Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Confira roteiro bares e restaurantes de BH


postado em 25/01/2019 05:06

Suflês são o forte do Taste-Vin, casa comandada por Rodrigo Fonseca(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Suflês são o forte do Taste-Vin, casa comandada por Rodrigo Fonseca (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
BARES

BAR DO CARECA, O PESCADOR

Especializada em traíra frita sem espinha, a casa serve o peixe como petisco (de R$ 58 a R$ 120, dependendo do tamanho). Para acompanhar, oferece arroz com alho (de R$ 10,50 a R$ 15) e batatas fritas (de R$ 16 a R$ 23). Chama a atenção a pescanha (de R$ 65 a R$ 85, para quatro pessoas): batatas fritas separam as porções de picanha e peixe frito. Outros petiscos são as porções PQP (peixe, queijo e picanha; R$ 42), de lambari frito (R$ 26 a R$ 42), de filé de tilápia frito (R$ 48 a R$ 100) e de bolinho de aipim com carne de sol (R$ 22). Há cervejas nacionais e importadas (a partir de R$ 9; garrafa de 600ml). Rua José Vieira Muniz, 26, Floramar. (31) 3434-6448. Seg. a sex., 18h/0h; sáb. e fer., 12h/0h; dom., 12h/18h.
Cc.: todos; wi-fi; estac.

FÜRST TAP ROOM

O bar aposta no gosto do mineiro por cerveja artesanal, oferecendo rótulos produzidos pela Fürst na cidade de Formiga. A carta reúne pilsen, red ale, weiss, blond ale, india pale ale (IPA) e session IPAN nas versões garrafa de 600 ml ou chope (200 ml, 300 ml, 475 ml e 1l). Entre as opções estão a pilsen Fürst Lencastre (R$ 6,90; 300ml), o chope de trigo Catalina (R$ 8,90; 300ml) e a red ale Sir Loxley (R$ 8,90; 300ml). Petiscos foram criados para harmonizar com a bebida. Nos pirulitos de bacon (R$ 24; 10 unidades), a fatia de bacon envolve o queijo canastra e vem com melaço de cana. Os pastéis de torresmo com queijo meia cura chegam à mesa com geleia de laranja picante (R$ 26, porção de nove unidades). As linguiças cuiabana e picante (R$ 25, cada) são servidas com torrada, provolone e chimichurri. O bar oferece também iscas de frango empanadas no malte (R$ 29,50) e miolo de alcatra com chimichurri e batata rústica (R$ 40). A porção de bolinho de carne recheado com muçarela vem com molho branco de limão (R$ 24; 10 unidades). Entre os sanduíches, o magnus burger é destaque: blend de carnes especiais, bacon confitado cozido no azeite, queijo gratinado e molho da casa no pão artesanal (R$ 28). Quem não come carne pode optar pela mozzarela stick – muçarela empanada no malte (R$ 24) – ou por batatas fritas na farofa de parmesão com molho da casa (R$ 19). Rua Bernardo Guimarães, 2.612, Santo Agostinho. (31) 3335-7094. Seg. a sáb., 17h/0h.
Cc.: todos; tíq só vr; wi-fi; ar

TIP TOP

Aberto na década de 1920, é um dos mais antigos estabelecimentos gastronômicos da capital mineira. Serve petiscos e pratos típicos alemães, como a salada de batatas (R$ 27,50), o salsichão (R$ 12,50) e o joelho de porco com chucrute, batatas cozidas e cebolas caramelizadas (R$ 64, para duas pessoas). Oferece também pedidas bem brasileiras, como a carne de sol desfiada com farofa de feijão-de-corda e mandioca na manteiga de garrafa (R$ 43,50, individual). Pedida tradicional é o kassler (bisteca suína defumada) com salada de batata e cebola caramelizada (R$ 51, individual). Porém, o campeão de vendas é o filé à parmegiana, servido com purê de batata e arroz branco (R$ 49, individual). Sugestão da casa: goulash com spatzle, carne cozida com massa caseira (R$ 26, individual). O chope – R$ 8,50 (Kaiser; 300ml) e R$ 10 (Heineken; 300ml) – acompanha a maioria das pedidas. Tem mesas na calçada. Rua Rio de Janeiro, 1.770, Lourdes. (31) 3275-1880. Diariamente, 11h/último cliente.
Cc.: todos; wi-fi.

XICO DA CARNE
A casa pode receber até 500 pessoas. Tem decoração rústica e playgrounds com monitores para entreter a criançada. A especialidade é a carne, disponível em 10 cortes diferentes, servida à la carte ou em porções. Da cozinha saem picanha com mandioca na manteiga de garrafa (R$ 74,98), costelinha especial com mandioca ou batata frita e molho barbecue (R$ 62,98), tilápia empanada guarnecida com arroz com brócolis, batata e salada completa (R$ 54,98). Outra atração é a asinha de frango com provolone (R$ 19,98, cinco unidades; R$ 31,98, dez unidades). Para beber, cerveja (a partir de R$ 8, garrafa de 600ml) e cachaça (a partir de R$ 7,49 a dose). Avenida Contagem, 1.966, Santa Inês. (31) 3485-3478. Seg. a qui., 17h/0h; sex., 17h/1h; sáb., 12h/1h; dom. e fer., 12h/23h.
Cc.: todos; tíq; wi-fi.

RESTAURANTES

Carnes
BABY BEEF

O bufê é variado, oferecendo comida árabe e japonesa, 26 opções de carne e de cinco a sete tipos de massas (lasanha, penne, fusilli e rondelli, por exemplo). Além dos cortes tradicionais, há baby beef marinado em ervas e azeite, cordeiro ao molho de hortelã, alcatra com queijo, frango no champagne, picanha nobre e costela premium. Quase todas as carnes vêm da Argentina e do Uruguai. Carta de cachaças com 10 rótulos (a partir de R$ 8,90 a dose). Há cerca de 130 opções de vinhos nacionais e importados (a partir de R$ 59,90 a garrafa e de R$ 25,90 a taça). Pagando 64,90 (de segunda a sexta-feira) e R$ 74,90 (sábados, domingos e feriados), o cliente pode comer à vontade. Crianças de até 5 anos não pagam rodízio; de 6 a 9, pagam metade. Av. Cristiano Machado, 4.000, complexo B, Cidade Nova. (31) 3426-1100. Seg. a qui., 12h/23h30; sex. e sáb., 12h/0h; dom., 12h/21h30.
Cc.: todos; tíq (Alelo e Sodexo); wi-fi; ar; estac; manob; vin.

L’ENTRECÔTE BISTRÔ

Restaurante especializado no corte bovino entrecôte, servido com molho secreto, batatas fritas e salada. Durante a semana, o almoço custa R$ 34,90 por pessoa (150g). Nos fins de semana e no jantar, o preço é R$ 55 (200g). Há outras variedades do mesmo corte, como o entrecôte grelhado com fettucine alfredo e salada, servido no almoço (150g, R$ 36,90) e no jantar (200g, R$ 58). Quem preferir frutos do mar pode optar por salmão grelhado com legumes salteados (R$ 59, apenas no jantar) ou pelo peixe saint peter grelhado servido com purê de batata (R$ 34,90, apenas no almoço). Para abrir o apetite, há seis entradas – entre elas, os tradicionais steak tartar com fritas ou pães (R$ 29), a seleção de queijos (inclui pão, R$ 26), o bacalhau com purê de batata (R$ 29), o salmão curado servido com creme azedo e torradinhas (R$ 32) e a sopa de cebola (R$ 18). Couvert com pães, manteiga, caponata e patê de fígado (R$ 5, individual). Sobremesas: mousse de chocolate (R$ 14), feita no local e servida à vontade, e creme caramelo (R$ 12). Carta de vinhos com 41 rótulos (a partir de R$ 74 a garrafa). Rua Marília de Dirceu, 116A, Lourdes, (31) 2515-2811. Seg., 12h/15h; ter. a sex., 12h/15h e 19h/0h; sáb., 12h/17h e 19h/0h; dom. e fer., 12h/17h.
Cc.: todos; tíq; wi-fi; ar; vin.

Francês
TASTE-VIN

Os suflês fizeram a fama da casa, o mais tradicional restaurante francês da capital mineira. Há variações da receita, como o Taste-vin (suflê de camarão com queijo gruyère e champignon de paris fresco; R$ 98, individual). Entre os pratos principais se destaca o cherne em crosta de macadâmia com banana-da-terra assada e ketchup de pimentão (R$ 99, individual). Sobremesa: suflê de chocolate (R$ 26) e torta morna de chocolate com creme inglês (R$ 24). A carta de vinhos reúne 750 rótulos (a partir de R$ 58,80 a garrafa). Rua Curitiba, 2.105, Lourdes. (31) 3292-5423. Seg. a qui., 19h30/0h; sex. e sáb., 19h30/1h.
Cc.: todos; wi-fi; ar; estac; manob; vin.

Japonês
OCHI

Além de pedidas tradicionais japonesas à la carte, oferece rodízio por R$ 89 (individual) e R$ 160 (casal), incluindo pratos quentes e frios, além de 15 sashimis. Pode-se optar pelas porções de nigiri, que custam de R$ 62,90 (25 peças) a R$ 137,90 (55 peças), ou por combinados (sushi, sashimi e uramaki, entre outros), pagando-se de R$ 38,90 (16 peças) a R$ 216,90 (92 peças). Um dos pratos de destaque é o fleming maki: lâminas de salmão enroladas no brócolis com cream cheese (R$ 18,90, seis unidades). Além dos peixes de costume (atum, salmão, tilápia e dourado-do-mar), a cozinha costuma preparar hadoque e enguia. Dose de saquê a partir de R$ 15. Cerveja a partir de R$ 8,90 (long neck nacional). Avenida Fleming, 900, loja 7, Ouro Preto/Pampulha. (31) 2526-9950. Ter. a sex., 19h/23h30; sáb., 11h/0h; dom., 11h/22h30.
Cc.: todos; del; wi-fi.

Variado
A FAVORITA

Pedidas à base de peixes e frutos do mar têm o seu lugar neste restaurante. Destaca-se a arraia grelhada na manteiga queimada com batatas torneadas e alcaparras (R$ 69, individual). Outra opção de prato principal é o carré de cordeiro com risoto de cogumelos (R$ 105, individual). Como entrada, sugestão é o ceviche de badejo (R$ 43, individual). Para sobremesa, há corneto com mascarpone, frutas vermelhas e sorvete de baunilha (R$ 28). Carta de vinhos com 380 rótulos (a partir de R$ 57; 750ml). Rua Santa Catarina, 1.235, Lourdes. (31) 3275-2352. Seg. a sáb., 12h/0h; dom., 12h/17h.
Cc.: todos; wi-fi; ar; estac (durante o dia); manob; vin.

COGUMELADO
O cardápio à base de cogumelos atrai vegetarianos, veganos e quem gosta de comida saudável. Os sócios Thiago Azevedo, Luciano Queiroz e Ronan Oyama explicam que o ingrediente principal é cultivado e distribuído por pequenos produtores locais. O shimeji é diferente daquele encontrado nos supermercdos, explica Azevedo. No almoço, prepara risoto da Bahia (cogumelo à escolha do freguês com molho à base de dendê), tropeirão da massa (inspirado no clássico servido no Mineirão) e feijoada de cogus. Todas as opções são individuais e custam R$ 26. Para compartilhar, pode-se optar pela porção de churrasco de cogumelos com pães de fermentação natural (R$ 40). O acarajé da terra é conserva de shimeji baiano com porção de bolinho de feijão (R$ 20, meia; R$ 36, inteira). Outras pedidas são as iscas de paris ou portobello (R$ 33, cada) e shimeji calamari – empanada, semelhante aos anéis de lula (R$ 33). Há duas opções de sanduíches com cogumelo-ostra grelhado na ciabatta (R$ 30/200g e R$ 50/400g). Entre as bebidas, há cervejas artesanais (a partir de R$ 10,90), vinhos (em taça e garrafa 1l) e drinques, como o moscow mule, à base de espuma de gengibre e vodca (R$19,90). Alameda do Ingá, 77, Vale do Sereno. (31) 3517-5539. Seg. a quar., 11h30/14h30; qui. e sex., 11h30/14h30 e 17h/0h; e sáb., 12h/22h.

OLGA NUR
Comandado pelo chef Marcos Help, o restaurante abre para almoço de terça a sexta-feira. O menu executivo oferece seis grelhados (ancho, filé-mignon, galeto, salmão, peixe do dia e prime rib suína), além de cinco guarnições (risotos, purê, farofa, batata e vegetais assados). Pode-se optar por um grelhado com acompanhamento e salada (R$ 36). Há também sugestões do chef para cada dia: filé de peixe com cuscuz marroquino e frutas grelhadas (terça), galeto grelhado com polenta assada e quiabo (quarta), picadinho com banana grelhada, ovo caipira e farofa crocante (quinta) e feijoada (sexta). Todos esses pratos são individuais e custam R$ 32. As opções à la carte estão disponíveis à noite, diariamente, e no almoço, de sexta-feira a domingo. Outros destaques são o peixe branco béarnaise picante com arroz negro no azeite de camarão (R$ 56) e o filé ao molho de pimentas com aligot de mandioca e canastra meia cura (R$ 64). Para petiscar, sugere-se torresmo com geleia de pimenta (R$ 22, seis unidades) e a carne serenada angus com creme de mandioca e farofa de taioba (R$ 36). Sobremesa: suflê de goiabada artesanal com sorvete caseiro de queijo (R$ 19). Trabalha com cerca de 250 rótulos de vinhos (a partir de R$ 69 a garrafa). Rua Curitiba, 2.202, Lourdes, (31) 3566-1851. Ter. a qui., 12h/15h e 19h/0h; sex. e sáb., 12h/1h; dom., 12h/18h.
Cc.: todos; tíq; wi-fi; ar; manob; vin.


Publicidade