UAI
Publicidade

Estado de Minas CURSOS EXTRACURRICULARES

Como conciliar estudo e outras atividades


21/11/2021 04:00 - atualizado 22/11/2021 15:43

ginástica
Incentivar a realização de atividades extracurriculares é fundamental para ajudar os estudantes a manter a saúde física e mental (foto: Pixabay)


Atividades destinadas ao bem-estar são essenciais para ajudar a manter uma boa saúde física e mental, além de auxiliar os estudantes a manter o foco na rotina diária. Em 2022, com a volta do ensino presencial, entretanto, pais e responsáveis estão receosos de como seus filhos irão conciliar a rotina de estudos com as atividades extracurriculares.

A psicóloga Elena Sabino reforça a necessidade de os pais entenderem que nem tudo gira em torno dos estudos e que seus filhos precisam, sim, de uma válvula de escape para amenizar o estresse do dia a dia.

“As atividades extracurriculares são extremamente importantes. Precisamos compreender a urgência de conciliar os estudos com essas outras tarefas. Ninguém é feito de uma coisa só. Na pandemia, pudemos perceber o quanto crianças e jovens precisaram de atividades extracurriculares para manter a saúde mental, mesmo que feito a distância”, ressalta a psicóloga.

Cursos de game, aulas de inglês, francês, aulas de música, canto, teatro e dança são alguns exemplos desses afazeres extracurriculares. Além de ajudar a manter uma boa saúde mental e física, muitas pessoas acabam se profissionalizando nessas atividades. É o caso de Nino Pavolini, conhecido como “NinexT”. Nine é um jogador profissional e streamer. Aos 23 anos, ele é o fenômeno brasileiro do game multiplataforma de battle Royale da Activision.

Natural de Minas Gerais, Nino viu sua vida mudar em 2020. Passando de 10 mil a 320 mil inscritos no YouTube e de 10 mil seguidores a 160 mil no Instagram, hoje ele tira uma alta renda mensal como streamer de jogos.

Pensando na importância dessas atividades, principalmente durante o período de isolamento social, a Comissão Socioemocional e o Santa Maria Esporte e Cultura (SMEC), do Colégio Santa Maria, realizaram ao longo do período remoto diferentes atividades extracurriculares para os alunos.

A finalidade era auxiliar os jovens e crianças neste momento de pandemia e prepará-los, gradativamente, para o retorno: dinâmicas, atividades, exercícios de respiração, meditação, atividades físicas, desafios em família, palestras, reflexões e lives.

Antenor Silva Santos, coordenador pedagógico do Colégio Santa Maria, explica que foram realizadas reuniões com os professores e as famílias para explicar como seria o processo de retomada das atividades presenciais e ao mesmo tempo tranquilizá-los sobre a dinâmica da nova rotina. Foi feito um treinamento com os professores e funcionários sobre acolhida dos estudantes e equipamentos técnicos que seriam utilizados na nova rotina.
 
"Ainda não sei o que quero ser quando me formar na escola, mas entendo a importância de falar mais de um idioma e praticar um esporte”

Guilherme Damas, 
de 17 anos, que está cursando 
o terceiro ano do ensino médio
 
“As atividades extracurriculares têm aspectos importantes relacionados ao desenvolvimento integral da pessoa: corpo e mente. A oferta no ambiente escolar favorece a prática da atividade física, proporciona o desenvolvimento físico, motor, interação social, colabora com a solidificação de valores, a internalização e cumprimento de regras, ajuda a lidar com o diferente, com as frustrações entre outros aspectos que colaboram nas habilidades socioemocionais”, conclui o coordenador do Santa Maria.

Antenor acredita que os pais devem incentivar seus filhos a buscarem as atividades extracurriculares. Atualmente, entretanto, os próprios adolescentes e crianças estão manifestando vontade de fazer atividades fora da escola. “Hoje, ainda não sei o que quero ser quando me formar na escola, mas entendo a importância de falar mais de um idioma, de praticar um esporte”, relata Guilherme Damas, de 17 anos, que está cursando o terceiro ano do ensino médio. “Acho que é isso, além de gostar dessas atividades entendo como elas também podem ser importantes para meu futuro, principalmente se eu quiser me tornar um jogador profissional”, conclui em tom de brincadeira.

OPORTUNIDADES 


Vale ressaltar que muitos lugares disponibilizam cursos e descontos especiais para quem é estudante. Além disso, assim como as escolas, muitos lugares se adaptaram à pandemia e hoje disponibilizam oportunidades fora do currículo obrigatório on-line. É possível participar de cursos, monitorias, workshops e muitos outros programas, por meio da internet. Essas atividades são essenciais para capacitar, fixar e agregar conhecimentos, complementando aquilo que é aprendido em sala de aula. Elas servem para aumentar a experiência do estudante e fazer com que ele aprenda coisas que não estão disponíveis na grade curricular.

* Estagiária sob supervisão da editora Teresa Caram




receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade