Publicidade

Estado de Minas

Orquestra Filarmônica vai ''invadir'' a Savassi no domingo de manhã

Com entrada franca, concerto começa às 11h. Repertório reúne peças de Beethoven, Mozart e John Williams, autor da trilha sonora do filme ET


postado em 07/09/2019 04:00

(foto: Alexandre Rezende/Divulgação)
(foto: Alexandre Rezende/Divulgação)


''Mais do que apresentar o repertório em si, temos a oportunidade de explicar sobre cada uma das obras e introduzir os instrumentos''

Marcos Arakaki, regente



Se aos domingos a Praça da Savassi fica fechada aos carros, amanhã (8) ela estará aberta para a música clássica. A simbólica região receberá, pela primeira vez, uma edição do concerto Clássicos na Praça, da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. A apresentação, gratuita e aberta ao público, terá um programa com obras famosas e destaque para a música nacional, contemplando mesmo quem é menos familiarizado com a música de concerto, com o objetivo de expandir sua divulgação.

“Vamos pegar um exemplar de cada um dos períodos da música, desde o Barroco, e contar, em uma linha do tempo, passando pelo Clássico, o Romântico, até chegar ao século 20 e à música brasileira, com Mestre Duda, Lorenzo Fernández, além de algumas surpresas reservadas para o bis, se o público quiser. É um programa eclético, mas que, basicamente, conta a história da música”, afirma o maestro Marcos Arakaki, regente associado da Filarmônica desde 2011.

Quem estiver presente poderá apreciar ainda A marcha do príncipe da Dinamarca (Trompete Voluntário), de Clarke, Egmont, op. 84: abertura, de Beethoven, Sinfonia nº 40 em sol menor, K. 550: Molto allegro, de Mozart, além da cinematográfica ET: Aventuras na Terra, tema composto por John Williams para o filme de Steven Spielberg lançado em 1982. De acordo com o maestro, além de apresentar músicas conhecidas e relevantes, há também um momento de aproximação didática com a plateia.

“Mais do que apresentar o repertório em si, temos a oportunidade de explicar sobre cada uma das obras e introduzir os instrumentos. Temos momentos de solos de alguns deles para o público ouvir melhor como é o som. Isso faz com que as pessoas se aproximem da orquestra e saiam com informações novas, independentemente da idade ou do grau de frequência a concertos. Todos ali podem aprender um pouco”, diz Arakaki, satisfeito pelo ineditismo na Praça da Savassi. “É uma ocasião ímpar, por ser um ponto tão tradicional de BH. Temos tocado em diversas localidades e praças do interior, com até 6 mil espectadores. Fica a expectativa até de superarmos esse patamar, o que seria muito marcante”, afirma.

Filarmônica de Minas Gerais apresenta Clássicos na Praça
Domingo (8), às 11h na Praça da Savassi (Praça Diogo de Vasconcelos, S/N, Funcionários). Entrada gratuita.

''É um programa eclético, mas que, basicamente, conta a história da música''

Marcos Arakaki, regente



CONFIRA O PROGRAMA

A marcha do príncipe da Dinamarca (Trompete Voluntário), de Clarke
Sinfonia nº 40 em sol menor, K. 550: Molto allegro, de Mozart
Egmont, op. 84: Abertura, de Beethoven
Poeta e camponês: Abertura, de Suppé
Contos dos bosques de Viena, op. 325, de J. Strauss Jr.
Batuque, de Fernandez
Suíte Nordestina, de Duda
ET: Aventuras na Terra, de J. Williams


Publicidade