Publicidade

Estado de Minas

Bateria e pancadão do funk juntos na folia de BH

Tradicional Bartucada de Diamantina e bloco Funk You se apresentam nesta quinta (20), no Distrital


postado em 20/02/2020 04:00

(foto: Paulo Colen/divulgação )
(foto: Paulo Colen/divulgação )
Bartucada e Funk You
FOLIA NO DISTRITAL

A folia momesca começa nesta quinta-feira (20), a partir das 20h, no Distrital (Rua Opala s/nº, Cruzeiro), com a apresentação do bloco Funk You e da Bartucada (foto), considerada uma das maiores atrações do carnaval de Diamantina. O repertório do Funk You, que mistura instrumentos de escola de samba com o pancadão do funk, é composto por hits dos anos 1990 até os dias atuais, com artistas como Claudinho e Buchecha, Furacão 2000, Anitta, Ludmilla, Dennis DJ, Kevinho e Nego do Borel. Já a Bartucada, fundada há 48 anos, tem estilo musical peculiar e  todos os gêneros musicais são executados em ritmo de samba e bateria. Nos últimos 10 anos, o bloco vem se apresentando pelo Brasil, dividindo o palco com Claudia Leitte, Jammil, Banda Eva, Jota Quest, Barão Vermelho, Nando Reis, Biquini Cavadão, Monobloco, Cidade Negra, Ed Motta, Preta Gil e O Rappa. Ingressos a R$ 30 (primeiro lote) pelo www.sympla.com.br. Informações e programação completa: sympla.com/carnavaldodistrital.

(foto: Amanda Novy/divulgação)
(foto: Amanda Novy/divulgação)

VELOTROL E LOCOMOTIVE
ROCK NA FOLIA

O Jack Rock Bar (Avenida do Contorno, 5.623, Funcionários) abre nesta sexta-feira (21), a partir das 21h, o já tradicional CarnaJack. Serão cinco noites embaladas ao som do rock’n’roll. A programação começa com a Locomotive, que vai tocar hits dos últimos bad boys do rock, os Guns N’Roses, e segue com show da Velotrol (foto). O repertório vai de Beatles a Metallica, passando por Rolling Stones, Black Sabbath, The Doors, Deep Purple, Pink Floyd, R.E.M., Creedence e Led Zeppelin. Entrada a R$ 30. Desconto para quem colocar o nome na lista amiga do www.circuitodorock.com.br. Informações: (31) 3227-4510.

Mineirinho
VIRA E MEXE

A Feira de Artesanato do Mineirinho (Avenida Antônio Abrahão Caram, 1.000, Pampulha) será animada nesta quinta-feira (20), a partir das 19h, pela banda Vira e Mexe. Com 18 anos de estrada, o grupo apresentará ritmos dançantes, com destaque para o axé, além de músicas autorais que marcaram a carreira do grupo e clássicos do gênero. Entrada franca. Informações: (31) 3017-0573.

(foto: Fabiano Santos/divulgação)
(foto: Fabiano Santos/divulgação)

O QUE TIVER DE SER
Detonautas E Mozart MZ

Com participação do rapper Mozart MZ, que também assina a canção com Vitor WAO e Tico Santa Cruz, o Detonautas (foto) lança o single O que tiver de ser. Já disponível nas plataformas digitais, a nova música remete às nuances sonoras dos anos 1990 com influências de Charlie Brown Jr. e outras referências da época. A letra fala sobre aspirações de um casal em que se desenha um cenário de sol e sentimentos positivos, mas também sobre alguém que reconhece que precisou melhorar suas atitudes para estar ao lado da pessoa com quem pretende viver o melhor da vida.

BAILE DE MÁSCARAS
BLOCO DOS PESCADORES

O Baile de Máscaras abre o carnaval do Bar do Museu Clube da Esquina (Rua Paraisópolis, 738, Santa Teresa) nesta quinta (19), a partir das 19h. Mais cedo, às 16h, o estabelecimento ainda oferece workshop de produção de máscaras artísticas para o carnaval. A oficina é gratuita e livre para todas as idades. A festa mais tarde será comandada pelo Bloco dos Pescadores. Formado em 2012, o bloco foi um dos responsáveis em resgatar a tradição dos antigos sambistas que se reuniam no hoje centenário Bar do Orlando. No repertório, samba de roda. Entrada franca. Informações: (31) 2512-5050 ou pelo www.bardomuseuclubedaesquina.com.

Barbara Nonato
Prêmio LITERÁRIO

A escritora carioca Barbara Nonato é a vencedora da quarta edição do Prêmio Kindle de Literatura com o romance Dias vazios. A obra acompanha um grupo de nove pessoas, muito amigos na adolescência e quase estranhos na vida adulta. Quando um deles desperta do coma, eles se reencontram e questões e traumas antigos voltam a assombrá-los. Dias vazios concorreu com mais de 1.800 livros, publicados pela plataforma de autopublicação da Amazon, o KDP, e rendeu à autora o prêmio de R$ 30 mil, além de um contrato para a publicação da versão impressa da obra pela Nova Fronteira.


Publicidade