Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

PELA EUROPA FÉ E MEDICINA


postado em 13/06/2019 04:11

(foto: )
(foto: )

 

 

 


O diretor do Museu de Congonhas, Sérgio Rodrigo Reis, integra a comitiva que representará o Brasil no Congresso Internacional sobre as Devoções ao Bom Jesus de Matosinhos, que está sendo realizado nesta semana, na cidade de Matosinhos, em Portugal. Hoje, ele vai apresentar o projeto do Museu de Congonhas e as ações da instituição. A devoção ao Bom Jesus do Matosinhos é atribuída ao português Feliciano Mendes, responsável pela construção do famoso Santuário do Bom Jesus, em Congonhas, patrimônio cultural da humanidade. Na segunda metade do século 18, Feliciano Mendes contraiu grave doença e, graças às preces do devoto ao Senhor de Matosinhos, acreditou ter sido curado. A partir daí, Feliciano passou a se dedicar inteiramente à construção do santuário, como os dois que existiam na região em que nasceu, nas proximidades de Guimarães, Norte de Portugal – o Santuário de Braga e o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, nos arredores do Porto.
lll
Já o dermatologista mineiro Lucas Miranda está participando do Congresso Mundial de Dermatologia, que termina sábado (15), em Milão.


na casa tua...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VIRADA
AMOR PELA CIDADE

Conrado Almada é quem assina a identidade visual da 5ª Edição da Virada Cultural, que será realizada durante 24 horas entre 20 e 21 de julho. Natural de Belo Horizonte, Conrado é apaixonado pela cidade e pelas artes. Para ele, o projeto tem tudo a ver com o seu trabalho. “Tenho pai arquiteto e sempre fui ligado aos prédios, monumentos e à arquitetura da cidade. Sempre desenhei as coisas de que gosto e que são ligadas à arte. Por isso, não faltou inspiração para criar essa nova identidade da Virada. Fiz desenhos que podem ser usados em composições variadas. São símbolos e ícones que representam pessoas, artes e espaços”, diz. A Virada Cultural terá cerca de 400 atrações gratuitas – 120 selecionadas por edital –, que devem atrair cerca de 500 mil pessoas. A programação pode ser conferida no www.viradacultural.pbh.gov.br.


SONORO
MÚSICA FEITa EM CASA

Gui Hargreaves abre, sábado (15), no Restaurante do Ano, a temporada do projeto Sonoro, que uma vez por mês vai mostrar trabalho autoral de músicos da cidade. No palco, Gui estará acompanhado pelo produtor Thiago Correa, o TC, e o cantor Arthur Melo. A DJ Pied-de-Poule embala a noite


LÁ VEM A NOIVA
SOB OUTRO OLHAR

Diretor de arte e stylist do desfile da estilista Ana França, Rodrigo Cezário garante que a apresentação da coleção Noivas, terça-feira (18), será inovadora. Ele conta que os looks serão apresentados em dois blocos. No primeiro, peças criadas por Ana, intercaladas entre si, “criando vários looks diferentes dentro da coleção”. No bloco seguinte, as peças serão montadas em novos looks com roupas da Alphorria, “mostrando como essas peças podem ser usadas depois do casamento”. Para Cezário, “a coleção tem proposta bem jovem, sem muito bordado, despojada e muito bonita”. O desfile será apresentado no Night Market Rooftop, no Estoril.


Publicidade