Publicidade

Estado de Minas ENEM 2019

Enem 2019: confira o roteiro para não se atrasar nem ser desclassificado no teste

Atenção à hora e checagem de tudo o que vai ser levado são essenciais. Em BH, ônibus para locais de provas terão horário ampliado neste domingo


postado em 10/11/2019 08:30 / atualizado em 10/11/2019 09:19

Estudantes entram para as provas, na primeira etapa do Enem, domingo passado. Alguns enfrentaram trânsito pesado em avenidas como a Antônio Carlos. Hoje, dia de clássico no Mineirão, cuidado deve ser redobrado(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Estudantes entram para as provas, na primeira etapa do Enem, domingo passado. Alguns enfrentaram trânsito pesado em avenidas como a Antônio Carlos. Hoje, dia de clássico no Mineirão, cuidado deve ser redobrado (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)

Estudar o ano todo e ser desclassificado no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) por ter usado caneta azul ou porque o alarme do celular tocou no meio da realização do teste é algo que nenhum candidato quer. Por isso, é bom ficar ligado para não ser traído pela falta de atenção com o que pode e o que não pode ser levado para o teste, que tem hoje sua segunda etapa. Se pisar em falso, outra chance só no ano que vem. Os candidatos que vão fazer as provas – de ciências da natureza e matemática – devem ter atenção redobrada neste domingo, já que é dia de clássico no Mineirão com a disputa entre Atlético e Cruzeiro. O jogo começa só às 16h, mas para evitar transtornos, a recomendação – para todos os participantes – é sair de casa mais cedo. A BHTrans informou que o transporte público contará com ampliação do número de viagens de coletivos para os locais de prova.

As regras do exame são as mesmas do último domingo, quando 3,9 milhões de participantes fizeram as provas de linguagens, ciências humanas e redação. Os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. As provas começam a ser aplicadas às 13h30 e vão até as 18h30. Os participantes terão meia hora a menos que no domingo passado, quando fizeram também a prova de redação. A caneta tem que ser esferográfica, transparente e de tinta preta. Somente ela é permitida na sala de provas. Caso o candidato esteja com lápis, caneta de material não transparente ou qualquer outro objeto em cima da mesa durante o teste será desclassificado.

Os candidatos não podem sair antes de completar duas horas do início do exame. Portanto, como a prova começa às 13h30, o estudante só poderá entregar a prova e ir embora a partir das 15h30. Caso o candidato saia antes, a prova será anulada. O Caderno de Questões só poderá ser levado pelo candidato que sair da sala nos 30 minutos que antecedem o término das provas.


Atenção também à identidade que deverá ser apresentada. O acesso à sala de provas só será permitido com a apresentação de documento oficial com foto, conforme previsto no edital. Não serão aceitos como documentos de identificação: protocolos; certidão de nascimento; certidão de casamento; título eleitoral; carteira nacional de habilitação em modelo antigo (anterior à Lei 9.503, de 1997); carteira de estudante; registro administrativo de nascimento indígena (Rani); crachás e identidade funcional de natureza privada; cópias de documentos válidos, mesmo que autenticadas, ou documentos digitais apresentados eletronicamente.

Nos casos de extravio, perda, furto ou roubo da via original do documento oficial com foto, o participante deverá apresentar boletim de ocorrência expedido por órgão policial no máximo 90 dias antes do primeiro dia de aplicação do exame, de acordo com orientação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Além disso, terá de fazer a identificação especial, com coleta de dado biométrico, de informações pessoais e da assinatura em formulário próprio. O Inep ainda recomenda que o participante leve também o Cartão de Confirmação da Inscrição, que pode ser acessado na página do participante e no aplicativo do Enem.

Antes de entrar na sala cada participante receberá um envelope porta-objetos para guardar itens pessoais. O envelope deve ficar guardado embaixo da carteira, com eletrônicos desligados. E atenção: qualquer som emitido pelos aparelhos eliminará automaticamente o candidato. Alarmes de relógios e celulares entram nessa regra, mesmo que o aparelho esteja dentro do porta- objetos. É importante se certificar de que o desligou o celular. Só é permitido ao participante se comunicar com o fiscal ou aplicador da prova. Qualquer tipo de comunicação com outra pessoa após o fechamento dos portões, pode ser considerada perturbação no local de aplicação da prova.



Trânsito 

 
A BHTrans reforçará o transporte público neste domingo, com ampliação do número de viagens de coletivos para os locais de prova. Detalhes podem ser consultados no site prefeitura.pbh.gov.br/ bhtrans/enem-2019-sugestao-de-linhas-do-transporte-coletivo. A autarquia divulgou relação das escolas e faculdades e seus respectivos endereços, assim como as informações sobre as linhas de transporte coletivo que prestam atendimento aos locais – incluindo os pontos de embarque na área central e desembarque nos locais das provas.

Agentes da Unidade Integrada de Trânsito, BHTrans, PM e Guarda Municipal terão atenção especial ao trânsito, operando o tráfego na região dos locais de prova e  corredores de acesso para garantir a mobilidade. Nas instituições que recebem grande número de candidatos, como a PUC Minas, haverá operações especiais de trânsito e transporte.

Segundo a BHTrans, o jogo no Mineirão não vai atrapalhar o  trânsito para o Enem, mas a autarquia orienta os candidatos que saiam de casa mais cedo, utilizem o transporte público e verifiquem com antecedência as linhas de ônibus que atenderão aos locais onde farão as provas.

 
Não perca, neste domingo, o gabarito extra-oficial das provas do Enem 2018, parceria Chromos/Portal Uai

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade