Publicidade

Estado de Minas

Marinha abre 960 vagas para formação de soldados fuzileiros navais

Para participar é necessário ter concluído o ensino médio e ser do sexo masculino. Inscrições estarão disponíveis de 27 de fevereiro a 28 de março


postado em 19/02/2019 11:06 / atualizado em 20/02/2019 12:32

(foto: Marinha/Divulgação)
(foto: Marinha/Divulgação)
A Marinha divulgou nesta terça-feira (19/2) o edital para o concurso de admissão ao Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais (C-FSD-FN) para as turmas Ie II de 2020. Confira aqui o edital completo, a partir da página 11.

Para participar é necessário que o candidato tenha concluído o ensino médio ou curso equivalente, em estabelecimento de ensino reconhecido oficialmente, que tenha 18 anos completos e menos de 22 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro 2020, altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m e ser brasileiro e do sexo masculino.

Os interessados deverão realizar a inscrição de 27 de fevereiro até  28 de março de 2019, pela internet ou nos locais de inscrição listados no edital  e pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 42.

Confira a distribuição das vagas por Organizações militares:

Unidades da MB no Rio de Janeiro: 490
Unidades da MB em Brasília - DF: 126
Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande - RS: 61
2º Batalhão de Operações Ribeirinhas/ Belém - PA: 45
Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário - MS: 15
1º Batalhão de Operações Ribeirinhas/ Manaus - AM: 119
Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal - RN: 30
Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador - BA: 59
Batalh„o de Defesa Nuclear, BiolÛgica, QuÌmica e RadiolÛgica de Aramar - SP: 15

Etapas

O concurso será realizado em seis etapas: exame de escolaridade, verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, teste de aptidão física de ingresso, avaliação psicológica e verificação de documentos.

O exame de escolaridade será uma prova escrita, com duração de três horas, composta de duas partes - língua portuguesa e matemática. Cada parte conterá 25 questões do tipo múltipla escolha, com cinco opçóes de resposta em cada questão.  A prova valerá 100 pontos.

A prova acontecerá na cidade indicada pelo candidato na pré-inscrição, às 10h do dia 28 de maio.

Curso de formação

Os candidatos aprovados no concurso e classificados dentro do número de vagas serão matriculados no C-FSD-FN e o realizarão na condição de Recruta Fuzileiro Naval (RC-FN). 

Durante o curso, o recruta receberá  alimentação, uniforme e assistência médico-odontológica, remuneração atinente à sua graduação, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares, como ajuda de custo para suas despesas pessoais.

O curso terá a duração de, aproximadamente, 17 semanas e será conduzido no Centro de Instrução Almirante MilcÌades Portela Alves (CIAMPA), localizado no Rio de Janeiro (RJ) e, simultaneamente, no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB), localizado em Brasília (DF), de acordo com currÌculo aprovado pela Diretoria de Ensino da Marinha e normas especÌficas em vigor no Corpo
de Fuzileiros Navais (CFN), em regime de internato e dedicação exclusiva até a formatura.

Após a conclusão do curso, o recruta serão nomeado soldado fuzileiro naval e  assumirá  compromisso inicial de dois anos no Serviço Ativo da Marinha (SAM), contados a partir da data de sua nomeaação.

Após o primeiro ano de conclusão do curso,  o aprovado poderá ser designado para servir em Organização Militar (OM) da Marinha do Brasil (MB) sediada em qualquer parte do território nacional,independentemente do local escolhido no momento da inscrição para realizar o estágio inicial. 

Desde que alcance os requisitos mínimos previstos no Plano de Carreira de Praças da Marinha, o soldado fuzileiro naval poderá participar do processo seletivo para realizar o Curso de Especialização (C-Espc) e, se aprovado, promovido à graduação de cabo. 

Leia mais:  Exército abre concurso com 1.100 vagas de nível médio

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade