UAI
Publicidade

Estado de Minas SÉRIE

"Obi-Wan Kenobi" traz o mestre Jedi arrasado com a virada de Darth Vader

Ewan McGregor retoma seu personagem na série que estreia na próxima sexta (27/5) e tem trama ambientada 10 anos depois do filme original


20/05/2022 04:00 - atualizado 19/05/2022 22:22

O ator Ewan McGregor observa cena encostado em uma parede
O ator Ewan McGregor disse que demorou um pouco para reencontrar 'a voz' do personagem que encarnou há 17 anos em 'Star Wars, Episódio III: A vingança dos Sith' (foto: DISNEY/DIVULGAÇÃO)

Durante muitos anos, o ator escocês Ewan McGregor foi questionado, por jornalistas e fãs, sobre quando voltaria a reprisar seus personagens de “Trainspotting” e “Star wars”. Em 2017, ele retornou a Renton, o desocupado viciado em heroína que virou símbolo dos anos 1990. E agora, 17 anos depois de “Star wars, Episódio III: A vingança dos Sith”, McGregor está de volta com o mestre Jedi.

Com estreia na próxima sexta (27/5), no Disney+, a minissérie “Obi-Wan Kenobi” é ambientada 10 anos após os acontecimentos do filme de 2005. Na trama, Obi-Wan (McGregor) enfrentou sua maior derrota. Seu melhor amigo e aprendiz de Jedi, Anakin Skywalker, voltou-se para o lado negro e se transformou em Darth Vader.

Na nova história, McGregor repete a dobradinha do filme com Hayden Christensen, que volta a interpretar Vader. O restante do elenco é de neófitos no universo criado por George Lucas: Moses Ingram, Joel Edgerton, Bonnie Piesse, Kumail Nanjiani, Indira Varma, Rupert Friend, O'Shea Jackson Jr., Sung Kang, Simone Kessell e Benny Safdie.

A direção é de Deborah Chow, que também atua como criadora da minissérie – ela já tem expertise em “Star wars”, pois dirigiu alguns episódios de “The Mandalorian”. McGregor, que, além de protagonizar, assina a produção executiva, Chow e Moses Ingram participaram de entrevista on-line global concedida na quinta-feira (19/5). 
 
“Quando as prequelas (os filmes “A ameaça fantasma”, “Ataque dos clones” e o já citado “A vingança dos Sith”, os chamados episódios I, II, e III da franquia criada por Lucas) foram lançadas, não havia rede social. Então não havia essa conexão direta com os fãs. Depois, mais recentemente, é que vimos como as pessoas gostam dos filmes. Quando a Disney me chamou para uma reunião, eu disse que gostaria de fazer, mas tinha que ser uma boa história. E foi o que encontramos, uma narrativa entre os episódios III e IV”, disse McGregor.

ALEC GUINNESS

Para o ator, o mestre Jedi que ele interpreta agora “é mais próximo do que o Alec Guinness fez na trilogia original”. “Após a destruição do final do episódio III, Obi-Wan passa 10 anos escondido, sem se comunicar com os amigos, vivendo uma existência solitária. Ele perdeu sua fé e seu único link com o passado era Luke Skywalker. Achei interessante então pegar o personagem e tirá-lo deste lugar ‘quebrado’”, contou McGregor.

Ainda que o ator tenha uma relação grande com o personagem, admite que demorou um tempo para “chegar até ele” novamente. “Tive que trabalhar muito a minha voz, pois na primeira vez em que estive no set ainda não estava com a ‘voz’ dele.” O elenco teve quatro meses para se preparar para a série.
 
Confira o trailer de 'Obi-Wan kenobi':

 
 
A atriz Moses Ingram, que foi lançada na série “O gambito da rainha” (2020), integra os Inquisidores – sua personagem se chama Reva. O grupo é formado por executores recrutados pelo Império e dirigidos por Darth Vader para caçar e matar todos os Jedi restantes. 

“Ela é subordinada a Darth Vader, mas está sempre à frente dos outros. Treinávamos diariamente e no começo fiquei meio intimidada. Ewan já fez aquilo há muitos anos, achei que nunca conseguiria. Mas foi incrível, pois lutei como uma garota e ainda fui muito bem.”

Assim como “The Mandalorian”, “Obi-Wan Kenobi” também foi rodada com a tecnologia chamada StageCraft. Grosso modo, ao invés de os atores interpretarem na “tela verde” (em que as imagens são inseridas posteriormente), um conjunto de telas de LED de altíssima resolução envolve o cenário, e os ambientes virtuais são projetados em tempo real. 

“Trabalhei com StageCraft na primeira temporada de ‘The Mandalorian’, só que a tecnologia evoluiu tanto desde então que fizemos coisas em ‘Obi-Wan Kenobi’ que não poderíamos fazer antes”, comentou a diretora. 

Para McGregor, a diferença foi enorme. “Eu, que nunca tinha trabalhado dessa maneira, achei incrível. Nos filmes, era tanta tela verde que às vezes era difícil atuar. Agora tivemos um set incrível. Se a cena era num deserto, você olhava e parecia que estava mesmo lá.”

“OBI-WAN KENOBI”

Minissérie em seis episódios no Disney . Os dois primeiros estreiam em 27 de maio; os demais entram no ar semanalmente, às quartas-feiras.







receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade