Publicidade

Estado de Minas ENEM

Em BH, estudantes demonstram confiança minutos antes do 2° dia do Enem

Os alunos afirmaram que estavam menos tensos e pretendiam fazer as questões com tranquilidade


28/11/2021 13:17 - atualizado 28/11/2021 13:19

escola
Candidatos farão 90 questões de matemática e ciências da natureza (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Neste domingo (28/11) milhões de estudantes brasileiros participam do segundo dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Dessa vez, as questões são de Matemática e Ciências da Natureza e suas Tecnologias (biologia, física e química).
 
Assim como na semana passada, os portões foram fechados às 13h, as provas começam às 13h30, e os candidatos terão até as 18h30 para entregar o gabarito. O aluno deve levar caneta preta, documento com foto e estar de máscara. 
 
Por causa da prova feita no último domingo, a estudante Larissa Silva Lacerda, de 20 anos, disse que estava menos ansiosa para a segunda etapa. "Estou um pouco nervosa, mas é menos que domingo passado. Sei que estudei, fiz o meu melhor e agora é fazer a prova com tranquilidade".
 
estudante
Estudante Larissa Silva Lacerda, de 20 anos (foto: Jair Amaral/ /EM/D.A Press)
Ela acredita que as questões podem estar um pouco diferentes, mas 'nada além do normal'. "Por causa de domingo passado, ela (prova) pode estar um pouco diferente, mas nada além do normal, sem surpresas. Deve seguir a linha que já tem todos os anos, com contextualizações", diz.
 
No cursinho há 3 anos, Larissa sonha em ser médica e conta que ainda não corrigiu o gabarito de Ciências Humanas, para não influenciar em suas emoções hoje. "Não corrigi meu gabarito semana passada para esperar o oficial. E, também, para eu não ficar nervosa para o segundo dia de prova".
 
Gabriel
Gabriel Vianna Prado, de 24 anos (foto: Jair Amaral/ /EM/D.A Press)
Já o estudante Gabriel Vianna Prado, de 24 anos, corrigiu toda a prova e sua expectativa ficou ainda melhor ao ver os acertos. "Na semana passada eu fui até muito bem. Corrigi com dois gabaritos e para hoje, a expectativa é um pouco alta", diz.

Estratégias

Ana Clara
Ana Clara Dornas, de 17 anos (foto: Jair Amaral/ /EM/D.A Press)
A estudante Ana Clara Dornas, de 17 anos, relatou ansiedade para a prova de hoje e revelou sua estretégia para fazer as questões. "Eu tô bem ansiosa, estudei bastante e acho que vai dar certo. Faço as que achei mais fáceis primeiro e aquelas que eu tiver dificuldade, volto depois".
 
A candidata Larissa Silva também utiliza o método. "Primeiro folheio a prova e sinalizo as que tem textos menores e mais fáceis. Sempre começo por matemática, mas vou alternando com natureza, para não ficar tão cansativo. Além disso, começo pelas mais fáceis e, se tiver difícil, pulo a questão e volto no final". 
 
Entre os assuntos abordados neste domingo, Gabriel Vianna acredita que a pandemia poderá ser tema das provas de biologia e química. "Não sabemos muito bem como vai ser abordado a pandemia em química ou biologia, mas acredito que vão cobrar algo sobre virologia e questões sanitárias. Química não sei ao certo, mas deve ter também", finaliza.
 
Além da caneta preta, máscara e documento com foto, os estudantes deveraim levar lanche e água, pois são cinco horas de provas e 90 questões para responder entre as provas de Matemática e Ciências da Natureza.
 
*Estagiária sob supervisão do subeditor Eduardo Oliveira

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade