UAI
Publicidade

Estado de Minas ARTES VISUAIS

Inhotim lança podcast para estimular novas "viagens" por seu acervo

Apresentado por Bárbara Colen e com seis episódios, programa mostra que a arte, além da experiência visual, remete ao corpo, à natureza e à ciência


27/01/2022 04:00

Atriz Barbara Colen está no jardim, diante de galeria de Inhotim, à frente de um lago
Bárbara Colen, apresentadora do podcast, diz que programa oferece nova percepção sobre Inhotim (foto: Thiago Pacheco/divulgação )

Prepare-se para ver as belezas do Inhotim como você  nunca viu antes. Melhor: prepare-se para ouvir Inhotim. Estreia nesta quinta-feira (27/1) o Inhotim Podcast, realizado pelo instituto de arte contemporânea em parceria com a Rádio Novelo, produtora de Praia dos Ossos e Foro de Teresina, podcasts de sucesso. A mineira Bárbara Colen, atriz do filme “Bacurau” e da novela “Quanto mais vida, melhor!” (Globo), é a apresentadora.

Às quintas-feiras, o ouvinte será conduzido pelos acervos botânico e artístico de Inhotim. Seis episódios vão abordar os temas “tempo”, “horizontes”, “deslocamentos”, “realidades”, “sinestesia” e “chão”. O Jardim Botânico é o ponto de partida.

Atriz Barbara Colen usa fone de ouvido e fala ao microfone durante podcast de Inhotim
(foto: Rennan Otto/divulgação)

"Como atores, temos de nos explorar em vários âmbitos. Quando fui para a TV, já estava com o desejo de expandir minha comunicação direta com o público, com número cada vez maior de pessoas. A rádio está aí para isso"

Bárbara Colen, atriz


SEM FRONTEIRAS

 “Tentamos trazer a essência de Inhotim para o podcast de forma que o instituto se relacione com o mundo além dos limites do parque”, afirma Lorena Vicini, gerente de comunicação do Inhotim, que coordena o projeto.

Bárbara Colen estreia como apresentadora e diz que o projeto realiza sua antiga vontade de trabalhar com a voz.

“Como atores, temos de nos explorar em vários âmbitos. Quando fui para a TV, já estava com o desejo de expandir minha comunicação direta com o público, com número cada vez maior de pessoas. A rádio está aí para isso, é uma nova forma de nos colocarmos no mundo”, afirma.

A fruição das artes visuais não se limita aos olhos, comenta Bárbara. “Inhotim permite um tipo de contato com a arte que não é só a visão”, observa, elogiando “o lugar de visitação aberto, sem formalismos, que trabalha para levar lá para dentro as crianças das escolas”.

Lorena Vicini destaca a amplitude de percepção proporcionada pelo espaço de arte contemporânea mineiro. “Fomos entendendo que, mais do que experiência visual, o Inhotim é uma experiência de corpo”, observa. “Quando estamos lá, sentimos o cheiro das plantas e da terra molhada, as texturas das folhas esbarrando em nossos braços. São muitos os estímulos sensoriais para além do visual.”

O podcast também se volta para essa experiência. A trilha sonora dos episódios tem ruídos de passos na grama, canto de pássaros e água corrente. Também há depoimentos de artistas, funcionários e especialistas em ciência e ecologia.

O primeiro episódio, “Tempo”, discute temporalidades além daquelas marcadas pelo relógio. A relação dos africanos com o tempo, por exemplo, é abordada pelo artista Ayrson Heráclito. Já o físico Marcelo Gleiser fala sobre os conceitos de relatividade e viagens temporais. A bióloga Sabrina Carmo, coordenadora do Jardim Botânico de Inhotim, usa o tamboril, árvore-símbolo do espaço de Brumadinho, para analisar o tempo particular da natureza.

O projeto faz parte do conceito que norteará a programação do Inhotim no período 2021/2022. A proposta se volta para a relação entre arte e território, tanto no âmbito local quanto global.

A inspiração veio das ideias do geógrafo brasileiro Milton Santos, que correlacionou o território com as relações sociais que o moldam.

Fechado por alguns dias durante o período de intensas chuvas em Minas, que castigaram Brumadinho e a Região Metropolitana de Belo Horizonte, Inhotim está aberto à visitação desde o último dia 19.

* Estagiário sob supervisão da editora-assistente Ângela Faria

INHOTIM PODCAST
Estreia hoje (27/1). Seis episódios, sempre às quintas-feiras. Nas principais plataformas de podcast e no canal de Inhotim no YouTube. Informações, conteúdos extra e links dos episódios estão disponíveis no site do Instituto Inhotim.

VISITAÇÃO
Nesta quinta, das 9h30 às 16h30; sábado e domingo, das 9h30 às 17h30. Ingressos: R$ 44 (inteira) e R$ 22 (meia), adquiridos no site Sympla. Moradores de Brumadinho cadastrados nos programas Nosso Inhotim e Amigos do Inhotim têm entrada franca.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade