Publicidade

Estado de Minas CINEMA

Filme conta a trajetória de sambistas de Juiz de Fora

Documentário 'Vai manter a tradição', que estreia em 1º de agosto, será exibido na plataforma do Polo Audiovisual da Zona da Mata


30/07/2020 04:00 - atualizado 29/07/2020 21:21

(foto: LIMONADA/DIVULGAÇÃO)
(foto: LIMONADA/DIVULGAÇÃO)
Será lançado no sábado (1º), na plataforma do Polo Audiovisual da Zona da Mata, o documentário Vai manter a tradição – O samba em Juiz de Fora, de Carlos Fernando Cunha. Por meio do depoimento de 30 personagens, o realizador reconstrói a trajetória do samba naquela cidade. Além da memória, o filme apresenta novos nomes da cena.

Cunha recupera a trajetória de personagens como Mamão, compositor que se projetou com Tristeza pé no chão, gravada por Clara Nunes, e destaca a presença feminina no universo do samba, como a veterana Nely Gonçalves (foto) e a cantora e a compositora Alessandra Crispin, ex-participante do reality The Voice Brasil.

VAI MANTER A TRADIÇÃO
Lançamento no sábado (1º/8), às 14h, em www.poloaudiovisual.org.br. O filme ficará disponível gratuitamente por 30 dias na plataforma. Às 19h, haverá live com o diretor no YouTube (canal Polo Audiovisual).



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade