Publicidade

Estado de Minas TEATRO ON-LINE

Peça sobre como manter o interesse no parceiro fica mais atual na pandemia

Atriz Tânia Bondezan retorna com 'Como ter sexo a vida toda com a mesma pessoa' no ambiente digital. Espetáculo estreou em 2012


14/05/2021 04:00 - atualizado 14/05/2021 07:14

Tania Bondezan interpreta a sexóloga búlgara que propõe aos casais uma receita para manter a chama acesa em
Tania Bondezan interpreta a sexóloga búlgara que propõe aos casais uma receita para manter a chama acesa em "Como ter sexo a vida inteira com a mesma pessoa" (foto: Odilon Wagner/Divulgação)
“Como ter sexo a vida inteira com a mesma pessoa” é outro destaque na 1ª Mostra Teatro On-Line APTI. Na trama, a sexóloga búlgara Annetta Poché (Tania Bondezan) conduz um divertido seminário sobre como manter o fogo nos relacionamentos entre os casais, introduzindo receitas insólitas para superar crises comuns ao longo de anos de convivência. O espetáculo vai ao ar nos dias 3 e 4 de julho. 

“A peça trata da longevidade nos relacionamentos. Esse é um tema que sempre chama muito a atenção dos casais de qualquer tipo. A peça é de um humor inteligente e instigante. Ela não tem baixaria nenhuma, pelo contrário. É toda baseada em estudos de psicólogos, psiquiatras e sexólogos importantes”, afirma o diretor Odilon Wagner.

O texto brasileiro é uma adaptação do original da argentina Mónica Salvador e estreou no país em 2012. A peça já esteve em Belo Horizonte três vezes. “A primeira grande experiência que a gente fez fora de São Paulo foi em BH justamente, em 2013”, conta Odilon Wagner. “Foi aí que nós percebemos que tínhamos um grande sucesso na mão.”

Ele aponta a temática da obra como a grande responsável pelo triunfo, ao quebrar tabus relacionados ao sexo e demonstrar que ninguém está sozinho nas crises de relacionamento. 

"A primeira grande experiência que a gente fez fora de São Paulo foi em BH justamente, em 2013. Foi aí que nós percebemos que tínhamos um grande sucesso na mão"

Odilon Wagner, diretor


DEBATE 
“A gente sempre fala que o brasileiro faz muito sexo, mas não fala a respeito, porque tem um pudor. É até uma questão da nossa sociedade moderna. Uma das partes bonitas do texto fala sobre isso: sobre a dor você pode falar à vontade, mas sobre prazer não.”

Na opinião de Odilon, o debate sobre a arte de conviver e, sobretudo, fazer sexo com a mesma pessoa se torna ainda mais relevante durante o período de isolamento social. “Muitos casais realmente encontram muitas dificuldades (neste contexto), principalmente aqueles que já tinham alguma, porque a convivência fica mais intensa. Por outro lado, também houve reaproximações importantes porque os casais voltaram a conversar mais, expor seus desejos, vontades. A convivência também traz essa parte boa.”

Com uma boa dose de bom humor, o espetáculo apregoa o aprofundamento nas relações como um fator determinante na atividade sexual, propondo exercícios para os casais retornarem a atenção uns aos outros.

Tânia Bondezan, vencedora do Prêmio Shell de melhor atriz em 2020, por “A Golondrina”, interpreta a sexóloga búlgara, formada na Sorbonne, com sotaque atípico.  “Acho que raras atrizes teriam condições de ficar uma hora em cena falando direto com o público em ritmo alucinante e mantendo a plateia presa, rindo. É fantástico, o trabalho dela é maravilhoso”, elogia Odilon.

Na adaptação exclusiva para a 1ª Mostra Teatro On-Line APT, o espetáculo foi encurtado para 50 minutos. O momento de interação com o público, típico das apresentações presenciais, foi substituído por cenas gravadas da atriz interagindo com plateias de algumas cidades do Brasil. 


CONFIRA COMO 
ASSISTIR À MOSTRA

A 1ª Mostra Teatro On-Line APTI tem o objetivo de arrecadar fundos para a compra de cestas básicas a serem distribuídas a profissionais das artes cênicas impossibilitados de trabalhar na pandemia. A gestão dos recursos arrecadados será feita pelo Fundo Marlene Collé. Até agosto, serão oferecidas duas peças sob demanda a cada final de semana. Os espetáculos ficam disponíveis para o público durante 48h. O espectador pode optar entre três valores de ingresso, que correspondem à sua doação para o fundo: R$ 25, R$ 50 e R$ 100. A relação dos espetáculos e a venda de bilhetes estão disponíveis no site da Associação de Produtores de Teatro Independentes: www.apti.org.br/mostra-de-teatro.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade