Publicidade

Estado de Minas DESEMPREGO

Nove formas de garantir uma renda extra sem sair de casa

Vender serviços, aptidões e indicar amigos são algumas dicas para conseguir driblar e se manter na crise


postado em 28/05/2020 14:50 / atualizado em 28/05/2020 14:51

(foto: mohamed Hassan/Pixabay )
(foto: mohamed Hassan/Pixabay )


Redução de jornada de trabalho, empresas fechando, demandas diminuindo. Com a pandemia veio também a diminuição de receitas de muitas famílias. Mas, nem tudo está perdido. Com criatividade e foco na venda de serviços, aptidões e ou mercadorias é possível driblar este momento difícil. Nesse cenário, há alguns meios de garantir um dinheiro extra e ajudar a fechar as contas no final do mês.

Para provar que é possível, conheça nove formas de ganhar dinheiro sem sair de casa, com base nas dicas do escritor best-seller e estudioso do comportamento humano ligado à prosperidade Bruno Gimenes.

Para o especialista, a crise veio para quebrar paradigmas e mostrar um novo mundo que precisa surgir.

Bruno Gimenes é autor de livros ligados à prosperidade como Tratado da prosperidade e Como ser um ímã para o dinheiro, da Luz da Serra Editora.

Confira:


1 - Mercado livre da vida real: Compre um produto barato e dê valor a ele fazendo propaganda diferenciada nas suas redes sociais, atribuindo qualidades reais que as outras pessoas não estão vendo, use o gatilho mental de novidade. Seja criativo e saiba vender. Por fim, venda com um lucro maior nos sites: Mercado Livre, OLX, Enjoei, Uzlet, Desapego, Peguei Bode, Que Barato e Tradr. Uma grande dica aqui é você usar o seu status do WhatsApp. Coloque lá a foto do que você está vendendo e o preço para todos os seus contatos verem.

Como começar:
 primeiro, pechinche produtos baratos. Depois, o mais importante: encontre um motivo para valorizá-lo. E coloque à venda.

2 - Ofereça o seu amor e cuide de pets na sua casa: Se você tem espaço na sua casa e adora animais, pode ser um pet sitter. Você receberia e cuidaria de animais na sua casa. Funciona bem como um hotel para cachorro. E você recebe um valor por dia.

Como começar: 
primeiro, avalie se a sua casa tem condições de receber animais de estimação e se você está mesmo disposto a isso. Depois, é só se cadastrar em sites que ofereçam esse serviço, como o DogHero (https://www.doghero.com.br/).

3 - Ofereça serviços de costura: Ofereça serviços de costura como reforma em roupas, modelagem completa ou costura de máscaras que tanto são necessárias nesta pandemia. É muito importante que você divulgue o seu serviço on-line ou pela vizinhança.

Como começar:
 você pode divulgar o serviço em grupos do Facebook da sua cidade ou grupos de WhatsApp da sua vizinhança. Uma estratégia legal é fazer panfletos e distribuir pelos comércios essenciais (mercado, farmácia, postos de gasolina etc.). Monte uma agenda para receber as clientes em casa.

4 - Venda suas próprias verduras e hortaliças: O mercado de alimentação natural e orgânica cresceu muito nos últimos anos. Por isso, você pode montar a sua própria horta orgânica em casa e vender serviço como membership de verduras e hortaliças. As entregas podem ser feitas por você mesmo semanalmente. Faça a divulgação desse serviço on-line ou na sua vizinhança.

Como começar: existem algumas maneiras de ter uma horta em casa. Se você tem um pátio, é mais fácil, mas também é possível ser feito em apartamentos de maneira vertical. Primeiro, escolha o melhor local para plantar, com sol e temperatura adequada. Você pode aprender sobre isso na internet, existem diversos cursos. E, então, comece a cultivar. Você vai precisar ter um pouco de paciência no início até as plantinhas começarem a crescer, mas depois pode ir intercalando os períodos de colheita.

5 - Venda seus conhecimentos em forma de infoprodutos: Pegue o que você tem de mais precioso em conhecimento e transforme isso em aulas ou e-books, para poder vender on-line para quem precisa dessa informação/solução. Para isso, a Amazon tem uma plataforma onde você pode vender o e-book criado por você mesmo.

Como começar:
escreva sobre algo na qual você tem propriedade. Depois, acesso ao site da Amazon (https://kdp.amazon.com/pt_BR/) e siga os passos para publicar o seu e-book.

6 - Indique amigos para sites e aplicativos: Alguns sites e aplicativos como PagSeguro e TikTok pagam a cada amigo que você indicar. Funciona assim: você recebe um link para divulgar o site/aplicativo e toda vez que alguém se cadastrar, baixar ou fizer uma compra com o seu link, você ganha uma quantia em dinheiro. Quantos mais amigos você indicar, mais dinheiro vai ganhar. Compartilhar seu código em grupos de Facebook pode ser uma boa estratégia.

Como começar: pesquise por sites e aplicativos que ofereçam esse serviço, se cadastre e comece a divulgá-los.

7 - Organize o seu brechó na sua rede social: Organize o seu brechó com todas as roupas que você enjoou, não quer mais ou que não cabem mais. Pode ser que alguém esteja procurando pelo que você precisa e você abre espaço na sua vida para coisas novas entrarem, além de ainda fazer dinheiro rápido.

Como começar:
 faça uma limpa em tudo que não serve mais na sua casa, tire foto e poste na sua rede social ou em grupos destinados a isso no Facebook, por exemplo. Aqui também funciona perfeitamente a dica de divulgação pelo status do WhatsApp e plataformas como Enjoei (https://www.enjoei.com.br/) e Peguei Bode (https://www.pegueibode.com.br/).

8 - Venda seus conhecimentos em forma de aula: Você pode oferecer aulas on-line daquilo que mais domina. As mais comuns são aulas de idiomas, mas use a sua criatividade. Poder ser aula de canto ou de algum instrumento, por exemplo. E, para isso, existem plataformas específicas como o SuperProf, no qual as pessoas procuram por professores.

Como começar:
acesse o site SuperProf (https://www.superprof.com.br/) e cadastre-se com a aula que você gostaria de oferecer. Depois, é só esperar pelos alunos.

9 - Entre para o mercado de afiliados: Pode ser que você não esteja em busca de "montar um negócio", ou seja, prefere entrar em algo que já existente. Neste parâmetro, conheça o campo de afiliados que é pouco conhecido e explorado no Brasil. Os afiliados são pessoas que fazem a divulgação e mediação de um produto ou serviço de uma empresa. Tal modelo de negócio é muito conhecido como o oferecido pela Hotmart, que conta com um grande catálogo de materiais.

 Como começar: para ser um afiliado, você basicamente precisa se cadastrar em alguma plataforma de afiliação. Existem várias opções: UOL Afiliados (https://afiliados.uol.com.br/index.html), Hotmart (https://www.hotmart.com/pt-BR), Monetizze (https://monetizze.com.br/), Eduzz (https://www.eduzz.com/).



Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade