Publicidade

Estado de Minas

Senador Canedo/GO retoma concurso público com 3,6 mil vagas

O concurso estava suspenso desde o final de agosto após o Tribunal de Contas dos Municípios alegar irregularidades no edital


postado em 10/09/2019 09:42

Senador Canedo, em Goiás(foto: Divulgação/Prefeitura de Senador Canedo)
Senador Canedo, em Goiás (foto: Divulgação/Prefeitura de Senador Canedo)
Prefeitura de Senador Canedo, em Goiás, retomou o concurso público, após determinação do Tribunal de Contas dos Municípios, para suspensão do certame. O edital passou por retificações e excluiu o cargo de analista jurídico, alterando o total de vagas que estão sendo ofertadas. 
 
Agora, o certame oferta 3.641 vagas, sendo 1.229 para contrato imediato e 2.412 para formação de cadastro reserva. Com a exclusão do cargo, também foi alterado o quadro de pontuação das disciplinas/área de conhecimento da prova objetiva para o cargo de procurador municipal:

"A prova prático-profissional corresponde a segunda etapa do concurso para o cargo de PROCURADOR MUNICIPAL e será realizada na mesma data das provas objetivas, conforme previsto no item 9.1 deste regulamento".

Somente será corrigida a prova discursiva dos primeiros 50 candidatos aprovados na prova objetiva (1ª etapa), sendo 45 candidatos da ampla concorrência e cinco candidatos com deficiência classificados até a posição. Os candidatos terão três horas para realizar a prova, além do acréscimo de 60 minutos para elaboração da prova discursiva. A segunda etapa do cargo, prova prático profissional, terá pontuação de 40 pontos.


Mais alterações

Outra alteração foi a carga horária dos cargos de auxiliar educacional, agente educacional, assistente de saúde (técnico de enfermagem, técnico em laboratório e técnico em prótese dentária) que passa a ser de 30 horas semanais. 
 
Para o cargo de guarda municipal, ficam reservadas 10% das vagas para serem preenchidas por candidatas do sexo feminino. Caso não houver candidatas aprovadas do sexo feminino, as vagas reservadas poderão ser preenchidas pelos candidatos do sexo masculino.

O cargo exige ensino médio completo e aprovação em provas de capacidade física, avaliação psicológica, curso de formação e CNH (Carteira Nacional de Habilitação), categoria "AB" (exigência para o exercício da função). 
 
As alterações do conteúdo programático podem ser conferidas aqui

Provas

As provas objetivas serão realizadas nas seguintes datas prováveis:
  • 08/12/19 (domingo) para o cargo de professor (todas as disciplinas/especialidades)
  • 15/12/19 (domingo) para todos os demais cargos de nível superior
  • 12/01/20 (domingo) para todos os cargos de nível fundamental incompleto
  • 19/01/20 (domingo) para todos os cargos de nível médio e técnico 

Inscrições

O período para os candidatos se reinscreverem fica aberto a partir desta terça-feira (10/9) até 10 de outubro, pelo site www.itame.com.br. As taxas são de R$ 50 para nível fundamental, R$ 70 para nível médio e R$ 110 para superior. 

Remuneração

Os vencimentos para os profissionais da educação poderão variar de R$ 12,20 a R$ 19,89 a hora aula. Para os demais cargos a remuneração irá variar de R$ 1.013,94 a R$ 3.160,16. 

Suspensão

suspensão ocorreu em 30 de agosto devido ao prazo, considerado relativamente longo, para conclusão integral do concurso; a ausência de previsão e destinação de vagas para o sexo feminino no cargo de guarda municipal; a falta de pontuação na prova de títulos para o cargo de professor; e a carga horária, remunerações e grau de escolaridade exigidos para alguns cargos.


* Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco 


Publicidade