Publicidade

Estado de Minas

Restaurantes de BH apostam em delivery, menu variado e até pocket show

Casas da capital mudam o atendimento na quarentena. Ricardo Koctus entrega pizza e 'lives' musicais. Restaurante do Ano vende congelados. Bitaca Capetinga faz propaganda com carro de som


postado em 26/03/2020 04:00

Baixista do Pato Fu, Ricardo Koctus entrega pizza e promove %u201Clives%u201D com músicos de BH(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Baixista do Pato Fu, Ricardo Koctus entrega pizza e promove %u201Clives%u201D com músicos de BH (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)

Nestes dias de quarentena, restaurantes de BH apostam nos serviços de delivery – com uma dose de criatividade – para não perder a clientela.  Ricardo Koctus, baixista da banda Pato Fu, por exemplo, está inovando. Além de mandar entregar os produtos da Koctus Pizza, que fica em Lourdes, oferece música ao vivo para o freguês.

“Temos um cardápio básico de pizzas e cervejas, que a pessoa pode pedir apenas por meio dos aplicativos”, conta ele. Ricardo está promovendo “lives”, pocket shows ao vivo com músicos de BH. Por enquanto, participam do projeto Kaverna, ex-vocalista da banda Veludo Cotelê, Neto Meireles e Rafa Mandanelo.

A Koctus Pizza paga a eles pequeno cachê para fazer a “live” com o próprio Ricardo, batendo papo e tocando música. “Passamos um chapéu virtual para que as pessoas depositem, caso queiram, pois não são obrigadas, a quantia que decidirem na conta do artista”, explica o baixista e pizzaiolo.

O cardápio da casa vai trabalhar com um “pacote” nesta quinta-feira (26): a pizza Marinara, com molho de tomate, alho fresco, orégano e manjericão, e 1 litro de chope pilsen custam R$ 50. “Cada dia será uma pizza diferente, mas o preço do combo é o mesmo. O nosso horário de atendimento vai das 18h às 23h”, informa Koctus.

Funcionando há 11 anos no Bairro Santa Efigênia, a Cantina Sorriso recebe pedidos das 11h às 14h30. “Temos 19 opções de PF. O prato do dia custa de R$ 12,90 a R$ 16,90, mais a taxa de entrega, que varia de R$ 5 a R$ 15, de acordo com a região”, informa o proprietário, Anderson “Sorriso” Fernandes. Nesta quinta-feira (25), o PF terá arroz, feijão, frango assado (sem osso) e salpicão. “A marmita grande dá para uma pessoa e uma criança”, diz Anderson.

ALTO-FALANTE 

Bar muito frequentado do Bairro Anchieta, a Bitaca Capetinga tem recorrido a um velho método de propaganda, que se mostra bem moderno nestes tempos de isolamento social: o carro de som. Munido de alto-falante, o automóvel roda a região anunciando que a casa oferece delivery de segunda-feira a sábado, das 11h às 22h, e aos domingos, das 11h às 17h.

“Mesmo antes dessa confusão toda, já operávamos com serviço de entrega através dos aplicativos iFood, Uber Eats e  99 Food. Então, só demos sequência ao trabalho. Também ofereço delivery grátis, somente para a região, com o mesmo preço de cardápio”, informa Valéria Profeta, proprietária da casa.

O pedido que está saindo mais por lá é o mexidão, que custa R$ 18. “Solicitado pelos aplicativos, o prato, que é individual, custa R$ 20. Nosso cardápio continua o mesmo. Por enquanto, não vamos mexer nele”, diz Valéria.

Eduardo Misk, proprietário do Quick Natural, procura se adaptar às novas normas nestes tempos de pandemia. “Tive de tomar outras providências, além de aderir ao delivery. Dei férias a alguns funcionários e estamos oferecendo os mesmos pratos do cardápio, só que congelados”, informa. A casa, explica, é voltada para alimentação saudável, com várias opções para quem não come carne.

O Quick montou sistema de entrega programada, recebendo pedidos das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. A entrega ocorre no mesmo dia ou no dia seguinte, de acordo com o horário da solicitação. O cliente também pode fazer a encomenda por WhatsApp ou e-mail.

“Nosso propósito é facilitar o dia a dia daqueles que não abrem mão de se alimentar bem. Os pratos que estão saindo mais são escondidinho, grelhados e lasanhas – opções de que o nosso público realmente gosta, sem glúten ou lactose. Como tivemos de nos adaptar, estamos trabalhando apenas com congelados, devido à nossa estrutura, pois tivemos de liberar quase toda a equipe. Por isso optamos pela entrega programada”, explica.

De acordo com Misk, o cardápio do Quick Natural tem cerca de 70 itens. “Preparamos também sanduíches e salgados, além de açaí e sucos.” O prato mais requisitado é o escondidinho de frango com batata-doce (R$ 19,90, mais taxa de entrega, que varia de acordo com a região). Também faz sucesso o grelhado de frango com quinoa, brócolis, molho e batata-doce (R$ 27,50). “É só esquentar no micro-ondas ou no forno elétrico e já está pronto”, garante Misk.

De PF e bobó a frango ao molho pardo

O Restaurante do Ano, na Savassi, conta com a freguesia formada ao longo de 12 anos para reforçar o sistema de delivery. “Não tivemos outro jeito, como tantas outras casas. E, graças a Deus, estamos indo muito bem”, diz a proprietária, Juliana Myrrha. As entregas diárias ocorrem apenas no horário de almoço.

Os pratos mais pedidos são os clássicos da casa: bobó de camarão e PF. Há porções extras de arroz e feijão. Juliana cita entre as pedidas o estrogonofe de filé, a tilápia com legumes ou purê e a feijoada. “A única opção que não varia é o prato feito, com fraldinha, arroz, feijão, batata e ovo”, diz ela.

A casa passou a produzir pratos congelados – feijoada, estrogonofe, bobó, lasanha à bolonhesa – em porções individuais de 200g. A taxa de entrega varia de R$ 6 a R$ 8. Os mais pedidos são o PF (R$ 25) e a tilápia (R$ 30).

Especializado em comida mineira, o Maria das Tranças decidiu fechar a unidade Savassi, por enquanto, mas mantém o restaurante no Bairro São Francisco, onde atende por delivery.

“Não tivemos outro recurso, mas continuamos trabalhando no mesmo horário de antes. Os pedidos podem ser feitos de segunda a sábado, das 11h às 21h, e aos domingos , das 11h às 18h”, diz Ricardo Rodrigues, proprietário da casa e presidente da seção mineira da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

O carro-chefe é o frango ao molho pardo, com acompanhamentos à escolha do cliente. O frango inteiro custa R$ 61. O Maria das Tranças atende a toda BH, com taxas de entrega variando de R$ 6 a R$ 25.

Ricardo Rodrigues diz que o delivery tem obtido bons resultados. E até pensa em reforçar o sistema depois que a quarentena acabar. “É evidente que a gente perde um bom percentual das vendas quando se trabalha apenas com esse serviço, mas não temos outra escolha”, comenta.

De acordo com o presidente da Abrasel, outro tipo de serviço – implantado por sua avó em 1955 – dá muito certo: o cliente faz a encomenda por telefone, busca o prato no restaurante e o leva para casa. “Minha avó foi pioneira nisso”, revela.


É SÓ LIGAR

BITACA CAPETINGA
Delivery das 11h às 22h. Pedidos por iFood, Uber Eats e 99 Food. Para a região do Anchieta, as entregas, sem taxa, podem ser solicitadas pelo telefone (31) 97118-3911

CANTINA SORRISO
Delivery das 11h às 14h30. Pedidos pelos telefones (31) 99957-6905 e 2515-3559

KOCTUS PIZZA
Delivery das 18h às 23h. Pedidos por iFood, 99 Food e Uber Eats

MARIA DAS TRANÇAS SÃO FRANCISCO
Delivery de segunda a sábado, das 8h às 21h, e domingo, das 11h às 19h. Pedidos pelo telefone (31) 3441-3708

QUICK NATURAL
Delivery das 8h às 17h. Pedidos pelos telefones (31) 3654-2020 e 99809-8984 (WhatsApp). Por e-mail: contato@quicknatural.com.br

RESTAURANTE DO ANO
Delivery das 8h às 14h. Pedidos pelos telefones (31) 3327-6766 e 98475-3721 (WhatsApp). Por iFood


Publicidade