Publicidade

Estado de Minas Dia de Star wars

Que a força esteja com você

Disney+ prepara lançamentos para este 4 de maio, considerado pelos fãs de "Star wars" o dia símbolo da saga de George Lucas


04/05/2021 04:00 - atualizado 04/05/2021 07:17

Hunter, Tech, Crosshair, Wrecker e Echo: os cinco clones rebeldes de
Hunter, Tech, Crosshair, Wrecker e Echo: os cinco clones rebeldes de "Starwars: The bad batch" (foto: Fotos: Disney /divulgação)

Não se trata do aniversário de lançamento de filmes, muito menos do nascimento de George Lucas. Mesmo assim, 4 de maio se tornou o Dia de Star wars para fãs em todo o mundo. O motivo é o simples trocadilho que associa a pronúncia em inglês da data (“may fourth”) à frase “may the force be with with you” (“que a força esteja com você”), simbólica da saga criada por Lucas nos anos 1970 e adquirida comercialmente pela Disney em 2012.

Com poderio para ampliar esse universo narrativo e promover o serviço de streaming Disney +, o dia se torna oportuno para a empresa lançar novidades. O destaque vai para a série animada “Star wars: The bad batch” e de outras atrações que estreiam nesta terça-feira (4/5).

TRUNFO 
Nestes tempos de guerra pela audiência entre as plataformas de streaming, “Guerra nas estrelas” é um grande trunfo do serviço da Disney, que chegou ao Brasil em novembro de 2020. Quem tem menos familiaridade com a trama pode se confundir com tantas ramificações e lançamentos. Na verdade, o sucesso da trilogia lançada na telona entre 1977 e 1983, que ganhou seis episódios cinematográficos (1999 -2019), resultou em várias tramas paralelas.

O chamado Universo Expandido inclui quadrinhos, livros, filmes não ligados à sequência principal e séries televisivas, com atores ou animadas. Nesse último caso, um dos maiores sucessos é “Star wars: The clone wars” – a primeira das sete temporadas foi lançada em 2008. Essa subtrama deu origem a “The bad batch”, a principal novidade deste Star Wars Day 2021.

O título da novidade remete ao esquadrão de elite do Exército dos Clones, que agora se torna protagonista depois de ser apresentado ao público na última temporada de “The clone wars”. Em português, the bad batch significa lote ruim. É o nome dado a cinco clones. Trata-se de variações genéticas das respectivas versões humanas, o que lhes confere habilidades especiais, tornando-os combatentes extraordinariamente eficazes em equipe. São eles Hunter, Tech, Crosshair, Wrecker e Echo.

Com o fim das Guerras Clônicas e a consolidação do golpe de Estado que transformou a república democrática no regime totalitário do Império Galáctico, o quinteto é desligado do Exército. Na nova realidade política da Galáxia, cronologicamente localizada entre os episódios III e IV do cinema, o grupo atua como mercenário, valendo-se de sua habilidade militar.

O “lote ruim” se destaca pela ótima articulação coletiva e ideais próprios, sem depender do comando superior ou de causas maiores. Porém, logo os cinco se veem obrigados a servir ao Império como Stormtroopers, a icônica tropa de armadura branca.

No dilema entre cumprir ordens ou seguir em liberdade, o quinteto entra em rota de colisão com o governador Tarkin, comandante militar do Império que o declara inimigo do regime. Tarkin surge na animação com a mesma aparência do ator Peter Cushing (1913 -1994), intérprete do personagem no primeiro filme de “Star wars”.

Com produção executiva de Dave Filoni, responsável pelo sucesso “The Mandalorian”, “Star wars: The bad batch” estreia mundialmente nesta terça (4/5) com episódio especial de 70 minutos. Novos capítulos serão lançados às sextas-feiras, a partir de 7 de maio.

Outras produções lançadas no exterior entram hoje no catálogo brasileiro. Fazendo jus à proposta de exibir conteúdo para todas as idades, estreiam duas animações com Lego. A aventura “Lego Star wars: All stars” abrange todas as eras de “Star wars”, apostando no carisma de heróis da saga. Em oito curtas e quatro episódios de meia hora, figuras icônicas dos filmes como Kylo Ren, R2-D2, Han Solo, Chewbacca, BB-8 e Princesa Leia ganham a companhia de novos personagens.
O governador Tarkin (ao centro) surge com o rosto do ator Peter Cushing, que interpretou o personagem em 1977 no cinema
O governador Tarkin (ao centro) surge com o rosto do ator Peter Cushing, que interpretou o personagem em 1977 no cinema

Inéditos 
Por outro lado, “Lego Star wars: As aventuras dos Freemaker” oferece personagens e tramas totalmente inéditas. Os protagonistas são os jovens irmãos Freemaker, catadores de sucata nos confins da Galáxia. A vida deles muda quando Rowan se descobre sensível à Força ao encontrar o sabre de luz Kyber, poderoso artefato ligado à ordem Jedi.

Na companhia de seus irmãos, Kordi e Zander, e do robô Roger, ele parte em aventura interplanetária para desafiar as forças do Império, mostrando o poder do trabalho em equipe e em família. A animação tem 26 episódios de meia hora.

Se em “Star wars: The bad batch” os protagonistas são homens, “Star wars: Forças do destino”, que entra em cartaz hoje, dá espaço às heroínas. Com episódios de até três minutos, a série em animação 2D traz histórias ainda não contadas de Rey, Jyn Erso, Princesa Leia, Sabine Wren, Padmé Amidala e Ahsoka Tano. Criada em 2017, a produção foi lançada no YouTube e no Disney Channel, antes da criação do Disney .


CONFIRA NO DISNEY
“Star wars: The bad batch” (1º episódio da 1ª temporada); “Lego Star wars: All stars”, “Lego Star wars – As aventuras dos Freemaker”, “Star Wars rebels” (curtas), “Star wars: Forças do destino”, “Star wars: biomas”, “Por dentro dos veículos de Star”


Novidades na Marvel

Na segunda-feira (3/5), foram anunciadas novidades do chamado Universo Cinematográfico Marvel, cujas produções são exibidas pelo Disney +. Em vídeo com narração editada a partir de trechos de entrevistas de Stan Lee, quadrinista e ex-presidente da Marvel morto em 2018, foram confirmados os filmes da nova fase do estúdio.

O primeiro será “Viúva Negra”, dedicado à heroína vivida por Scarlett Johansson. Adiada seguidamente por causa da pandemia, a estreia está confirmada para julho no Disney e nas salas de cinema.

Também estão confirmadas as estreias de “Shang-Chi e a lenda dos dez anéis” (setembro), o primeiro filme da Marvel com super-herói asiático estrelado por Simu Liu, e de “Os eternos” (novembro), dirigido por Chloé Zhao, que venceu o Oscar 2021 com “Nomadland”. O elenco reúne Angelina Jolie, Richard Madden, Kit Harington e Salma Hayek. Em dezembro, estreia “Homem-Aranha: No way home”, terceiro longa com Tom Holland no papel de Peter Parker.

Para 2022, o estúdio confirmou “Doutor Estranho no Multiverso da loucura”, “Thor: Love and thunder”, “Pantera Negra: Wakanda forever” e “The Marvels” (Capitã Marvel).


FIQUE DE OLHO


SIMPSONS
A plataforma Disney fará outros lançamentos mundiais nesta terça-feira. Um deles é o breve curta animado que mistura a trama de “Os Simpsons” com “Star wars”, intitulado “Maggie Simpson em: O despertar da força de sua soneca”, brincadeira com o título do filme “Star wars: O despertar da força” (2015). Na paródia, a bebê Simpson tem de lidar com personagens e elementos da 
trama galáctica.

CURTAS
Outra novidade são os curtas de “Star wars: Rebels”. Com quatro temporadas e 75 episódios lançados entre 2014 e 2018, a série animada, que já fazia parte do catálogo do Disney , está entre as mais populares do Universo Expandido. Agora, serão incluídos quatro curtas-metragens produzidos na mesma época, complementando o seriado.

BIOMAS
O Disney oferece dois documentários inéditos. “Star Wars biomas” faz uma visita panorâmica às locações naturais que serviram de cenário aos planetas Hoth, Tatooine e Sorgan. Já “Por dentro dos veículos de Star Wars” explica a mecânica das fascinantes espaçonaves da saga.

EXPECTATIVA
Os fãs aguardam mais novidades nos próximos meses. No embalo do sucesso das duas temporadas já lançadas de “The Mandalorian”, série estrelada por Pedro Pascal que conquistou sete troféus no Emmy 2020, outras produções em live-action estão por vir.

OBI-WAN
Em abril, começou a ser gravada “Obi-Wan Kenobi”, batizada com o nome do mestre jedi interpretado no cinema por Alec Guinness (Episódios IV-VI) e Ewan McGregor (Episódios I-III, VII). Ambientada nos anos após os acontecimentos do Episódio III, “Star wars: A vingança dos sith”, a trama mostra como Obi-Wan sobreviveu à destruição da ordem Jedi, refugiado no planeta Tatooine.
Ewan McGregor reassume o papel, como astro principal da produção que deve ser lançada em 2022. O elenco terá Hayden Christensen, outro que fez parte dos filmes como Anakin Skywalker. Dessa vez, ele surgirá transformado em Darth Vader.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade