UAI
Publicidade

Estado de Minas STREAMING

Série ''Pachinko'' mostra a saga de uma heroína coreana anônima

Produção que estreia nesta sexta (25/3) no Apple TV+ começa quando jovem pobre se recusa a ser comprada pelo homem rico que a engravidou


25/03/2022 04:00 - atualizado 28/03/2022 15:18

Close no rosto da atriz Yuh-Jung Youn, que interpreta Sunja na série Pachinko
História de Sunja começa na adolescência da personagem e atravessa diversos períodos, nos quais ela é vivida por diferentes atrizes, como Yuh-Jung Youn (foto: APPLE/DIVULGAÇÃO)

No início dos anos 1900, a adolescente coreana Sunja, filha de um pescador, apaixona- se por um rico forasteiro. O homem promete o mundo a ela, mas, quando descobre que está grávida – e que ele é casado – , Sunja se recusa a ser comprada. 

Em vez disso, aceita o pedido de casamento de um homem doente, um pastor que está de passagem pelo vilarejo, rumo ao Japão. A decisão de abandonar o lar e rejeitar o poderoso pai de seu filho dá início à saga de “Pachinko”.
 

Adaptação em oito episódios do livro homônimo de Min Jin Lee (o best-seller foi lançado há pouco mais de um ano, pela Intrínseca), a série estreia nesta sexta (25/3) no Apple TV+. Falada em coreano, japonês e inglês, a produção épica foi criada por Soo Hugh, de "The terror" e "The killing". 

GERAÇÕES

O elenco destaca Yuh-Jung Youn, vencedora do Oscar de atriz coadjuvante de 2021 por “Minari: Em busca da felicidade”. Aqui ela interpreta Sunja na velhice, contando uma história que atravessa gerações e fronteiras.

“Pachinko” apresenta diferentes períodos de tempo, começando com a ocupação da Coreia pelo Japão, durante a primeira metade do século 20. A partir da trajetória de Sunja na juventude (quando é interpretada por Minha Kim), a história viaja para muitas décadas depois.

Solomon (Jin Ha) é um ambicioso banqueiro de Nova York, que vai ao Japão para ajudar sua empresa a fechar um grande negócio imobiliário. Neste retorno para casa, ele encontra seu pai, Mozasu (Soji Arai), que administra um pachinko (jogos de azar no Japão, em máquinas que são como uma evolução do fliperama) em Osaka. 

Sua avó Sunja quer que Solomon retorne o quanto antes aos EUA. Ela diz que os coreanos continuam sendo discriminados pelos japoneses, a despeito da passagem do tempo. No início, o neto não acredita – mas quanto mais tempo fica no Japão, mais se dá conta de que a avó tem razão.

“PACHINKO”

• Série em oito episódios na Apple TV . Os três primeiros estreiam nesta sexta (25/3). Os demais serão lançados semanalmente, às sextas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade