Publicidade

Estado de Minas

Coach nutricional de Wendy Tavares dá 10 dicas para se alimentar bem sem gastar muito dinheiro


postado em 12/04/2019 12:32

Alimente-se bem gastando pouco com as dicas da Gabi Lodewijks  Foto: Reprodução
Alimente-se bem gastando pouco com as dicas da Gabi Lodewijks Foto: Reprodução
Muitas pessoas pensam que para se alimentar de forma saudável  é preciso gastar muito dinheiro e que alimentos saudáveis são mais caros. Engano seu se você pensa assim.
 
Baseado em dúvidas e perguntas feitas por seus seguidores nas redes sociais, a influencer e modelo Wendy Tavares desafiou a sua coach nutricional, Gabi Lodewijks, a trazer 10 dicas para se alimentar bem gastando pouco dinheiro: "Propus para a Gabi de dar dicas para gastar pouco, pois quem não quer economizar né? Ainda mais agora que não dá pra sair por ai esbanjando. Acho importante uma coach econômica para me ajudar a manter a boa forma sem precisar gastar muito.
A influencer Wendy Tavares segue as dicas nutricionais de Gabi Lodewijks  Foto: Reprodução / Instagram
A influencer Wendy Tavares segue as dicas nutricionais de Gabi Lodewijks Foto: Reprodução / Instagram
 
Para Gabi Lodewijks, uma alimentação saudável é baseada em alimentos de verdade, o mínimo processado possível, fazendo boas escolhas. Mudando alguns hábitos já será possível economizar. Siga as dicas da coach nutricional de Wendy Tavares para economizar e ainda assim alcançar suas metas fitness:
 
A coach nutricional Gabi Lodewijks  Foto: Vivian Costa Photography
A coach nutricional Gabi Lodewijks Foto: Vivian Costa Photography
 
Planejamento: planejando antecipadamente o que você irá comer durante a semana é uma ótima forma de economizar. Mas como? Quando nos planejamos não somos pegas de surpresa, dessa forma evitamos gastar dinheiro pedindo comida de restaurante ou comprando comida pronta no supermercado. Comece planejando suas refeições da semana inteira.
 
Compras: Vá ao supermercado com a lista de compras na mão e só compre o que está na lista. Portanto é muito importante fazer a lista antecipadamente e com calma em casa. Tenha certeza de que tudo que você precisa vende no mesmo supermercado ou locais próximos para evitar gastar dinheiro com gasolina, estacionamento e claro, evitar perder tempo se deslocando demais.
 
Ler os rótulos: aprender a ler os rótulos é muito importante para não cair na cilada de consumir o que não é tão bom para sua saúde. Não leia apenas as informações nutricionais mas também os ingredientes. Quanto maior a lista de ingredientes, menos saudável é. O primeiro nutriente que vem na lista nutricional é o que mais tem no produto. Alimentos com zero açúcar podem conter adoçante mas com outros nomes, preste atenção.
 
Produtores locais: se possível compre legumes e frutas de produtores locais. Muitas vezes são mais baratos, frescos e assim fortalecemos a economia local dando uma forcinha á eles. Ir á feira é também uma ótima opção para comprar tudo fresquinho. Ás vezes chegando quase no fim da feira consegues negociar melhor os preços pois eles querem vender tudo e ficam mais flexíveis, só fique de olho na qualidade.
 
Cozinhar: tente preparar suas refeições com antecedência e congele. Separe um dia na semana para cozinhar para a semana toda, assim economiza tempo e evita de comer algo fora do planejado mantendo assim uma alimentação saudável. Agora se você tem tempo de cozinhar todos os dias, ótimo! Mas não esqueça de se planejar.
 
Organização: mantenha armários, dispensa e geladeira organizados para saber exatamente o que precisas comprar, prestar atenção na data de validade para evitar de ou jogar fora algo vencido ou ate mesmo de consumi-lo vencido.
 
Higiene: frutas que são armazenadas na geladeira é melhor lavá-las antes de guardar mas tenha certeza de que não estão úmidas, deixe-as bem secas antes de guardar na geladeira para evitar que as bactérias se proliferem, assim como caixas, latas e garrafas lavar bem antes de armazenar.
 
Quantidade: não cozinhe mais do que o necessário ou cozinhe para dois dias para evitar de jogar comida fora e assim economiza tempo e gás. Falo muito em tempo porque na correria do dia a dia muitas pessoas acabam se alimentando mau por falta de tempo de elaborar uma boa refeição.
 
Comer fora de casa: comer fora de casa nem sempre é vantajoso. Custa mais, geralmente contém mais alimentos processados, temperos diferentes, mais gorduras, sal. Então se você busca economizar e se alimentar bem, evite comer muito fora de casa.
 
Não jogue as sobras fora: o que você puder fazer com as sobras, faça. Por exemplo com a casca do abacaxi você pode fazer suco ou chá, lavando bem a casca e colocando-a na água até ferver. Casca de laranja, tangerina, limão pode-se fazer chá ou bolo. O arroz que sobrou do dia anterior você pode fazer bolinho de arroz ou arroz de forno no dia seguinte. O frango assado do domingo sobrou? Faca no dia seguinte um omelete com frango, tapioca recheada com frango desfiado, uma canja.


Publicidade