Publicidade

Estado de Minas MÚSICA

Com fé no futuro, festivais fazem planos para edição no segundo semestre

Os mineiros Breve e Sarará pretendem abrir as portas do Mineirão ao público em agosto. Rock in Rio tem sete dias de shows agendados, em setembro e outubro


13/01/2021 04:00 - atualizado 13/01/2021 08:22

Edição 2019 do Sarará foi a última com presença do público. No ano passado, evento migrou para a internet.
Edição 2019 do Sarará foi a última com presença do público. No ano passado, evento migrou para a internet. "Entramos neste novo ano com o coração mais tranquilo e esperançoso", diz produtora (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A.Press)
Considerando que, ao longo de 2020, a pandemia da COVID-19 impossibilitou a realização de shows presenciais, em condições aglomerativas e seguras, as expectativas para voltar a estar numa numerosa plateia diante de um palco cheio de músicos foram transferidas para este 2021. 

A perspectiva do início do processo de vacinação no país, aliada ao fato de que há  festivais de música agendados para o segundo semestre e com a venda de ingressos em curso, mantém fãs e artistas confiantes na possibilidade do reencontro.

O já tradicional Sarará, realizado desde 2014 em Belo Horizonte, estava programado para o mês de agosto do ano passado. Com a crise sanitária ainda fora de controle, a organização decidiu suspender a realização no formato presencial e promover uma versão digital do evento, da qual participaram Rosa Neon, Karol Conka, Lagum, Djonga, Black Alien e Sidoka. Ainda sem divulgar a lista de artistas participantes, o Sarará prevê que em 28 de agosto próximo receberá o público no Mineirão.

“Entramos neste novo ano com o coração mais tranquilo e esperançoso em relação ao festival, principalmente diante da possibilidade de uma vacina”, afirma a produtora Bell Magalhães, uma das criadoras do evento. ''Vamos começar a divulgação do Sarará em fevereiro e os primeiros nomes do line-up serão anunciados em março.''
Impedido de ocorrer em maio do ano passado, o Breve Festival manteve neste ano as atrações nacionais e locais que se apresentariam, como a banda mineira Lamparina e a Primavera(foto: Belle de Mello/Divulgação)
Impedido de ocorrer em maio do ano passado, o Breve Festival manteve neste ano as atrações nacionais e locais que se apresentariam, como a banda mineira Lamparina e a Primavera (foto: Belle de Mello/Divulgação)


POSSIBILIDADES 

Para ela, o primeiro semestre será determinante para o formato do Sarará 2021. ''Estamos partindo do pressuposto de que a quantidade de pessoas vacinadas até agosto será grande o suficiente para a realização de eventos como o nosso. Mas também consideramos outras possibilidades, como a realização de um festival híbrido, ou voltado para um público menor'', explica a produtora.

Atualmente, o evento é planejado para reunir um público de 40 mil pessoas. A estratégia de gestão do festival considera um cenário sem coronavírus, da mesma maneira que ele era feito nas edições anteriores. A pandemia, segundo os organizadores, aumentou sua capacidade de adaptação, como a possibilidade de transformar a edição presencial em digital.

“Para nós, o legado de um ano como 2020 foi a reinvenção. Aprendemos a trabalhar com os patrocinadores no formato virtual e concluímos que não dá para ficar somente no presencial. Daqui em diante, acredito que grande parte dos eventos serão híbridos, para atender à demanda de um público que quer participar, mas prefere a experiência remota”, avalia.

Quanto aos artistas, Bell Magalhães explica que os contratos já possuem uma cláusula que resguarda tanto os contratados como os contratantes. ''São os chamados casos fortuitos. Se eu assino com um artista para o evento numa data que, por algum motivo, não pode ocorrer, ele fica com o cachê e se coloca à disposição para a gente encontrar uma nova data. É bastante comum ter essa segurança.''
Lana Del Rey é uma das artistas aguardadas na edição deste ano do Rock in Rio (foto: JOSE JORDAN/AFP)
Lana Del Rey é uma das artistas aguardadas na edição deste ano do Rock in Rio (foto: JOSE JORDAN/AFP)


DIVULGAÇÃO

Com ingressos de R$ 50 a R$ 220, a edição 2021 do Sarará ainda não foi amplamente divulgada porque a organização avalia que não é o momento certo para isso.

''Ao longo de todo 2020, nós tivemos que lidar com uma série de notícias tristes no Brasil e no mundo. Criar expectativa em torno de um evento que, na época, iria acontecer somente no próximo ano, não seria benéfico. Então, resolvemos aguardar. Hoje, estamos mais otimistas e com esperança de que o amanhã será melhor. E quando tudo isso passar, as pessoas terão muita vontade de sair, se aglomerar, assistir a shows e curtir. É aí que o Sarará entra'', afirma.

Também programado para ocorrer no Mineirão, o Breve Festival estava marcado para 16 de maio de 2020, quando foi transferido para 31 de outubro. Diante da continuidade da pandemia, a organização do evento decidiu reagendá-lo mais uma vez, empurrando o festival para este ano, em 7 de agosto próximo.

“Estamos vivendo um desafio enquanto sociedade, e a prioridade neste momento é superar o grande problema de saúde que o mundo está vivendo. Nossa principal preocupação é com os fãs do festival, que estão na expectativa para viver esta grande celebração da música juntos'', anunciou, em nota, a Box, empresa responsável pelo evento.

O line-up original do Breve manteve a maioria dos nomes anunciados ori- ginalmente. Entre as atrações principais estão: O Grande Encontro, Ney Matogrosso, Orishas, Racionais MCs e Pitty. Também se apresentarão Djonga, Céu, Tropkillaz, Heavy Baile, ÀTTØØXXÁ, Luiza Lian e Josyara, além dos mineiros Lamparina e A Primavera, A Outra Banda da Lua e Clara x Sofia.

Hot & Oreia, que anunciaram o fim do duo após denúncia de relacionamento abusivo feita pela ex-namorada de Hot, estavam confirmados, mas não irão se apresentar. Além disso, o festival promete anunciar mais quatro nomes até o dia do evento.

Os ingressos, que variam de R$ 70 a R$ 240, seguem à venda. As entradas adquiridas no ano passado irão valer para a edição 2021.

No panorama nacional, dois grandes eventos prometem superar as expectativas dos fãs de música no segundo semestre. Um deles, o Rock in Rio, está previsto para ocorrer ao longo de sete dias: 24, 25, 26 e 30 de setembro e 1º, 2 e 3 de outubro, na Cidade do Rock, no Rio de Janeiro.

METAL

Os ingressos começam a ser vendidos em março, mas a primeira leva de atrações já foi divulgada. Iron Maiden, Dream Theater, Megadeth e Sepultura – numa apresentação com a Orquestra Sinfônica Brasileira – sobem ao famoso Palco Mundo em 24 de setembro (dia dedicado ao metal).

No mesmo dia, será promovido o encontro inédito entre a banda Living Colour e o guitarrista Steve Vai. Este, por sua vez, no Sunset, palco secundário do evento.

Diferentemente da grande maioria dos festivais brasileiros, o Rock in Rio não foi afetado pela pandemia, por ser um evento bianual. A mais recente edição ocorreu em 2019 e a próxima já estava, portanto, prevista para 2021.

Já o Lollapalooza Brasil não teve a mesma sorte. Muito pelo contrário. O festival estava marcado originalmente para 3, 4 e 5 de abril, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Depois de sucessivos adiamentos, o evento passou para dezembro. Por fim, foi anunciado que o festival não seria mais realizado em 2020, mas sim em 10, 11 e 12 de setembro de 2021.

Em comunicado, a organização informou que o line-up será reformulado e que os ingressos para o evento do ano passado continuam válidos para a próxima edição.

Mais de 70 atrações estavam confirmadas para a nona edição do Lollapalooza Brasil, entre elas Guns N' Roses, The Strokes, Travis Scott, Lana Del Rey e James Blake.

As edições do Chile e da Argentina também foram desmarcadas em 2020 e reagendadas para este ano. No entanto, as edições chilena e argentina irão ocorrer mais de dois meses depois da brasileira, em 26, 27 e 28 de novembro de 2021. Geralmente, as edições da América Latina possuem uma programação bastante semelhante e ocorrem em datas próximas, para que os artistas façam uma só viagem ao continente.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade