Publicidade

Estado de Minas MÚSICA

Festival No Ar Coquetel Molotov começa em formato on-line e gratuito

Evento une música, arte, mundo 3D e contará com workshops, oficinas e show de Lia de Itamaracá, além de outros artistas da cena independente nacional


11/01/2021 04:00 - atualizado 11/01/2021 08:04

A cirandeira, cantora e compositora Lia de Itamaracá vai se apresentar no evento, que reúne mais de 20 artistas nacionais e internacionais(foto: FOTOS: Bieco Garcia/DIVULGAÇÃO)
A cirandeira, cantora e compositora Lia de Itamaracá vai se apresentar no evento, que reúne mais de 20 artistas nacionais e internacionais (foto: FOTOS: Bieco Garcia/DIVULGAÇÃO)

"Nosso objetivo também é refletir e ter uma programação que prenda o público, uma vez que o isolamento ainda é uma questão urgente no mundo"

Ana Garcia, diretora do No Ar Coquetel Molotov


No final de 2020, o No Ar Coquetel Molotov, de Recife, surpreendeu ao confirmar sua 17ª edição, que começa nesta segunda-feira (11/1) e vai até o próximo dia 23. Afinal, eventos aglomerativos e seguros ainda pertencem a um futuro relativamente distante, da mesma forma que as lives ficaram no passado recente. Por isso, o festival pernambucano resolveu promover uma programação on-line.

Segundo a organização, será um formato virtual que destaca o encontro entre música, arte, mundo 3D, workshops, mentorias, oficinas e uma série com shows inéditos de mais de 20 artistas nacionais e internacionais. A transmissão é gratuita e se dividirá pelo Zoom e pelo YouTube.

''São quase duas semanas com palestras, talks e oficinas. E o ápice de tudo é uma série com dois episódios que reúne encontros e apresentações de uma forma nova'', detalha Ana Garcia, diretora do evento.

Essa série, batizada CQTL MLTV, foi gravada em São Paulo, na casa de shows Fauhaus, e em Gravatá, no agreste de Pernambuco, no Criatório, espaço voltado para residências artísticas.

''Não é somente mais uma live. Nossa intenção é criar um conteúdo mais perene e imersivo. O cenário em que os artistas gravaram contribui para isso porque é bucólico, tem os sons e a iluminação da natureza. E isso também vale para quem gravou em São Paulo. Com o uso do chromakey, a gente conseguiu trazê-los para esse lugar sem que eles precisassem viajar'', conta.

A lista de artistas que compõem o evento reúne nomes da cena independente nacional, como os paulistanos Jup do Bairro e Derek, a banda goiana Boogarins – no encontro inédito com Ava Rocha –, a pernambucana Alessandra Leão e o projeto Test, da carioca Aretha Sadick. Lia de Itamaracá, o pianista Amaro Freitas e o trio Tuyo também integram a programação. Artistas locais, como Luiz Lins, Martins, PE SQUAD, Bella Kahun, Bell Puã, o coletivo Avoada, Thelmo Cristovam, Hrönir e o projeto Miãm também estarão no evento.

No início da pandemia, a organização do No Ar Coquetel Molotov criou um conselho formado por profissionais do mercado da música – ''seis mulheres e dois homens'', destaca Ana Garcia – para discutir as alternativas para o universo dos shows ao vivo.

''Esse grupo de pessoas acompanhou muito atentamente as inovações que surgiram durante a quarentena. Rapidamente, a gente percebeu que simplesmente transmitir uma apresentação não era tão interessante para nós. O Coquetel tem um propósito com os artistas que trabalham com a gente, com outros profissionais da área. Nosso objetivo também é refletir e ter uma programação que prenda o público, uma vez que o isolamento ainda é uma questão urgente no mundo'', afirma.
Ao lado de colegas, o pianista Amaro Freitas vai além da música, e também participa de debates de temas atuais, como %u201CArtista ou influencer?'(foto: )
Ao lado de colegas, o pianista Amaro Freitas vai além da música, e também participa de debates de temas atuais, como %u201CArtista ou influencer?' (foto: )

IMERSÃO 


Nesta segunda-feira (11/1), a partir das 19h, MC Tha ministra a oficina Abrindo os caminhos, com o objetivo de emular ''saúde, proteção, diversão, música e sorte'' para 2021. Na terça (12/1), às 17h, acontece um encontro com Perera Elsewhere. A produtora, compositora e DJ britânica radicada em Berlim comandará, via Zoom, oficina sobre criação, gravação e processamento de sons. O encontro volta a acontecer na quarta (13/1),  na quinta (14/1), e na sexta (15/1) o resultado será apresentado no mundo 3D do festival. Perera Elsewhere também participa de bate-papo com a cantora Papisa, no dia 19, via YouTube.

Na quarta (13/1), às 20h, o público terá a oportunidade de conversar com a cantora, compositora e rapper Bixarte sobre o tema ''Corpos e identidade na música''.

programação também busca discutir temas atuais como o paradigma ''Artista ou influencer?''. Neste encontro, na quinta-feira (14/1), Benke Ferraz, da Boogarins, conversa com Amaro Freitas, Tuyo e Aretha Sadick.

Na sexta (15/1), ocorre o workshop ''Experiências imersivas em mundo 3D',' com Iracema Trevisan, Rosabege – responsável pelo mundo 3D do festival –, Branca Shultz, Rodrigo de Carvalho e Gabriel Massan. No mesmo dia, ocorre a oficina ''Do imersivo ao digital'', com Ale Paes Leme, Anna Costa e Silva e Magiluth.

''Tivemos um grande suporte do nosso conselho discutindo pautas e formatos para a programação. Foi muito interessante o consenso dos tópicos a serem mais desenvolvidos. Queremos aprofundar esses assuntos e trazer visões diferentes que estimulem os participantes'', reforça Ana.

PRESENCIAL 

Para ela, 2021 tem tudo para ser um ano promissor. A despeito da 17ª edição completamente virtual, o No Ar Coquetel Molotov anunciará, nos próximos meses, a versão presencial, prevista para 20 de novembro, em Recife.

''Agora que estamos preparados para o que der e vier, precisamos ter esperança. Precisamos acreditar que esses festivais anunciados vão acontecer. Depois de tudo o que vivemos no ano passado, a gente aguenta qualquer baque, e estamos considerando todos os cenários possíveis, até de uma 'volta' da pandemia. Mas o norte precisa ser a esperança, senão a gente nem se levanta da cama'', pontua.

PROGRAMAÇÃO 

Inscrições e programação gratuita completa em www.coquetelmolotov.com.br/17edicao

SEGUNDA (11/1)

> 19h –  Oficina ''Abrindo os caminhos'' com MC Tha

TERÇA (12/1)

> 15h – Oficina com Perera Elsewhere
> 19h –  Uninassau apresenta: Heloisa Pimentel – mundo geek no ensino superior

QUARTA (13/1)

> 15h – Oficina com Perera Elsewhere
> 20h – Call Center com Bixarte

QUINTA (14/1)

> 15h – Oficina com Perera Elsewhere
> 19h – “'Artista ou influencer? O cansaço de acumular as funções, o limite das bolhas e monetizando nas redes'', com Amaro Freitas, Aretha Sadick, Mahal Pita, Tuyo e Martins. Mediação de Benke Ferraz (Boogarins)
> 20h15 – Momento TNT com Reverse

SEXTA (15/1)

> 19h – ''Experiências imersivas em mundo 3D'', com Iracema Trevisan, Rosabege, Branca Shultz, Rodrigo de Carvalho, Gabriel Massan. Mediação de Amnah Asad
> 21h – Show de Perera Elsewhere

SEGUNDA (18/1)

> 16h – Pitching
> 19h –''Fazendo música acessível'', com Tiê, Amanda Mittz e Luiza Caspary. Mediação de Mariama da Mata

 TERÇA (19/1)

> 16h – Pitching
> 16h – Oficina de GIFs: Animated Text, com Biarritzzz
> Talk com Perera Elsewhere e Papisa

QUARTA (20/1)

> Call Center com Johnny Hooker

QUINTA (21/1)

> 19h – ''Artista ou influencer? O cansaço de acumular as funções, o limite das bolhas e monetizando nas redes'', com Luiz Lins, Brvnks e Romero Ferro. Mediação de Benke Ferraz (Boogarins)
> 20h30 – Oficina Como usar um dildo?, com Senta

SEXTA (22/1)

> 19h – Experiências do imersivo ao digital, com Ale Paes Leme, Anna Costa e Silva e Magiluth. Mediação de Amnah Asad
> 21h – Exibição da série CQTL MLTV

SÁBADO (23/1)

> 21h – Exibição da série CQTL MLTV


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade