Publicidade

Estado de Minas RELACIONAMENTOS

Série documental sobre paixão, ciúme e solidão estreia nesta quinta

'+Amor' é estrelada pelo psiquiatra e escritor Flávio Gikovate, falecido em 2016. Médico foi pioneiro no Brasil em publicações sobre amor e sexualidade


04/03/2021 04:00 - atualizado 04/03/2021 07:10

Morto em 2016, Gikovate, que estrela a série, atendeu mais de 9 mil pacientes ao longo de 47 anos(foto: TV CULTURA/DIVULGAÇÃO)
Morto em 2016, Gikovate, que estrela a série, atendeu mais de 9 mil pacientes ao longo de 47 anos (foto: TV CULTURA/DIVULGAÇÃO)
A série “+Amor”, que busca descobrir, ao longo de oito episódios, respostas para discussões como a atração entre opostos, a idealização do amor, o ciúme e os finais felizes estreia nesta quinta-feira (4/3), às 19h30, na TV Cultura. A produção, finalizada recentemente, é estrelada pelo já falecido médico psiquiatra Flávio Gikovate, que foi pioneiro no Brasil em publicações sobre amor e sexualidade.

Em seu primeiro episódio, a produção reflete sobre o que é o amor. Além de tentar entender o que leva uma pessoa a se apaixonar, que qualidades são buscadas em um parceiro romântico, quais são os critérios do encantamento, os perigos da atração física, a crise do casamento, entre outras questões.

As entrevistas são comandadas por Lauro Henriques Jr. e produção, direção e cinematografia dos irmãos Fernando e Paulo Schultz.

Falecido em 2016, Gikovate atendeu mais de 9 mil pacientes %uFEFFao longo de 47 anos. Ele publicou mais de 30 livros editados. Já Fernando e %uFEFFPaulo Schultz moraram nos EUA por 20 anos, onde se formaram em cinema e deram início à profissão. De volta ao Brasil, fundaram a produtora Catalisadora Audiovisual, especializada em contar histórias que tocam a mente e o coração, inspirando transformações individuais e coletivas.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade