Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Sindicato dos Atores premia Pantera Negra, Glenn Close e Rami Malek

Protagonistas de A esposa e Bohemian rhapsody, ambos indicados ao Oscar, passaram a ser vistos como favoritos à estatueta, já que os atores são o maior contingente de votantes da Academia de Hollywood


postado em 29/01/2019 05:02

Atores de Pantera Negra recebem o prêmio do Sindicato dos Atores de melhor elenco de longa-metragem(foto: FOTOS: FREDERIC J. BROWN/AFP)
Atores de Pantera Negra recebem o prêmio do Sindicato dos Atores de melhor elenco de longa-metragem (foto: FOTOS: FREDERIC J. BROWN/AFP)


O elenco do filme Pantera Negra, Glenn Close e Rami Malek foram os grandes vencedores do prêmio do Sindicato dos Atores (SAG), na noite do último domingo (27). O filme sobre o super-herói africano da Marvel, maior bilheteria mundial em 2018, venceu a categoria de melhor elenco ao superar Nasce uma estrela, Infiltrado na Klan, Bohemian rhapsody e Podres de ricos. O longa também venceu na categoria melhor elenco de dublês em filme.

Nas categorias individuais, o SAG confirmou em grande parte a premiação do Globo de Ouro. Rami Malek venceu na categoria melhor ator por sua interpretação de Freddie Mercury em Bohemian rhapsody, enquanto Glenn Close levou a estatueta por seu papel em A esposa. Ambos passam a ser considerados favoritos para o Oscar.

Roma, do diretor mexicano Alfonso Cuarón, um dos grandes filmes da temporada, não recebeu nenhuma indicação no SAG.

Nas categorias coadjuvantes, os vencedores foram Mahershala Ali, por Green Book: O guia, e Emily Blunto por Um lugar silencioso.

Nas categorias de TV, a grande vencedora foi a série de comédia The marvelous mrs Maisel, com três prêmios: melhor ator (Tony Shalhoub), melhor atriz (Rachel Brosnahan) e melhor elenco. Nas categorias para séries dramáticas, Sandra Oh foi considerada a melhor atriz por Killing Eve, enquanto Jason Bateman recebeu a estatueta por Ozark. O prêmio de melhor elenco de série dramática foi vencido por This is us. (AFP)

PRÊMIO DOS PARES
Confira quem venceu

Cinema

Melhor elenco:
Pantera Negra


Melhor ator:
Rami Malek - foto (Bohemian rhapsody)


Melhor atriz:
Glenn Close - foto (A esposa)

Melhor ator coadjuvante:
Mahershala Ali (Green Book: O guia)

Melhor atriz coadjuvante:
Emily Blunt (Um lugar silencioso)

Melhor elenco de dublês:
Pantera Negra

TV

Melhor elenco/drama:
This is us

Melhor elenco/comédia:  
The marvelous mrs Maisel

Melhor ator/drama:
Jason Bateman (Ozark)

Melhor atriz/drama:
Sandra Oh (Killing Eve)

Melhor ator/comédia:
Tony Shalhoub (The marvelous mrs Maisel)

Melhor atriz/comédia:
Rachel Brosnahan (The marvelous mrs Maisel)

Melhor ator/filme para TV ou minissérie:
Darren Criss (American crime story: O assassinato de Gianni Versace)

Melhor atriz/filme para TV ou minissérie:
Patricia Arquette (Escape at Dannemora)


Publicidade