Publicidade

Estado de Minas

Inscrições abertas: PCES exclui etapa de concurso com salário de R$ 10 mil

Concurso oferta 33 vagas de nível superior


postado em 02/04/2019 15:32 / atualizado em 04/04/2019 05:32

(foto: Divulgação/PCES)
(foto: Divulgação/PCES)
O concurso destinado ao cargo de delegado da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) teve a primeira alteração em seu edital, que foi publicado no final de março. A alteração foi em uma das etapas do certame que oferta 33 vagas.

O concurso contava com sete etapas, sendo a quinta composta por avaliação de títulos e comprovação do tempo mínimo de prática forense ou atividade policial. Esta última, no entanto, foi excluída do edital, segundo comunicado dado pelo Instituto Acesso, banca responsável pela organização do certame da Polícia.


De acordo com o comunicado, a comissão organizadora do concurso solicitou a suspensão da comprovação, pelo motivo de o diploma ou habilitação legal para o exercício do cargo deve ser exigido na posse e não na inscrição para o concurso público.

A avaliação de títulos continua no edital, porém ainda não é certo se continuará na quinta etapa ou se fará parte de outra fase. O Instituto Acesso disse estar aguardando a retificação do documento oficial.

Os inscritos ao concurso serão submetidos a prova escrita, discursiva, exame de aptidão física, exame de sanidade física e mental, exame psicotécnico, prova oral, avaliação de títulos, sindicância de vida pregressa e curso de formação profissional. O primeiro teste está marcado para o dia 14 de julho, em Vitória/ES.

 

Inscrições ainda estão abertas

Quem quiser se inscrever, pode realizar sua inscrição até o dia 24 de abril. A taxa é de R$ 128 e estarão isentos candidatos doadores de medula óssea e inscritos no CadÚnico. 

 

Para se inscrever, é necessário ter diploma em direito, três anos de pratica forense, ou três anos de atividade policial, em qualquer instituição de segurança pública.


A remuneração inicial da carreira é de R$ 10.058,56, para uma jornada de trabalho de 40h semanais. Das 33 vagas ofertadas, duas são reservadas para pessoas com deficiência.



*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade