Publicidade

Estado de Minas UAI, INDICA ESSA #25

Oscar 2021: confira curiosidades sobre os indicados a melhor filme

A maior premiação do cinema está chegando (25/04) e o "Uai, Indica Essa" reuniu fatos curiosos sobre os longas indicados na categoria de melhor filme


31/03/2021 08:08 - atualizado 31/03/2021 08:15

O vídeo do "Uai, Indica Essa" desta semana traz curiosidades sobre as produções que disputam o Oscar de melhor filme em 2021. Desde que a lista de indicados ao Oscar 2021 foi anunciada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, a expectativa é grande para a cerimônia deste ano, que foi adiada para 25 de abril, e será marcada de limitações em seu formato tradicional, devido à pandemia de COVID-19.

A edição 2021 (93ª edição) do Oscar conta com 119 indicados em 23 categorias. 
Um dos destaques é uma presença maior de filmes lançados em streaming, apesar das diversas críticas que alguns cineastas fazem sobre o real conceito de “cinema”.  Caso você queira maratonar os indicados da noite, vários deles já fazem parte do catálogo dos serviços de streamings disponíveis no Brasil.

Entre as indicações, havia a expectativa de que “Bacurau”, o filme brasileiro mais premiado dos últimos tempos, fosse indicado, mas a produção não foi selecionada para nenhuma categoria. Apesar de várias participações ao longo da história do Oscar, o Brasil nunca ganhou nenhuma estatueta.


Confira a lista das indicações do Oscar 2021


Melhor filme

“Meu pai”
“Judas e o messias negro”
"Mank"
"Minari - Em busca da felicidade"
“Nomadland”
“Bela vingança”
“O som do silêncio”
“Os 7 de Chicago” 
 

Melhor direção

Thomas Vinterberg - "Druk - Mais um rodada"
David Fincher - "Mank"
Lee Isaac Chung - "Minari - Em busca da felicidade"
Chloé Zhao - "Nomadland"
Emerald Fennell - "Bela vingança" 
 

Melhor ator

Riz Ahmed - "O som do silêncio”
Chadwick Boseman - “A voz suprema do blues”
Anthony Hopkins - "Meu pai”
Gary Oldman - “Mank”
Steven Yeun - “Minari - Em busca da felicidade” 
 

Melhor atriz

Viola Davis - "A voz suprema do blues"
Andra Day - "Estados Unidos vs. Billie Holiday"
Vanessa Kirby - "Pieces of a woman"
Frances McDormand - "Nomadland"
Carey Mulligan - "Bela vingança" 
 

Melhor atriz coadjuvante

Maria Bakalova - "Borat: Fita de cinema seguinte"
Glenn Close - "Era uma vez um sonho"
Olivia Colman - "Meu pai"
Amanda Seyfried - "Mank"
Yuh-Jung Youn - "Minari - Em busca da felicidade"
  

Melhor ator coadjuvante

Sacha Baron Cohen - "Os 7 de Chicago"
Daniel Kaluuya - "Judas e o messias negro"
Leslie Odom Jr. - "Uma noite em Miami"
Paul Raci - "O som do silêncio"
Lakeith Stanfield - "Judas e o messias negro" 
 

Melhor figurino

"Emma"
"A voz suprema do blues"
"Mank"
"Mulan"
"Pinóquio"
 

Melhor maquiagem e cabelo

"Emma"
"Era uma vez um sonho"
"A voz suprema do blues"
"Mank"
"Pinóquio" 
 

Melhor trilha sonora

"Destacamento Blood"
"Mank"
"Minari - Em busca da felicidade"
"Relatos do mundo"
"Soul"
 

Melhor canção original

Speak now – "Uma noite em Miami" (Leslie Odom e Sam Ashworth)
Io Si – "Rosa e Momo" (Diane Warren, Laura Pausini, Niccolò Agliardi)
Fight for you – "Judas e o messias negro" (H.E.R., Dernst Emile II, Tiara Thomas)
Hear my voice – "Os 7 de Chicago" (Daniel Pemberton, Celeste)
Husavik – "Festival Eurovision da Canção A saga de Sigrit e Lars" (Savan Kotecha, Fat Max Gsus e Rickard Göransson) 
 

Melhor roteiro adaptado

"Borat: Fita de cinema seguinte"
"Meu pai"
"Nomadland"
"Uma noite em Miami"
"O tigre branco"
 

Melhor roteiro original

"Judas e o messias negro"
"Minari - Em busca da felicidade"
"Bela vingança"
"O som do silêncio"
"Os 7 de Chicago"
 

Melhor curta de animação

"Burrow"
"Genius Loci"
"If Anything happens I Love You"
"Opera"
"Yes People"
 

Melhor animação

"Soul"
"Wolfwalkers"
"Dois irmãos: Uma jornada fantástica"
''Shawn, o carneiro – O filme – A fazenda contra-ataca"
"A caminho da Lua" 
 

Melhor curta-metragem em live action

“Feeling through”
“The letter room”
“The present”
“Two distant strangers”
“White Eye”
 

Melhor documentário

"Collective"
"Crip Camp"
"Agente duplo"
"Professor Polvo"
"Time"
 

Melhor documentário de curta-metragem

"Collete"
"A Concerto Is a Conversation"
"Do Not Split"
"Hunger Ward"
"A Love Song for Natasha"
 

Melhor filme internacional

"Druk - mais uma rodada" (Dinamarca)
"Betther Days" (Hong Kong)
"Collective" (Romênia)
"O homem que vendeu sua pele" (Tunísia)
"Quo Vadis, Aida?" (Bósnia e Herzegovina)
 

Melhor som

"Greyhound: Na mira do inimigo"
"Mank"
"Relatos do mundo"
"Soul"
"O som do silêncio"
  

Efeitos visuais

"Tenet" (Andrew Jackson, Andrew Lockley, Scott R. Fisher, Mike Chambers)
"O céu da meia-noite" (Matt Kasmir, Chris Lawrence, Dave Watkins, Max Solomon)
"O grande Ivan" (Nick Davis, Greg Fisher, Ben Jones, Santiago Colomo Martinez)
"Mulan" (Sean Faden, Anders Langlands, Seth Maury, Steve Ingram) 
"Problemas monstruosos" 
 

Melhor fotografia

"Judas e o messias negro"
"Mank"
"Relatos do mundo"
"Nomadland"
"Os 7 de Chicago"

Melhor edição

"Meu pai"
"Nomadland"
"Bela vingança"
"O som do silêncio"
"Os 7 de Chicago" 
 

Melhor desenho de produção

"Mank" (Donald Graham Burt, Jan Pascale)
"Relatos do mundo" (David Crank, Elizabeth Keenan)
"Tenet" (Nathan Crowley, Kathy Lucas)
"A voz suprema do blues" (Mark Ricker, Karen O'Hara, Diana Stoughton)
"Meu pai" (Peter Francis, Cathy Featherstone)

(*)Estagiário sob supervisão do subeditor Rafael Alves


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade