Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Restaurante Canja aposta no lámen, tradição da gastronomia asiática

Casa instalada na Savassi investe na comida fusion, com pratos orientais e a mineiríssima canja com arroz. Ambiente descontraído e decoração pop dão charme ao local


postado em 29/11/2019 04:00

Unir as gastronomias asiática e mineira. Com esse propósito, Renata Queiroz e Fabio Luppi abriram o Restaurante Canja, há quatro meses, no coração da Savassi. O ambiente despojado e a liberdade na cozinha são marcas da casa. “Conheci Fábio em 2014, quando ele trabalhava no Alma Chef. Resolvemos criar um espaço mais descontraído, não em termos de cardápio, mas de serviço”, diz Renata.

A dupla investe na comida fusion, usando técnicas francesas com pegada asiática. A atração do restaurante é o lámen, tradição oriental oferecida em vários sabores. O naruto tem macarrão, barriga de porco, ovo caipira, nabo, naruto, cebolinha, nori e caldo de frango com missô (R$ 28). O lámen de frango traz macarrão, nori, gengibre confitado, ora-pro-nóbis, pak choi, kimchi, fita de chuchu, cenoura, caldo de legumes ao curry e leite de coco (R$ 25). Há também o lámen sem glúten (fita de chuchu, frango, ovo caipira, ora-pro-nóbis, pak choi, nori, gengibre confitado e caldo de frango com missô; R$ 25).

O Canja oferece outro sabor do prato oriental com frango, que tem macarrão, sobrecoxa da ave, ovo caipira, espinafre refogado, kimchi, nori e caldo com missô (R$ 28). Já o lámen de curry traz macarrão, peito de frango, ovo caipira, ora-pro-nóbis, pak choi, nori, gengibre confitado, caldo de frango ao curry e leite de coco (R$ 28).

Tradição mineira – que dá nome à casa –, a canja com arroz custa R$ 20. Há outras opções “além Ásia”, como os sanduíches Porco e Pizza (pão de milho, copa lombo, muçarela, molho de tomate picante, salaminho e tempero de azeitonas; R$ 26) e de frango (pão de milho, peito de frango marinado, picles de nabo, cenoura, pepino, maionese verde e repolho branco, R$ 22).

Renata Queiroz conta que uma pedida com muita saída é o yakisoba. Esse macarrão na chapa com molho tonkatsu da casa chega à mesa acompanhado de ora-pro-nóbis, repolhos roxo e branco, couve-flor, castanha de baru e chuchu (R$ 26). “Entre as sobremesas, oferecemos cookies variados feitos aqui e milkshake de cenoura”, informa. Para beber, há drinques (R$ 15). O milkshake custa R$ 18.

POP

A casa tem quatro mesas na calçada e pode receber 25 pessoas no pequeno salão. A inspiração, além da gastronomia oriental, veio de memes e da cultura pop. Esses elementos são marcantes na decoração e nas redes sociais do Canja.

Com experiência em restaurantes sofisticados, a dupla de chefs buscou criar algo com a cara do público jovem da Savassi. Renata estudou no Le Cordon Bleu, em Paris, e trabalhou em estabelecimentos franceses. De volta ao Brasil, atuou no Alma Chef e abriu o Casa Glaura, em Ouro Preto, sua terra natal.

Formado pela Estácio de Sá e pelo Senac, Fabio Luppi trabalhou em várias casas de BH – Belo Comidaria, Meet Me at The Yard e Alma Chef. Passou uma temporada na Irlanda, onde atuou no Fade Street Social e no Greenhouse, entre outros restaurantes.

CANJA
Avenida Getúlio Vargas, 1.620, loja 4, Savassi. (31) 3267-5433. Abre de segunda a quarta-feira, das 17h às 23h, quinta e sexta, das 11h30 às 23h; e sábado, das 13h às 23h. Delivery via Ifood


Publicidade