Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

conta-gotas


postado em 26/05/2019 04:06

 

 

Gripe ou resfriado

Gripe e resfriado são patologias diferentes, porém ainda bastante confundidas pela população. A gripe é uma doença aguda das vias respiratórias causada pelo vírus Influenza, mais frequente em períodos frios, e o resfriado também é uma doença respiratória, porém, o quadro é causado por vírus diferentes. Os mais comuns, segundo o Ministério da Saúde, são o rinovírus, (altamente contagioso), vírus parainfluenza e o vírus sincicial respiratório (VSR), que geralmente acomete crianças. Segundo Roberta Fontanezzi Campos, clínica geral do Hospital Albert Sabin, a gripe geralmente se inicia com quadro de febre alta, seguida de mialgia (dores musculares), dor de garganta, cefaleia, coriza e tosse, e os sintomas duram de cinco a 10 dias. Os sinais do resfriado, apesar de semelhantes aos da gripe, são mais moderados e curam mais rápido, por volta de dois a quatro dias, mais ou menos. Eles incluem tosse, congestão nasal, coriza, mialgia e dor de garganta leve. A febre é menos comum, e se aparece, é mais branda. “No tratamento da gripe é necessário repouso, aumento de ingestão hídrica e a utilização de antitérmicos e analgésicos quando necessário. Os medicamentos antivirais podem reduzir o número de complicações, e são especialmente importantes para grupos de alto risco. Os medicamentos devem ser administrados precocemente, ou seja, dentro de 48 horas após o início dos sintomas. O recurso terapêutico para o resfriado, além do aumento da ingestão de líquidos, é apenas sintomático, feito com analgésicos e antitérmicos, uma vez que não existe nenhum remédio específico para a cura.


Reconexão espiritual


O Brasil é o país com o maior número de deprimidos da América Latina e ocupa o quinto lugar no ranking mundial, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Mais de 11 milhões de brasileiros sofrem com os sintomas da doença. Para discutir a importância da vida em meio à realidadeatual, a Conexão Quântica, empresa sediada em Sete Lagoas, na região Central, promove o Spiritual Reconection. O evento vai contar com a presença da Monja Coen, presidente do Conselho Religioso da Comunidade Zen Budista Zen do Brasil e do ViaZen/VilaZen do Rio Grande do Sul. De acordo com professora de ioga e organizadora do evento, Sabrina Menezes, a ideia é conversar sobre valores, direcionamento e transformação para construção de relações sociais e afetivas saudáveis. Informações e inscrições: https://www.centraldoseventos.com.br/events/show/spiritual-reconectiona?=01

 

Como extrair o leite materno corretamente
As bombas para extração de leite materno se tornaram um item fundamental para algumas mamães. Atualmente, a ordenha do leite faz parte da rotina das mães, seja para estocar o leite, manter a dieta dos bebês prematuros ou até mesmo para extrair o excesso produzido, aliviando a mama. A bomba de extração facilita por ser prática, pela agilidade e por economizar tempo. Para a pediatra Fernanda Catharino, esse item ajuda também as mamães que estão voltando ao trabalho.

A especialista listou as principais dicas de como as mamães devem extrair o leite materno corretamente:

1) Prender os cabelos, lavar as mãos e sentar-se confortavelmente

2) Massagear as mamas com as pontas dos dedos do centro para a periferia da mama

3) Preparar os sacos que armazenarão o leite ordenhado

4) Usar o próprio recipiente para realizar a ordenha

5) Ao finalizar, mexer suavemente em movimentos circulares, anotar a data e colocar direto no freezer

 

 

Saúde dos olhos


Muito se fala a respeito de doenças cardiovasculares e diabetes, entre outras, que podem ser prevenidas com a adoção de hábitos saudáveis e uma boa alimentação. Mas você sabia que a inserção de uma dieta equilibrada no dia a dia é capaz de cuidar também da saúde dos olhos, prevenindo catarata, cegueira noturna, síndrome do olho seco, entre outros sintomas? De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no Brasil, mais de 35 milhões de pessoas, ou 19% da população, sofrem com algum problema de visão. Para não fazer parte ou contribuir para o aumento dessa estatística, é importante que as pessoas passem a compreender o real valor nutricional de tudo o que consomem. Ana Carolina Pallottini, consultora em nutrição da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi), explica que as vitaminas A e C ajudam a fornecer nutrientes para o bom funcionamento das células dos nossos olhos. “Presentes em alimentos com coloração alaranjada, como mamão, manga e cenoura, a vitamina A auxilia na proteção da retina dos olhos”, destaca. Quando o organismo está com deficiência dessa vitamina, a chamada cegueira noturna, que é a diminuição da visão em locais com menos luz, pode aparecer. Diabetes também pode levar à cegueira. Pessoas com diabetes precisam se atentar ao índice glicêmico dos alimentos, medida que representa o quão rapidamente os carboidratos são absorvidos pelo organismo. “Optar pela versão integral de massas, pães e biscoitos, por exemplo, é uma ótima ideia. Ainda mais quando estão aliados a molhos e acompanhamentos ricos nas vitaminas que mencionamos acima, bem como em ômega 3, que ajuda a lubrificar os olhos e mantém a integridade das células da retina, zinco, indicado para a prevenção de cegueira noturna, e cobre, que evita degeneração macular”, finaliza.

 

 

Bruxismo é perigoso?


Atenção! Acordar com os músculos da mandíbula doloridos e sensação de dentes amolecidos podem ser sinal de bruxismo. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o distúrbio atinge 30% das pessoas no mundo e de maneira geral seu diagnóstico é sempre tardio, quando o dente já sofreu algum desgaste. “O bruxismo é uma desordem funcional na qual a pessoa range muito ou pressiona os dentes durante o sono. O incômodo permanece ao longo do dia ao escovar os dentes e mastigar alguns tipos de alimentos”, explica Willian Ortega, especialista em ortodontia. As causas podem variar de estresse, tensão, ansiedade, problemas físicos de fechamento de boca até fatores genéticos. “É impossível saber o que acontece com nosso corpo quando dormimos, por isso muitas pessoas nem sabem que sofrem desse mal e só acabam tomando conhecimento quando alguém comenta que elas rangem ou fazem algum barulho com os dentes enquanto dormem”, alerta o dentista. Entre os potenciais sinais do bruxismo estão dores de cabeça e pescoço, zumbido no ouvido, estalos ao abrir e fechar a boca, dores na mandíbula e nos músculos da face. “Isso ocorre pelo esforço dos músculos da mastigação que continuam sendo ativados mesmo durante o sono”, afirma. O tratamento é focado em reduzir a dor e preservar os dentes. A placa dentária em acrílico é indicada na maioria dos casos.


Livro: Elo invisível


Um dos primeiros geriatras e gerontólogos de Minas Gerais, Flávio Aluízio Xavier Cançado é o próprio exemplo do envelhecimento ativo pregado pela Organização das Nações Unidas (ONU). Aos 79 anos, ele mostra que é possível se revelar em qualquer tempo da vida. No dia 28, a partir de 19h, na Livraria Leitura do Pátio Savassi, ele lança o livro de poemas O elo invisível. Casado há 45 anos com Maria Victória Flecha de Lima Xavier Cançado, o médico homenageia a esposa, desde a capa do livro, com uma foto elegante de Victória ainda jovem até poemas que falam desse amor impecável. No livro, ele também dedica poemas a pacientes que estiveram sob seus cuidados até o fim da vida. Espiritualizado, ele tem certeza que medicina e fé andam de mãos dadas e que a oração também é capaz de curar.

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade