Publicidade

Estado de Minas

IBGE abre seleção com mais de 200 vagas de níveis fundamental e médio

Vagas são para cargos de agente censitário municipal (ACM), agente censitário supervisor (ACS) e recenseador


postado em 21/05/2019 10:29

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)

O edital do novo processo seletivo simplificado, com 209 vagas, foi aberto pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O objetivo é selecionar candidatos para contratação temporária de pessoal para realização do Censo Experimental 2019. O Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade) é a banca organizadora da seleção.

As chances são de nível fundamental e médio para os cargos de agente censitário municipal (ACM), agente censitário supervisor (ACS) e recenseador. Os salários variam de R$ 1.700 a R$ 2.100 (com exceção da remuneração de recenseador, que é gerada por produção), há ainda auxílios alimentação e transporte.

Todos os candidatos serão submetidos a provas objetivas. Os candidatos ao posto de recenseador ainda devem passar por treinamento.

Contratos


A previsão de duração do contrato é de até seis meses para as funções de agente censitário municipal (ACM) e agente censitário supervisor (ACS) e de até dois meses para a função de recenseador.

Os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por apostilamento, por igual período, estritamente de acordo com a necessidade do trabalho e/ou disponibilidade de recursos orçamentários. Por questões administrativas, o último contrato poderá ter vigência menor que 30 dias.

As renovações e/ou rescisões dos contratos estarão condicionadas ao cronograma da operação e aos resultados da avaliação de desempenho do contratado.

O candidato contratado terá o seu desempenho avaliado mensalmente:

ACM: assiduidade, cumprimento de prazos e produtividade.
ACS: assiduidade, cumprimento de prazos e produtividade.
Recenseador: cumprimento de prazos e produtividade.

Para as funções de ACM e ACS, a jornada de trabalho será de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias. Para a função de recenseador, a jornada de trabalho recomendável é de, no mínimo, 25 horas semanais, além da participação integral e obrigatória no treinamento.

 

Inscrição e etapas


As inscrições podem ser feitas pelo site www.ibade.org.br, de 22 de maio a 9 de junho. A taxa custa de R$ 25 a R$ 42,50. O edital reserva 5% das vagas a pessoas com deficiência e 20% a pessoas pretas ou pardas.

A prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, será realizada na cidade de Poços de Caldas, em Minas Gerais, em 21 de julho. Os gabaritos serão divulgados em 23 do mesmo mês. O resultado final da seleção está previsto para sair em 12 de agosto. 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade