Publicidade

Estado de Minas

Após superar perda da filha, digital influencer Ada Marselha fala sobre luto vivido no Brasil em função da pandemia


02/04/2021 10:15

Para a goiana, que conseguiu se reerguer após ter sua filha assassinada, é preciso enfrentar as mortes causadas pela pandemia, assim como o desemprego e outros problema a doença trouxe, sem desanimar ou se vitimizar

O Brasil completou nesta semana mais de 300 mil mortos pelos novo coronavírus (Covid-19). Ao longo dos últimos doze meses, milhares de famílias se desesperaram ao perder seus entes queridos e muitas ainda não sabem como seguir suas vidas depois de tanto sofrimento.

Após perder uma filha assassinada por um serial killer e conhecer de perto essa dor, a digital influencer Ada Marselha afirma que o luto é necessário, mas que depois é preciso reunir forças, enfrentar a dor e se reerguer com a ajuda da religião e do trabalho.

"Nós estamos vivendo um momento de muita dor no mundo inteiro, seja pela perda de familiares ou mesmo pela perda de um emprego ou pelo fechamento de uma empresa. A pandemia mostra que somos todos iguais", pondera a influenciadora, mãe da adolescente Ana Lídia de Souza Gomes, que levou três tiros em um ponto de ônibus, sendo a última vítima de um assassino em série que matou 42 pessoas em Goiânia no ano de 2014.

"Quando a gente está sofrendo, quando a gente perde alguém ou quando nós falimos, por exemplo, é normal se desesperar, é humano. Nunca é uma situação fácil. Eu passei por momentos após a morte da minha filha que eu pensei que não ia conseguir levantar da cama, que eu não seria mais feliz, que eu não iria mais sorrir", destacou Ada, que também enfatizou a importância enfrentar a dor e a falta de esperança.

"Não adianta a gente ficar amuado, com medo, sem progredir, porque aí tudo piora. Podemos sofrer, podemos passar dificuldades e podemos superar também, o que nós não podemos é ficar de braços cruzados, reclamando, se vitimizando, especialmente nesse momento de pandemia que estamos vivendo".

A goiana, que conseguiu se fortalecer com a ajuda do espiritismo e do trabalho, afirma que é preciso arregaçar as mangas diante das dificuldades. "Se a gente estiver com Deus, se estiver fortalecido no espírito santo, independente de religião, a gente enfrenta qualquer coisa, principalmente agora com a pandemia", completou.

Carreira

Ada Marselha iniciou sua carreira no Instagram, onde reúne 287 mil seguidores, logo após a morte de sua filha, em 2014. A influenciadora compartilhou sua experiência e seu sofrimento com outras mães e foi na rede social que ela encontrou apoio e a possibilidade de trabalhar com a Internet.

Seis anos após enfrentar o pior momento de sua vida, hoje a influenciadora é conhecida pela força, pela superação e pelas postagens bem humoradas que faz diariamente em seu perfil. Com leveza e uma pitada de humor, ela apresenta sua rotina, suas marcas parcerias e também suas viagens.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade