Publicidade

Estado de Minas

'Boa noite outra vez', uma série taiwanesa para os românticos

Na atração da Netflix, dois jovens mergulham em jornada de autodescoberta ao seguir o roteiro traçado por um chefe de estação de trem. Cenários em Taiwan lembram o interior de Minas


postado em 23/08/2019 04:00 / atualizado em 22/08/2019 19:16

(foto: Netflix/Divulgação)
(foto: Netflix/Divulgação)

Boa noite outra vez
(Netflix) lembra aqueles recantos que teimam em sobreviver em Minas. Estradas de ferro, pontilhões, rios, montanhas lindas (mas degradadas) e cidadezinhas pacatas de Taiwan nos soam familiares, assim como a prosa de Dai Jia He (Bo Zheng Chen), um guarda ferroviário humilde, cheio de sabedoria.

 

Quando ele morre do coração, a filha adotiva, Dai Tian Qing (Cindy Lien) – que foi abandonada pequenina num banco da estação – , e Cheng Nuo (Nicholas Teo) – salvo da morte, ainda garoto, por Jia He – decidem fazer a viagem que o velho guarda não conseguiu completar, interrompida por um ataque cardíaco em pleno trem.

 

Os dois seguem a trilha das lembranças de Jia He. Querem homenagear o homem que mudou o destino deles. Com base no mapa e no diário de Jia, a dupla percorre o interior de Taiwan. Nessa jornada de autoconhecimento, um e outro enfrentam o desafio de se acertar com o passado. Boa noite outra vez tem lá suas doses de autoajuda.

 

Nesse delicado melodrama, o jeitão do falecido guarda lembra aqueles tios boa-praça que nos acolhiam nas férias no interior. Aliás, até caldo de galinha ele faz para animar o tristonho Cheng Nuo. Quer coisa mais mineira?

 


Publicidade