Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Hora da definição Mariana Peixoto

Governo reconduz parte de servidores para manter equipamentos culturais em funcionamento. Cine Humberto Mauro reabre. Biblioteca Pública e


postado em 12/01/2019 05:05

Exposições no Palácio das Artes estão abertas ao público e teatros devem receber a Campanha de Popularização Teatro & Dança na próxima semana (foto: Euler Júnior/EM/D.A Press)
Exposições no Palácio das Artes estão abertas ao público e teatros devem receber a Campanha de Popularização Teatro & Dança na próxima semana (foto: Euler Júnior/EM/D.A Press)


Alguns servidores comissionados da área cultural exonerados em 1º de janeiro foram reconduzidos aos cargos nesta semana. Ato assinado pelo governador Romeu Zema (Novo) e publicado na edição desta sexta-feira (11) no Minas Gerais reconduziu ao cargo 35 funcionários da Fundação Clóvis Salgado, 18 do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha), 36 da Rede Minas e quatro na Secretaria de Estado de Cultura.

A programação de algumas instituições está voltando à normalidade. A mostra Musicais de ouro, programada para o Cine Humberto Mauro, do Palácio das Artes, terá início nesta sexta (11) e será realizada em sua totalidade. Serão exibidos, até 11 de fevereiro, 39 longas-metragens musicais.

No entanto, cargos-chave do setor cultural do estado ainda não foram preenchidos, como a presidência da Fundação Clóvis Salgado, responsável pelo Palácio das Artes. A assessoria do vice-governador Paulo Brant, que responde provisoriamente pela pasta da Cultura, afirmou que o assunto “está sendo discutido”. Hoje é o último dia para recondução ao cargo dos comissionados exonerados no início deste ano.

O Palácio das Artes mantém em funcionamento as galerias de arte e as exposições estão em cartaz normalmente. Em férias coletivas, como ocorre todos os anos, a previsão é de que os três teatros da instituição (Grande Teatro, Sala Juvenal Dias e Teatro João Ceschiatti) voltem a operar na segunda quinzena deste mês. Está prevista a ocupação dos três espaços com espetáculos da Campanha de Popularização Teatro & Dança. O contingente artístico da Fundação Clóvis Salgado é formado por boa parte de músicos e bailarinos concursados. Em férias coletivas, como ocorre anualmente, eles deverão voltar ao trabalho a partir da próxima semana.

No entanto, a Biblioteca Pública Estadual Minas Gerais funciona normalmente apenas na área infantojuvenil. No setor de livros para adultos, por ora. não há empréstimo, somente devoluções. O Museu Mineiro, que havia suspendido a visitação, divulgou ontem que retomaria parcialmente suas atividades a partir de hoje. A superintendente de Museus e Artes Visuais, Andréa de Magalhães Matos, foi reconduzida ao cargo. Em 15 de dezembro, o Museu Mineiro inaugurou suas novas instalações, com renovação de sua infraestrutura, e abriu uma nova exposição de longa duração, Minas das artes, histórias gerais, com novas peças no acervo, além da mostra temporária de fotografias Fé e devoção no sertão de Rosa.

Por funcionar com quadros bastante enxutos e pessoal terceirizado para a segurança, o Museu dos Militares Mineiros e o Centro de Arte Popular – Cemig, ambos em BH, também atrelados à Superintendência de Museus e Artes Visuais, seguem funcionando normalmente. As instituições localizadas no interior – os museus-casa Guimarães Rosa, em Cordisburgo; Alphonsus de Guimaraens, em Mariana; e Guignard, em Ouro Preto, estão abertas ao público.

Permanece indefinido o destino da Secretaria de Estado de Cultura.  Na reestruturação promovida pelo novo governo, a pasta estaria vinculada à Secretaria da Educação, perdendo o status de secretaria autônoma, o que desagrada o setor cultural, preocupado com o futuro dos programas de apoio e incentivo mantidos pelo estado de Minas Gerais. Há expectativa de que, nos próximos dias, seja feito anúncio relativo à Secretaria de Cultura para definição de nomes e planejamento da próxima gestão.Museu Mineiro operam parcialmente


Publicidade