UAI
Publicidade

Estado de Minas MÚSICA

Bar do Museu Clube da Esquina festeja aniversário com agenda híbrida

Casa terá shows desta quinta-feira (2/12) a domingo, com transmissão simultâneo pelo seu canal no YouTube


02/12/2021 04:00 - atualizado 02/12/2021 07:36

De pé, vestindo jeans e camiseta preta, Ian Guedes e Rodrigo Borges olham para a câmera
Ian Guedes, filho de Beto Guedes, e Rodrigo Borges, filho de Marilton Borges, fazem show amanhã, com músicas de seus pais e composições próprias (foto: JP So Franz/Divulgação)
A histórica esquina das ruas Paraisópolis e Divinópolis, no Bairro Santa Tereza, em BH, que na década de 1960 foi o principal ponto de encontro dos jovens Milton Nascimento, Toninho Horta, Lô Borges e Beto Guedes, entre outros célebres músicos, compositores e letristas, hoje abriga o Bar do Museu Clube da Esquina, estabelecimento dedicado a preservar parte da memória do movimento mineiro eternizado na história da música brasileira.

Para comemorar seu sexto aniversário, o bar preparou uma programação híbrida, que inclui shows de Toninho Horta e Cláudio Fraga. A abertura da agenda comemorativa ocorre nesta quinta-feira (2/12), com apresentação do instrumentista, cantor e compositor Telo Borges. 

Acompanhado pelos músicos Gerdson Mourão (baixo), Cyrano Almeida (bateria) e Pedro Martins (guitarra), Telo faz o show "Vou pro céu", cujo repertório é composto por sucessos de sua carreira e clássicos do Clube da Esquina. A apresentação contará com a participação especial do cantor, compositor, guitarrista e produtor musical Wilson Sideral.

Na sexta-feira (3/12), haverá show de Rodrigo Borges e Ian Guedes. Herdeiros diretos do Clube da Esquina, já que são filhos de Marilton Borges e Beto Guedes, respectivamente, os músicos mesclarão em seu show clássicos como "Sol de primavera" e "Clube da esquina 2" com composições próprias.

A festa continua no final de semana. No sábado (4/12), é a vez de Toninho Horta se apresentar. Os ingressos estão esgotados. No domingo (05/12), a partir das 12h30, o bar promove uma aula-show de culinária com o chef Juliano Caldeira, especialista em carnes harmonizadas com cerveja. Em seguida, Cláudio Fraga faz o show de encerramento da programação.

INTERNET

Apesar de os ingressos para o show de Toninho Horta já estarem esgotados, será possível acompanhar sua apresentação via internet. Todos os shows que fazem parte das comemorações serão transmitidos por meio do canal do Bar do Museu Clube da Esquina no YouTube. 

A decisão de transmitir as apresentações foi tomada depois que as comemorações de cinco anos do bar, realizadas em formato de live em 2020, foram um verdadeiro sucesso entre os fãs do Clube da Esquina.

"Antes da pandemia, o nosso canal tinha pouco mais de 60 inscritos. Hoje já são quase 5 mil. Esse número é formado por pessoas de todo o Brasil, que, de vez em quando, estão aqui com a gente, mas também têm vontade de acompanhar a nossa programação de longe", afirma Virgínia Câmara, produtora cultural e gerente do Bar Clube da Esquina.

Segundo ela, as comemorações deste sexto ano têm um sabor diferente, depois dos sucessivos fechamentos dos estabelecimentos culturais em 2020, por causa da pandemia. "Passamos por um momento muito difícil no último ano, tanto é que 70% dos bares de Belo Horizonte precisaram fechar as portas. Somos sobreviventes. A ideia é que seja uma oportunidade de celebrar não só esse movimento musical, mas também a nossa longevidade, passado esse período tão difícil."

As comemorações seguirão protocolos de segurança contra a propagação da COVID-19, como o distanciamento social e o uso obrigatório de máscaras para circular no ambiente interno do bar. Hoje, o Bar do Museu Clube da Esquina funciona com uma capacidade reduzida de público e comporta 70 pessoas. Antes da pandemia, esse número era de 120.

O bar está atualmente em campanha para ser considerado uma das atrações turísticas de Belo Horizonte. "Uma das ações é a divulgação do roteiro Clube da Esquina Tour, por meio de parcerias com agências de viagens. São passeios feitos a locais ligados à história do Clube da Esquina", diz Virgínia.

O passeio passa por lugares emblemáticos da capital mineira, como o conjunto Arcângelo Maletta e a Praça da Liberdade. Uma das paradas é o Edifício Levy, na Avenida Amazonas, onde de fato teria começado a história do Clube da Esquina, a partir do encontro entre Milton Nascimento e os irmãos Lô e Márcio Borges.

"É um turismo de experiência. Criamos esse roteiro para que os fãs pudessem conhecer Belo Horizonte por meio da história do Clube da Esquina. De certa forma, quem entra nessa jornada com a gente também se sente vivenciando a história", avalia a produtora.

PARABÉNS A VOCÊS

Confira a agenda de aniversário

» QUINTA (2/12)
20h - Telo Borges com Gerdson Mourão (baixo), Cyrano Almeida (bateria) e Pedro Martins (guitarra). Participação especial de Wilson Sideral
» SEXTA (3/12)
20h - Show de Rodrigo Borges e Ian Guedes
» SÁBADO (4/12)
20h - Show de Toninho Horta com Beto Lopes (baixo) e Cyrano Almeida (bateria)
» DOMINGO (5/12)
12h30 - Aula-show de culinária com o chef Juliano Caldeira e apresentação musical de Cláudio Fraga 

BAR DO MUSEU CLUBE DA ESQUINA
Programação comemorativa dos seis anos. Desta quinta (2/12) a domingo (5/12), no Bar do Museu Clube da Esquina (Rua Paraisópolis, 738, Santa Tereza). A programação completa também será transmitida por meio do canal do Bar do Museu Clube da Esquina no YouTube. Ingressos: R$ 25, à venda pela plataforma Sympla. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade