o combate à pandemia. Aliado aos profissionais que já atuavam nos hospitais e a outras ações da Ebserh – como investimentos em medicamentos, infraestrutura e equipamentos –, o reforço de pessoal já possibilitou, até agora, a oferta de 1.810 leitos exclusivos para o atendimento e apoio a pacientes suspeitos ou contaminados pelo coronavírus. As convocações de profissionais desses cargos também continuarão a depender da demanda dos hospitais.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade