Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Roteiro bares e restaurantes


postado em 01/03/2019 05:10

La Vinicola, em Lourdes, propõe uma nova forma de degustar vinhos (foto: La Vinicola/reprodução)
La Vinicola, em Lourdes, propõe uma nova forma de degustar vinhos (foto: La Vinicola/reprodução)
 BARES

ATELIÊ WÄLS

A casa adota um conceito diferente de cervejaria. Com arquitetura moderna e vista privilegiada de BH, o ateliê conta com o maior barrel room (sala de envelhecimento da bebida em barris) da América Latina. Das 21 torneiras saem diversos chopes. Há opções exclusivas, além da produzida no local. Entre elas estão a George Little King e a Worm Lamb. O preço do chope varia de R$ 9,90 a R$ 13,90. Há também drinques feitos à base de cerveja, como o berliner spritz – cerveja Berlier, vodca e frutas da época (R$ 25). Para harmonizar, o cardápio é versátil. A estrela é o torresmo de carré de leitoa à pururuca (R$ 52). Quem gosta de comidas mais leves pode pedir o ceviche com nacos de tilápia e polvo cozido no limão (R$ 32). Outra opção é a porção de coxinhas artesanais recheadas com rabada e agrião, feitas com massa de abóbora em cama de requeijão de raspa (R$ 28, oito unidades). Quem preferir mais sustança tem à disposição o Flintstone beef, corte de red angus com chimichurri, que dá para cinco pessoas (R$ 250). Rua Gabriela de Melo, 566, Bairro Olhos D’Água. (31) 3197-2450. Ter. a sex., 17h/0h; sáb., 12h/1h; dom., 12h/19h. O tour na fábrica pode ser feito às quintas-feiras, às 18h30, e aos sábados, às 12h30 e às 15h, por R$ 30 (R$ 10 revertidos em consumo).
Cc.: todos; wi-fi; estac.

LA VINICOLA
A proposta é servir vinhos em ambiente simples e informal, com mesas na calçada. O cliente não escolhe a marca, mas a uva que deseja consumir, contando com o auxílio dos funcionários para essa decisão. Oito tipos de uva estão disponíveis. As fixas são merlot, carménère, syrah, chardonnay, sauvignon blanc e cabernet sauvignon. Vinhos clássicos vêm em taças de 75ml (R$ 7) e R$ 150ml (R$ 12), além de garrafas de 750ml (R$ 50). Os espumantes (brut ou rosé brut) custam R$ 12 (150ml) e R$ 50 (750ml). Há opções mais sofisticadas, de importação exclusiva, a partir de R$ 70 (a garrafa). O cardápio mescla as culinárias mineira e italiana em pedidas fingerfood, que dispensam talheres. Uma delas é o cannoli toscani, massa crocante recheada com linguiça de leitão, pomodoro, alho-poró e especiarias exclusivas – R$ 16 (porção individual) e R$ 30 (para dividir). Há também massas e risotos (de R$ 20 a R$ 26). O risocanastra é feito com costela de leitão marinada e assada por 12 horas, desfiada sobre risoto de queijo canastra de São Roque. Entre as pedidas vegetarianas está o vegottini, lâminas de abobrinha confitadas em azeite de ervas e especiarias recheadas com cogumelo shiitake, cebola roxa e tiras de cenoura caramelizada (R$ 16). Entre as sobremesas mais pedidas está a New York cheesecake (R$ 8). O bar só faz reservas para terça e quarta-feira (exceto feriados), das 17h às 19h30. Pode receber 56 pessoas. Rua São Paulo, 1.815, loja 1, Lourdes. (31) 3889-0098. Ter. a sáb., 17h/23h30.
Cc.: todos; wi-fi.

DOCES
CADÊ MEU BRIGADEIRO

A maioria dos produtos é feita com chocolate belga. O cliente encontra brigadeiros nos sabores ao leite, nozes, castanha de caju, amêndoa, Leite Ninho, mesclado meio-amargo (70% de cacau) e limão. A unidade custa R$ 2,50. Pintada a mão, a unidade do bombom (ao leite, branco, pistache, caramelo salgado, frutas vermelhas ou Ninho com Nutella) custa R$ 3,80. As tortas mais procuradas são as de geleia de morango artesanal com brigadeiro de Leite Ninho (R$ 14 a fatia; R$ 160, inteira), de caramelo salgado com chocolate (R$ 95, inteira) e de limão (R$ 85, inteira). Oferece também zerrine (creme de leite Ninho com mousse de pistache com chocolate; R$ 14) e bolo de brigadeiro (R$ 14 a fatia; R$ 139, inteiro). Outros destaques são os potes de brigadeiro de colher, com chocolate belga e mais cremoso do que o tradicional, nos sabores ao leite, meio-amargo e Ninho com Nutella (R$ 10 cada), a trufa de chocolate belga (R$ 3,50 a unidade) e o pão de mel recheado com doce de leite (R$ 7 a unidade). Serve café espresso (R$ 5), machiatto (R$ 6,50), cappuccino italiano (R$ 8,50), chocolate quente (R$ 14), espresso shake (R$ 16,50) e milk-shake nos sabores Nutella e ovomaltine (R$ 16). Rua Fernandes Tourinho, 35, loja 112, Savassi. (31) 3140-2223. (31) 98012-0927. Seg. a sex., 10h30/19h; sáb., 10h30/18h; dom., 12h/18h. Informações: www.cademeubrigadeiro.com. Fechará de domingo a terça-feira de carnaval.
Cc.: todos; del; ar.

CONFEITARIA AVELLAN
Ponto conhecido no Bairro Funcionários, chama a atenção pelos doces tradicionais expostos nas vitrines. As receitas de família vêm de dona Gilda Porto, avó dos proprietários Pedro e Júlio Gazzinelli. Opções clássicas: ambrosia (R$ 8 o pote), cocada (R$ 3,50 a unidade) e olho-de-sogra caramelizado (R$ 4). Há também figo recheado com cocada e glaçado com fondant (R$ 4,50 a unidade), torta de nozes com baba-de-moça (R$ 15 a fatia) e cheesecake com calda de frutas vermelhas (R$ 15 a fatia). O menu oferece alternativas mais leves, como o iogurte grego com frutas da estação e a compota de frutas vermelhas (R$ 10 a taça). Entre as opções salgadas, há a saladinha de mix de folhas, tomatinho-cereja, legumes, cebola tonta refogada no vinho branco e molho pesto (R$ 7 a cumbuquinha) e o wrap de pão-folha recheado com escalope de frango, queijo, alface e tempero pico-de-galo (a partir de R$ 12). A partir das 11h30, oferece menu executivo para almoço. Entrada e prato principal custam R$ 29. Av. Bernardo Monteiro, 1.542, Funcionários. (31) 3222-9272. Seg. a sex., 10h/19h; sáb., 9h/12h. Fechará de sábado a terça-feira de carnaval.
Cc.: (exceto amex); tiq; wi-fi; ar.

LANCHONETE

OCA DO MILHO

Tradicional parada da BR-040 na cidade mineira de Caetanópolis, a loja ganhou sua primeira unidade em BH, no coração da Savassi. As receitas são segredo da família Magalhães de Paula, responsável pela franquia. Carro-chefe, a pamonha está presente em quatro versões (R$ 8,75 cada). A pamonha doce com queijo é a mais pedida. Os outros sabores pamonha de sal com queijo, de sal com frango e de sal com lombo. A “pamonha pocket” vem embalada em plástico especial. Além de consumir o quitute no local, é possível comprá-lo congelado. Outras pedidas com milho estão à venda: mingau (R$ 7,50/200g; R$ 8,75/250g), suco (R$ 8,75/300ml), bolos (de R$ 11,50 a R$ 17,50), sorvete (R$ 5,25/250ml; R$ 8/500ml) e picolé (R$ 3,50). O milho quentinho, amanteigado e temperado, é servido no pote (R$ 7,50). Há pedidas sem milho: empada, coxinha, pastel frito, torta de frango com catupiri, pão de queijo e biscoito de queijo (de R$ 3,50 a R$ 8,75). Rua Alagoas, 1.130, Savassi, (31) 3654-0252. Seg. a sex., 9h/20h; sáb., 9h/15h. Fechará de sábado a terça-feira de carnaval.
Cc.: todos; tiq (Sodexo e V.A); del; wi-fi; ar.

RESTAURANTES

Peixes

CAMBURI

Voltado para receitas do litoral, o restaurante pertence a Marcelo e Cristiano Dalcin, integrantes da família que abriu o Badejo, na Savassi, especializado em peixes e frutos do mar. O nome da casa homenageia a famosa praia de Vitória (ES). A estrela do cardápio é a moqueca, servida em vários sabores – entre eles, badejo com camarão-rosa e lagosta com camarão (R$ 109,90, individual; R$ 169,90, duas pessoas). A moqueca à moda da casa traz badejo, lagosta, camarão-rosa e lula (R$ 275,90, para três pessoas). O prato vem acompanhado de arroz, pirão e farofa de banana-da-terra. Outras pedidas são o bobó de camarão-rosa (R$ 89,90 a R$ 139,90) e o badejo frito com purê (R$ 79,90, uma pessoa; R$ 125,90, duas pessoas). Criação da casa é o parmegiana de camarões (R$ 74,90, individual; R$ 129,90, para duas pessoas). O bolinho de bacalhau ganhou toque brasileiro, pois a batata deu lugar à mandioca (R$ 24,90, seis unidades). Outra porção é a de camarões ao catupiri (R$ 68,90). A tradicional casquinha de siri custa R$ 15,90. Há também o couvert mix (R$ 59,90), ideal para quem quiser experimentar de tudo um pouco. Reúne bolinho de bacalhau, camarões empanados, iscas de peixe e lula empanadas com molho tártaro. Entre as bebidas, há cervejas comuns (R$ 11), chope (a partir R$ 8), cervejas artesanais (R$ 18,90 a R$ 32,50), caipirinha (R$ 12) e caipivodca (R$ 16), além de suco natural (R$ 6) e refrigerante (R$ 5). Rua Grão Mogol, 720, Carmo. (31) 3568-4001. Ter. e quar., 12h/14h; qui. e sex, 12h/14h e 18h/23h; sáb, 12h/22h; dom., 12h/16h. Durante o carnaval, funcionará das 12h às 16h.
Cc: todos, tíq (sodexo e alelo), wi-fi

Português


TABERNA BALTAZAR

A portuguesa Tereza Caetano Chavier comanda a casa, especializada em pratos e petiscos de seu país. Além do bolinho de bacalhau (R$ 33, porção com 10 unidades), opções para abrir o apetite são a linguiça de porco defumada grelhada na chapa com pimentão e cebola (R$ 32,50, para duas pessoas) e o cabrito ao molho de vinho, servido só às sextas (R$ 46, para duas pessoas). Sucesso do cardápio, as alheiras trazem o embutido português com carne de porco e pão (R$ 31,50 a porção). Entre os pratos principais está o arroz de polvo com camarão (R$ 212, para duas pessoas). A sardinha frita ao molho escabeche (R$ 46; 400g) é oferecida diariamente. No último sábado do mês, tem sardinha na brasa com batata assada, pimentão, azeitona e cebola (R$ 48; 400g). O chope custa R$ 7,50 e a carta de vinhos conta com cerca de 40 rótulos (a partir de R$ 57 a garrafa). Rua Oriente, 571, Serra. (31) 3221-7361. Seg. a sex., 16h/1h; sáb., 12h/1h; dom., 12h/18h. Funcionará normalmente durante o carnaval.
Cc.: todos; del; wi-fi; vin.

Taiwanês

SAN RO

A casa serve pratos típicos da Taiwan, atendendo também adeptos das cozinhas natural e vegetariana. Durante a semana, o preço do quilo é R$ 59,90; nos fins de semana e feriados, ele muda para R$ 69,90. O bufê inclui saladas tradicionais, sobremesas e cerca de 15 pratos quentes. Entre as pedidas se destaca o tofu cozido com molho teriyaki, molho barbecue vegetariano e manjericão. A casa prepara sopas (de missô, tofu e legumes, entre outras), além do bolinho frito de inhame, legumes e cogumelo. Café e chás de vários sabores são cortesia. Não serve bebidas alcoólicas. Rua Professor Morais, 651, Funcionários. (31) 3264-9236. Seg. a sex., 11h30/15h; sáb., dom. e fer., 11h30/15h30. Funcionará normalmente no carnaval.
Cc.: todos; tíq; wi-fi; ar.

Variado

CAÊ

O chef Caetano Sobrinho valoriza produtos locais e privilegia a culinária brasileira, incrementada com pitadas internacionais e releituras. Ele aposta na carne de porco, mas o cardápio também reúne cortes bovinos (filé, bife ancho, chorizo e rabada), além de peixes, bacalhau e pratos vegetarianos. Opções para compartilhar: torresmo de barriga pururucado com mandioca cozida na manteiga, vinagrete de tomate e limão-cravo (R$ 47); ovos caipiras com linguiça artesanal e cebolas baby caramelizadas (R$ 39); e palmito pupunha, queijo taco e orégano fresco (R$ 36). Outra opção é a tábua de queijos mineiros embutidos acompanhados de pão da casa (R$ 47). Sugestões de pratos individuais são o fideuá de galinha caipira com aioli (R$ 44) e a panturrilha suína assada com arroz cozido no caldo (R$ 56). Na carta de drinques assinada por Tiago Santos, destacam-se o moscow mule com xarope de pepino (R$ 24), o coquetel com Aperol (R$ 63/1l; R$ 21 a taça) e o gim-tônica com limão (a partir de R$ 23). Carta de vinhos com 31 rótulos (de R$ 57 a R$ 188 a garrafa). O chope Heineken (R$ 9) e as cervejas Heineken (R$ 9) e Sol (R$ 8) são outras opções. Na sobremesa, recomenda-se a queca com especiarias e frutas secas (R$ 19). Rua Outono, 314, Carmo. (31) 2528-2244. Ter. a qui., 18h/0h; sex., e sáb., 12h/0h; dom., 12h/17h. Neste carnaval, funcionará normalmente no sábado e no domingo, mas o horário de terça-feira muda para 18h à meia-noite. Fechará na quarta-feira de cinzas.
Cc.: todos; wi-fi; ar; vin.

TABERNA LIVORNO

O cardápio mescla sabores das cozinhas italiana e mineira. Para abrir o apetite, há o mix de bruschettas, com oito unidades nos sabores cebola caramelizada com rúcula e gorgonzola, tomate confitado com mussarela de búfala, chutney de abacaxi com presunto cru e morango com brie e mel (R$ 42). Entre os pratos principais se destacam o filé-mignon suíno ao chutney de goiabada cascão com risoto de queijo mineiro e chips de couve (R$ 56) e o magret de canard com farofa – peito de pato grelhado servido com molho de mostarda de jabuticaba, farofa de polvilho, cebola roxa na cachaça e melado de cana (R$ 84). Sugestão da casa: costela de cordeiro uruguaia caramelada, fettuccine com hortelã, pistache e queijo gran formaggio (R$ 91). Estantes guardam a coleção de garrafas de vinho cujos rótulos trazem mensagens de clientes. São 70 opções de vinhos de diversas nacionalidades (a partir de R$ 69 a garrafa). Entre as sobremesas, há a panacotta com geleia de frutas vermelhas (R$ 18) e tiramisú (R$ 22). Av. Presidente Tancredo Neves, 2.309, Bairro Castelo, Pampulha. (31) 3418-7657. Ter. a qui., 19h/23h30; sex. e sáb., 19h/0h. Fechará de sábado a terça-feira de carnaval.
Cc.: Visa, Master, Elo e Amex; wi-fi; ar; estac; vin.


Publicidade