Publicidade

Estado de Minas Enem

521 anos da descoberta do Brasil

História para o Enem


22/04/2021 16:11 - atualizado 23/04/2021 07:48

(foto: Freepik)
(foto: Freepik)
Oficialmente, considera-se que o descobrimento do Brasil aconteceu no dia 22 de abril de 1500, quando 13 embarcações lideradas por Pedro Álvares Cabral aportaram na região que hoje corresponde ao Sul da Bahia. No entanto, é preciso ter em mente que se trata mais de uma conquista de território do que de uma descoberta propriamente dita.

Primeiro porque, quando os portugueses chegaram, cerca de 5 milhões de índios já habitavam o território. A descoberta, portanto, se deu somente se for considerada uma perspectiva eurocêntrica.
 
Além disso, registros mostram que outros europeus já haviam vindo até aqui. É o caso, por exemplo, do português Duarte Pacheco, que possivelmente chegou ao litoral brasileiro (na região que hoje corresponde aos Estados do Maranhão e do Pará) em 1498, a serviço do rei de Portugal, que manteve em segredo, principalmente para que a Espanha não tomasse conhecimento.
 
De qualquer forma, no dia 22 de abril de 1500 o Brasil foi oficialmente descoberto pela frota de Pedro Álvares Cabral, que inicialmente avistou um monte, que recebeu o nome de Pascoal, já que a chegada aconteceu próxima à Pascoa. A esquadra aportou onde hoje é localizado o município de Santa Cruz de Cabrália, na Bahia. Poucos dias depois, foi celebrada a primeira missa no local, sob olhar de diversos indígenas que ali moravam.
 
Inicialmente, a localidade recebeu o nome de Vera Cruz. Somente em 1511, depois de algumas mudanças na nomenclatura, os colonizadores resolveram chamar a nova terra de Brasil, devido à grande quantidade de pau-brasil na região.
 
Somente três décadas após a chegada de Pedro Álvares Cabral é que Portugal iniciou a efetiva colonização do novo território. Isso porque eles ficaram com medo de perder terras para povos que haviam ficado de fora do Tratado de Tordesilhas – documento assinado em 1494, por Portugal e Espanha, dividindo as novas terras entre as duas nações, a partir de uma linha imaginária.
 
Grandes navegações

A descoberta do Brasil aconteceu no contexto das grandes navegações, que, por diversas razões, tinham Portugal como pioneiro. A localização geográfica – uma península cercada por água – e a familiarização com instrumentos como a bússula facilitavam as navegações.
 
Além disso, havia no país um grupo mercantil disposto a financiar algumas viagens, para ampliar as possibilidades comerciais. E, o mais importante, havia uma centralização política de Portugal, que foi o primeiro Estado Nacional a se formar.
A primeira rota de destaque dos navios portugueses foi a expedição que levou Vasco da Gama às Índias, em 1498, contornando a África. Lá havia muitas especiarias valorizadas no mercado europeu, como cravo, gengibre e noz-moscada.
 
A segunda foi justamente a que levou Pedro Álvares Cabral ao Brasil, dois anos mais tarde. Essa viagem foi uma forma de consolidar o domínio nessa parte da América, que já pertencia a Portugal desde a assinatura do Tratado de Tordesilhas. No dia 2 de maio de 1500, a esquadra liderada por Pedro Álvares Cabral partiu para as Índias, também com o objetivo de consolidar a presença portuguesa no local.

Artigo de História escrito por Percurso Pré-vestibular e Enem.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade