UAI
Publicidade

Estado de Minas CACHAÇA

Concurso vai escolher hoje o melhor Rabo de Galo de Minas

Evento que reúne bartenders e alambiques artesanais no Mercado Novo ainda inclui workshops gratuitos nesta quarta (3/8)


03/08/2022 04:00 - atualizado 03/08/2022 08:37

Coquetel rabo de galo
Disputa terá 14 bartenders e produtores de cachaças de alambiques de Minas em busca do primeiro lugar (foto: leo lima/divulgação)

Belo Horizonte recebe nesta quarta-feira (3/8), com apresentações a partir das 18h, a etapa regional do Concurso Nacional de Rabo de Galo, que será realizada na Cacharia Lamparina, no Mercado Novo (Avenida Olegário Maciel, 742 – 2º andar). O vencedor participará da edição nacional do concurso, que acontece em São Paulo, em dezembro. Esta é primeira vez que BH conta com uma  edição local da disputa. Serão, ao todo, 14 bartenders e 14 produtores de cachaças de alambiques de Minas Gerais. A proposta é que cada participante desenvolva uma versão inédita do coquetel. A criação deverá ter como bebida básica a cachaça (60%) e cada participante terá o tempo de 5 minutos para preparar a bebida.


Os coquetéis serão analisados por uma comissão de profissionais da área de alimentos, bebidas e técnicos de hotelaria. Os três competidores que obtiverem as maiores notas(técnica e degustação) receberão medalhas alusivas à participação e destaque no Concurso Nacional de Rabo de Galo – Etapa Regional MG. Além das apresentações, a programação ainda conta com a realização de quatro workshops gratuitos com convidados explorando o universo da cachaça artesanal, apresentação de cases e análises sobre as possibilidades do destilado nacional.

Para participar dos workshops não será necessário efetuar inscrição prévia e todos também ocorrerão na  Cacharia Lamparina, no Mercado Novo. A programação começa às 13h, com “A cachaça é para todos” (por Ana Marta Sátyro, produtora da cachaça Mineiriana) e segue com “Novos discursos das velhas bebidas” (14h, por Thiago Ceccoti, bartender, cachaceiro e escritor); “Força latina” (15h, por Maurício Maia, sommelier de cachaças, especializado em bebidas destiladas pelo WSET e colunista do blog "O cachacier”); e “Resgate da cultura e identidade da cachaça” (16h, por Rafael Quick, idealizador do projeto Mercado Novo e proprietário do Grupo Viela). Vale ressaltar que o Rabo de Galo, que leva apenas três ingredientes em sua receita original (gelo, cachaça e vermute), está na lista dos coquetéis mais consumidos no Brasil.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade