Publicidade

Estado de Minas DOCUMENTÁRIO

'Cores e flores para Tita' aborda a transexualidade no Brasil

Filme relembra a história de Renato 'Tita', que se matou aos 15 anos, e mostra a luta em defesa da liberdade de gênero no século 21


14/01/2021 04:00 - atualizado 13/01/2021 20:19

(foto: canal brasil/divulgação)
(foto: canal brasil/divulgação)

Nesta quinta-feira (14/1), o Canal Brasil exibe, às 19h, o documentário inédito Cores e flores para Tita, dirigido por Susan Kalik. O filme acompanha a ativista Adeloyá Ojú Bará na montagem de uma exposição dedicada ao seu tio, Renato “Tita”, homem trans morto em 1973. Ele se matou aos 15 anos, depois de enfrentar o preconceito por ser transexual. Kalil traça paralelos entre a vida do garoto e a luta contra a transfobia que mobiliza vários setores da sociedade brasileira neste século 21. Em 2017, o filme ganhou o prêmio de melhor roteiro na Mostra Sesc de Cinema da Bahia.

• • •

Vulnerabilidade social, machismo e violência cometida contra mulheres e a comunidade LGBTQI são temas do documentário, que traz depoimentos de trans e travestis retratados por Adeloyá na mostra de fotografia em homenagem a Tita, aberta em 2016. Entre os entrevistados está Kelia Simpson, presidente na Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra). O filme será reapresentado em
26 de janeiro, às 11h30.

(foto: Marcia Charnizon/divulgação)
(foto: Marcia Charnizon/divulgação)

WEBSÉRIE
REGINA SOUZA

A 17ª cena do projeto #Quarentemas, atração desta quinta (14/1), às 20h, no Instagram (@teatroemmovimento), é estrelada pela atriz e cantora Regina Souza. Em Ansiedade, ela faz o papel de uma mulher às voltas com o isolamento social. Determinada a organizar sua casa, a personagem inicia várias tarefas domésticas, mas não consegue concluí-las. Resultado: tudo vira um caos. Regina criou o episódio a partir de dois motes: a palavra ansiedade e de um verso da música Clube da Esquina 2 (“e lá se vai mais um dia”). Ansiedade será exibida também em youtube.com/teatroemmovimento.

(foto: lumière/divulgação)
(foto: lumière/divulgação)

CINEMA
DENEUVE E PIRATAS

Filmes de Luis Buñuel, Catherine Corsi e Otto Guerra serão exibidos a partir desta quinta-feira (14/1), na série Cinema #EmCasaComSesc, realizada pelo Sesc São Paulo. Catherine Deneuve estrela A bela da tarde, longa de Buñuel sobre as fantasias sexuais de Severine. Dona de casa bem de vida, ela se aventura em um bordel em Paris. Catherine Corsini dirigiu Um belo verão, sobre o envolvimento de Delphine, garota do interior que se muda para a capital francesa com Carole, militante feminista casada e independente. A produção nacional A cidade dos piratas, do diretor gaúcho Otto Guerra, é outra atração do projeto. A animação se baseia nos quadrinhos da Laerte. Os filmes estão disponíveis na plataforma de streaming do Sesc Digital.

MARATONA
DIA DO COMPOSITOR

Sexta-feira (15/1) é Dia do Compositor. O canal Bis promete programação especial com quatro episódios da série The great songwriters. Amanhã, às 15h30, o americano Bill Withers abre a festa. Vencedor do Grammy, ele compôs os clássicos Ain't no sunshine e Use me. Às 16h10, será a vez de Norah Jones, autora dos hits Don’t know why e Come away with me. Muito jovem, a compositora, hoje com 41 anos, vendeu mais de 50 milhões de álbuns em todo o mundo. Barry Gibb, cofundador da banda Bee Gees, assume o microfone às 16h50 e fala sobre o processo de criação de Stayin’Alive, entre outros sucessos. No último episódio, às 17h25, a americana Carly Simon revela bastidores de sua carreira e de onde veio a inspiração para You're so vain e Anticipation, clássicos da música romântica.

(foto: Rodger Bosch/AFP %u2013 18/7/17)
(foto: Rodger Bosch/AFP %u2013 18/7/17)

FRONTEIRAS DO PENSAMENTO
GRAÇA MACHEL

A moçambicana Graça Machel é tema da série Fronteiras do pensamento, que o Curta manda para o ar nesta quinta-feira (14/1), às 20h30. Viúva de Nelson Mandela, a ativista africana, de 75 anos, dedicou sua vida à luta pela educação das crianças e das mulheres e em prol dos direitos humanos. Ex-ministra da Educação de seu país, ela liderou estudos a respeito do impacto de conflitos armados sobre a infância, a convite da Organização das Nações Unidas (ONU), que resultaram no famoso Relatório Machel. André Brandão e Ricardo Carioba assinam a direção do programa, que será reprisado à 0h30 e às 14h30 de amanhã.

COMÉDIA E DRAMA
NO TELECINE

As patricinhas de Beverly Hills será a atração do Telecine Touch nesta quinta (14/1), às 22h. Estrelada por Alicia Silverstone, Paul Rudd, Brittany Murphy, Stacey Dash, Breckin Meyer e Donald Faison, a comédia conta a história da rica e fútil Cher, adolescente desafiada por Josh, enteado de seu pai, a realizar boas ações. Amanhã (15/1), às 22h, o Telecine Premium vai exibir O marido perdido, drama estrelado por Leslie Bibb, Josh Duhamel e Kevin Alejandro. Leslie faz o papel da viúva Libby, que troca a metrópole por uma fazenda no interior do Texas, onde descobre novo sentido para a vida.

NA SEXTA
MULHERES EM DESTAQUE

O canal Lifetime Movies programou para sexta (15/1), às 22h40, o thriller canadense Infidelidade perigosa, estrelado por Sarah Butler. Ela faz o papel de uma mãe de família entendiada em busca de novas emoções. Ao reformar a casa, Laura conhece um belo empreiteiro e realiza suas fantasias, mas corre o risco de pôr fim ao casamento. Também amanhã, às 23h15, o AE Movies exibirá Bandidas, comédia protagonizada por Penélope Cruz e Salma Hayek. No século 19, as duas desafiam a machista sociedade mexicana ao enfrentar um banqueiro americano que está tomando terras de camponeses para construir ferrovias. A direção é de Joachim Ronning e Espen Sandberg.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade