Publicidade

Estado de Minas ENCONTRO DE GERAÇÕES

Sarau Libertário reúne artistas mineiros de várias gerações

Encontro deste domingo (25), no Museu Casa Kubitschek, contará com a atriz Teuda Bara, a escritora Preta Poeta e os músicos Marcelo Tofani e Thiago Corrêa


postado em 25/08/2019 06:00 / atualizado em 25/08/2019 08:08

Neste domingo, o músico Marcelo Tofani participa do Sarau Literário (foto: Sarah Leal/Divulgação)
Neste domingo, o músico Marcelo Tofani participa do Sarau Literário (foto: Sarah Leal/Divulgação)


Divulgar a arte da palavra e promover o encontro de várias gerações de criadores. Essa é a proposta do Sarau Libertário, que ganha a quinta edição do ano neste domingo (25), no Museu Casa Kubitschek, na Pampulha. Os convidados são Teuda Bara (atriz do Grupo Galpão), Marcelo Tofani (músico da banda Rosa Neon), Thiago Corrêa (músico do Bloco Triste) e a escritora Julia Elisa, a Preta Poeta.

“Sempre convidamos alguém do teatro e da dramaturgia, da música, algum compositor. Todos com a pegada de valorizar a palavra”, conta Octávio Cardozzo, que criou o projeto em parceria com a escritora Bruna Kalil Othero. Reunir artistas de várias idades é outro objetivo do evento, realizado desde 2016. Este ano, as edições mensais vêm sendo realizadas em equipamentos culturais da Pampulha.

Integrante da banda Rosa Neon, revelação da cena musical contemporânea de BH, Marcelo Tofani considera fundamental a troca de experiências proposta pelo sarau. “Temos muito a aprender com pessoas que estão fazendo a mesma coisa que a gente há mais tempo. Quem já tem 'casca' tem muito a ensinar. Muitas janelas se abriram, principalmente depois da internet, e o fazer artístico muda a todo instante”, comenta.

O diálogo com Teuda Bara, Preta Poeta e Thiago Corrêa será estimulante, acredita o músico. “Estou muito feliz em participar, podendo somar com essas pessoas. Feliz também em falar um pouco sobre como tem sido viver de arte nesses tempos tão sombrios, mas, ao mesmo tempo, bonitos, pois a arte vem para transformar”, diz.

Preta Poeta concorda: “Nós, que somos fruto de resistências e reinvenções de saberes ancestrais, podemos ter a oportunidade de contato, por meio do encontro e da troca entre gerações, com saberes e vivências que ressignificam os passos para serem dados agora, no presente, e endereçados ao futuro.”

A escritora destaca a importância do Sarau Libertário ao unir literatura, música e artes cênicas – artes da palavra. “Penso a construção de diálogos internarrativos na direção do alargamento e do aprofundamento de nossos encontros, de provocar um espaço possível para o 'avontadismo' das pessoas em relação a expressões artísticas. Inclusive, para aprender mais sobre o cuidado e a dedicação que outro alguém possa ter sobre as palavras e do modo como elas podem mover o mundo e as artes”, conclui Preta.

5º Sarau Libertário de 2019

Domingo (25), a partir das 10h. Museu Casa Kubitschek, Avenida Otacílio Negrão de Lima, 4.188, Pampulha. Informações: (31) 3277-1586. Entrada franca. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade