Publicidade

Estado de Minas ARTE EFÊMERA

Artista russo transforma sujeira de veículos empoeirados em arte

Conhecido por fazer desenhos artísticos em carros, vans e caminhões empoeirados, Nikita tem mais de 115 mil seguidores no Instagram


17/06/2021 22:53 - atualizado 17/06/2021 23:27

Releitura da Grande Onda intitulada pelo autor
Releitura da Grande Onda intitulada pelo autor "The Great Dirty Wave" (foto: Reprodução/Instagram)


O artista russo Nikita Golubev, de 37 anos, faz sucesso nas redes sociais com fotos e vídeos das obras de arte em carros, vans e caminhões sujos dispersos ao longo de Moscou, cidade em que reside. O perfil de instagram de Nikita tem mais de mil seguidores e tem o nome “Pro Boy Nick”, como assina suas obras. 

“Eu faço arte a partir da sujeira. Sempre quando começo a fazer isso geralmente aprecio o próprio processo. Eu realmente não penso muito a respeito do processo final, sobre o jeito de como isso vai ser no final. E por isso é mais fácil para mim para mergulhar no processo”, declarou Golubev em minidocumentário sobre sua arte disponível em seu canal do Youtube.



Na legenda da obra “Couple”, casal traduzido para o português, o artista engaja com o público a respeito de suas interpretações sobre a obra. “Desta vez decidi simplificar as formas, criar personagens e composições. Acho que funciona ainda melhor do que um detalhado à distância. Deslize para ver o vídeo. Não tenho certeza de qual é a história. O que você acha que está acontecendo aqui? É um sequestro ou apenas uma viagem com um amigo?”

Confira o trabalho do artista: 
Ver galeria . 12 Fotos Reprodução/Instagram
(foto: Reprodução/Instagram )


Nikita ficou conhecido devido a um vídeo, que viralizou com mais de 60 milhões de visualizações, mostrando essas obras produzido por um canal de TV. “Alguns dias depois teve um boom de e-mails, de convites para entrevistas e meu instagram ficou repleto de seguidores. Foi como uma fortuna inesperada que de repente caiu sob meus ombros, mas eu não sabia o que fazer com isso. Ainda é muito surpreendente que ‘Dirty Art’ é surpreendente para as pessoas”, informou no vídeo “About My Art 2019”. 

Apesar do sucesso da arte efêmera, o russo aprecia mais produzir pinturas do estilo surrealistas. “Entendo que a maioria das pessoas são mais interessadas na minha ‘arte suja’. No entanto, eu não quero gastar todo o meu tempo nisso. O que é realmente meu pode ser chamado de arte surreal. Quando imagens típicas do cotidiano são misturadas com algo surreal e algo que é fora deste mundo”.

A renda de Nikita provém exclusivamente da pintura e combina técnicas diversas. “Eu sinto algum tipo de fome toda hora tentando algo novo”, explicou no documentário. Ele também forneceu dicas para se inspirar. “Inspiração é algo que você nunca sabe quando vai te atingir. Mas, por outro lado, é importante aprender a preparar o seu cérebro, a se permitir perceber a imagem desejada quando ela eventualmente chegar a você.  Eu vou para as ruas para viver juntamente com a cidade”. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade