Publicidade

Estado de Minas ENTRETENIMENTO

Star substitui Fox na segunda e promete plataforma Disney para adultos

Conteúdos não vão mudar no Star Channel, Star Life, Star Hits e Star Hits 2. Terceira parte da 10ª temporada de ''The walking dead'' estreia no dia 28/02


20/02/2021 04:00 - atualizado 19/02/2021 21:23

Lulu Santos é o garoto-propaganda dos canais Star, braço da Disney no Brasil(foto: Star/divulgação)
Lulu Santos é o garoto-propaganda dos canais Star, braço da Disney no Brasil (foto: Star/divulgação)

“O meu destino é ser star.” Lulu Santos cantando a nova versão de “De repente, Califórnia” é parte da campanha de mudança dos canais de entretenimento da Fox, que a partir de segunda-feira (22/2) passam a se chamar Star tanto no Brasil quanto na América Latina. Para o consumidor, a mudança de nome e de identidade visual não modificam nada, pois a programação permanece igual.

Fox Channel será Star Channel; Fox Life se chamará Star Life; Fox Premium 1 e Premium 2 serão, respectivamente, Star Hits e Star Hits 2. FX continuará com o mesmo nome.

“O mais importante é que todo o conteúdo Fox, como ‘Os Simpsons’ e ‘The walking dead’, por exemplo, será mantido”, afirma Cristiano Lima, head dos canais de entretenimento da Disney no Brasil.

Processo começou com a venda da 21st Century Fox

A mudança faz parte do processo iniciado em março de 2019, quando a The Walt Disney Company finalizou, após longa negociação, a compra da 21st Century Fox, divisão de entretenimento da Fox. Desde então, ocorre a reestruturação em nível mundial.

A mudança de nomes dos canais é só uma parte da operação. Este ano, a empresa lança nova plataforma de streaming, o Star+ (Star Plus). Criada para o mercado latino-americano, vai oferecer conteúdo diferente (voltado para o público adulto) do Disney , que chegou ao Brasil em novembro de 2020. O consumidor poderá assinar as duas plataformas ou apenas uma delas.

Nem data nem mais detalhes do Star foram anunciados. “É natural que o grupo Disney tenha, no Brasil, foco no novo cenário de consumo e queira garantir que os canais sejam um complemento”, afirma Lima. “Quando se juntam duas megacompanhias (Disney e Fox), com conteúdo suficiente para abastecer duas plataformas, o cliente é quem vai decidir como vai consumir isso. A gente quer garantir (neste momento) que as pessoas não sintam a mudança, pois o que vai ocorrer no futuro próximo é que vamos adicionar um novo serviço”, explica.

Neste momento, os canais pagos continuam exibindo os respectivos filmes e séries. Lançamentos de novas temporadas permanecem em aberto diante da instabilidade do cenário pandêmico. “Posso garantir que todos os conteúdos vão estrear. No Brasil, a produção original foi impactada por causa dos protocolos, ela atrasou. Então, hoje, não tenho segurança sobre datas”, alegou o head dos canais Disney.

O principal lançamento deste mês é a terceira parte da décima temporada de “The walking dead”, que estreia no domingo (28/2), às 23h30, no Star Channel e Star Hits 2. Serão seis novos episódios, um por semana.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade