Publicidade

Estado de Minas

Seis tribunais de Justiça estão autorizados a abrir novos concursos públicos

A maioria deles já está com a banca definida


postado em 21/06/2019 10:00 / atualizado em 24/06/2019 11:32

(foto: Divulgação/TJRR)
(foto: Divulgação/TJRR)
Os concurseiros interessados nas áreas de carreiras em tribunais devem se atentar, pois seis tribunais de Justiça já foram autorizados a realizar novos concursos públicos! Lembrando que o Poder Judiciário tem orçamento próprio e não está sujeito aos cortes impostos pelo governo federal. 

As oportunidades serão para os estados de Minas Gerais, Amazonas, Maranhão, Ceará, Pará e Alagoas. A maioria dos órgãos já está com a banca organizadora contrata e até o momento, 83 vagas estão sendo ofertadas, ao todo. As remunerações podem chegar a R$ 9,4 mil. Confira mais informações abaixo! 
 

TJMG 

Tribunal de Justiça de Minas Gerais está com dois concursos públicos autorizados e as bancas organizadoras já foram definidas. Para o Tribunal da 1ª Instância, o Instituto AOCP foi à banca contratada. Já para o certame da 2ª Instância o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) será a banca responsável pela realização do certame. 

De acordo com a assessoria do órgão, ainda não há previsão de data e ainda não é possível afirmar que os concursos serão realizados esse ano. “Por enquanto, o edital está em fase de elaboração, com trocas de informações sobre a minuta envolvendo a comissão examinadora e as empresas. Finalizada essa fase, as propostas serão encaminhadas para a Presidência do TJMG”. 
 

TJAM

Tribunal de Justiça do Amazonas também já assinou o contrato com a banca organizadora do certame, que será o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). Ainda não há previsão para publicação do edital, mas serão ofertadas 160 vagas, e formação de cadastro reserva, para os cargos de assistente judiciário (nível médio) e analista judiciário (nível superior). 

As remunerações podem variar de R$ 4.840,70 a R$ 9.428,49. Os candidatos poderão optar entre as áreas de programador, suporte ao usuário de informática, técnico de segurança do trabalho, analista de sistemas, arquivologia, biblioteconomia, contabilidade, direito, engenharia civil, estatística, médico do trabalho, psicologia e serviço social.
 

TJMA 

O concurso do Tribunal de Justiça do Maranhão já foi autorizado e prevê 63 vagas para o cargo de oficial de justiça. A banca organizadora ainda não foi contratada, mas a previsão é de que o edital seja publicado já em julho. A assessoria confirmou que o certame está em fase de criação de comissão. 

TJCE

O concurso selecionará servidores para o cargo de técnico judiciário na área judiciária e área administrativa. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) será a banca organizadora responsável pela realização do certame. Ainda não há previsão para quantas vagas e cargos serão ofertados. A assessoria não confirmou a previsão para publicação do edital mas afirmou que o certame está seguindo o andamento previsto. 
 
 

TJPA 

A comissão organizadora já foi definida e o certame ofertará vagas para cargos das carreiras técnica e auxiliar do quadro efetivo do Poder Judiciário do Pará. “A administração do TJPA está adotando as medidas internas necessárias para a publicação do edital e a efetivação do referido certame. Assim, após a realização do concurso interno de remoção, será realizado o concurso público de provas e títulos para o ingresso de novos servidores”, confirma a assessoria do órgão. 
 

TJAL 

Tribunal contratou a Fundação Carlos Chagas (FCC) para a realização de um novo concurso para juiz substituto. A previsão é que sejam ofertadas 20 vagas. Está previsto que a seleção seja realizada por prova objetiva, prova discursiva, sindicância da vida pregressa/exame psicotécnico, prova oral e avaliação de títulos.
 
 
*Estágiária sob supervisão de Lorena Pacheco 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade