Publicidade

Estado de Minas

Mais de 53 mil inscritos! Sedestmidh divulga concorrência e locais de prova

As provas serão realizadas no domingo (24/3)


postado em 20/03/2019 12:32 / atualizado em 21/03/2019 11:33

(foto: Divulgação/FMJ)
(foto: Divulgação/FMJ)
O Instituto Brasil de Educação (Ibrae) divulga os locais da prova objetiva do concurso público da Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh). Cada candidato entra com seus dados na própria página do Ibrae para conseguir visualizar os locais da realização da prova. 

De acordo com o órgão, ao todo, são 53.748 inscritos, sendo 27.297 candidatos concorrendo aos cargos de nível médio e 26.451 para as vagas de nível superior. As provas de nível superior ocorrerão no período matutino, das 8h as 12h30. Já para nível médio e para o cargo de educador social serão realizadas a tarde, das 14h30 as 19h.  

Serão 20 questões de múltipla escolha sobre conhecimentos gerais e 30 de conhecimentos específicos. Os concorrentes a nível superior também farão uma prova discursiva no mesmo dia, que consistirá na elaboração de um texto dissertativo, com a extensão máxima de 30 linhas. A partir de julho, haverá também avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa e investigação social e curso de formação (serão 114 horas/aula, sob a responsabilidade do Ibrae).

Leia também: Dicas: edital da SEDESTMIDH exige candidatos com olhar aberto, diz especialista

São quatro editais ofertando ao todo 1.884 vagas para cargos de nível médio e superior, sendo 314 oportunidades para preenchimento imediato e 1.570 para formação de cadastro reserva. Os aprovados exercerão jornadas de trabalho de 30 horas semanais para receberem remunerações variando entre R$ R$ 2.600 e R$ 3.599,70. 

O concurso reserva 20% das vagas a pessoas com deficiência. De acordo com o calendário oficial, o resultado final e sua homologação deverão ser publicados em 20 de fevereiro de 2020.

Os candidatos de nível superior podem optar entre os cargos de especialista em assistência social, nas especialidades de educador social, direito e legislação, pedagogia, psicologia, serviço social, administração, ciências contábeis, comunicação social, economia, estatística e nutrição. Para nível médio serão ofertadas vagas para técnico administrativo, agente social e cuidador social.


Publicidade