Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Helvécio Carlos


postado em 01/06/2019 04:11





AMOR AO TEATRO
QUARTETO FANTÁSTICO


Levar uma produção ao palco, muitas vezes, é a maior prova de amor do artista a seu ofício. Exemplo recente disso é a peça Minha vida daria um bolero, que chega a Belo Horizonte no próximo fim de semana, com duas sessões no Sesc Palladium, depois de estrear às pressas na capital fluminense. “Não estávamos com o espetáculo pronto quando surgiu um furo de pauta no Sesc Rio, em agosto passado. Tínhamos apenas 20 dias para estrear e fizemos a peça em 20 dias. Nunca na história do teatro musical brasileiro se montou um espetáculo em tão pouco tempo”, diverte-se a atriz Françoise Forton. Mesmo sem patrocínio, foi possível fazer outra temporada, desta vez no Shopping da Gávea, conta ela.

***

Françoise repete a parceria com Arthur Xexéo, autor do texto, o produtor Eduardo Barata e o ator Aloísio de Abreu. Apaixonado pelos palcos apesar das enormes dificuldades para viabilizar um espetáculo, o quarteto está junto há oito anos, desde a estreia de Nós sempre teremos Paris. “Seguimos em turnê com patrocínio apenas local em algumas cidades, como Belo Horizonte. Mas a vontade de fazer teatro é maior do que qualquer dificuldade”, comemora Eduardo Barata. O repertório reúne os boleros Tú me acostumbraste, Solamente una vez, Angústia, Besame mucho, Contigo aprendi, Noite de ronda e Vereda tropical.





FESTIVAL DE JAZZ
TOCA DO TATU NO RIO

O grupo instrumental Toca do Tatu é uma das atrações do Rio Montreux Jazz Festival, que começa quinta-feira, no Rio de Janeiro. A apresentação ocorrerá na estreia do festival, às 18h, no Parque Madureira. O grupo, que lançou dois discos, já fez turnês na Inglaterra, Holanda e na França, onde ministrou oficinas de choro e música brasileira.

PAINEL
MEIO AMBIENTE

Thiago Mazza está concluindo o painel de 500 metros quadrados no Espaço BeGreen, no Boulevard Shopping, a primeira fazenda urbana da América Latina. A entrega da obra, na quarta-feira, vai marcar a comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente .

NO CCBB
MINAS CANTA MARKU

Júlia Ribas, Pedro Braga, Toninho Horta, Juarez Moreira, Sérgio Pererê, Marcelo Veronez, Iconili, Marina Machado, Pedro Morais, Bauxita e Tattá Spala estão entre os convidados do Festival Minas canta Marku, que começa no dia 19, no CCBB. Além de shows, serão oferecidas oficinas sobre a obra de Marku Ribas (1947-2013), que mesclou jazz, samba, samba-rock e a chamada “música barranqueira”. As inscrições devem ser feitas pelo site www.markuribas.com.br. Natural de Pirapora, o mineiro gravou a percussão em Sympathy for the devil, hit do Rolling Stones, mas a participação nunca foi creditada a ele. Vítima de câncer, Marku Ribas morreu aos 65 anos, em BH.



Publicidade