Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

É preciso se adaptar ao que ainda está por vir


postado em 06/01/2019 05:06

(foto: Ricardo Ribes/Divulgação)
(foto: Ricardo Ribes/Divulgação)

 

 

 

 




Vivemos em um mundo em constante mudança. Por isso, Paulo Kretly, CEO da FranklinCovey, empresa global especializada em aprimorar desempenhos, com atuação em 144 países, afirma que “quem não está disposto a mudar, não está disposto a progredir e a crescer. Temos que estar atentos às mudanças e abertos para elas. O nosso paradigma tem que ser ampliado, com o objetivo de nos adaptar ao que ainda virá. Uma reflexão sobre isso é uma citação de Albert Einstein – ‘Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes’. Ou seja, temos que fazer coisas diferentes para obter resultados melhores”.

Para Paulo Kretly, as pessoas têm medo da mudança porque ela é uma incógnita, ou seja, é algo desconhecido. “Dúvida, insegurança e medo são sentimentos frequentes. É um processo que pode surgir em qualquer área da vida. De um novo emprego a um novo relacionamento. Por isso, mesmo sabendo que as pessoas têm medo, e que esse medo pode ser fruto da imaginação, podemos dizer também que o medo da mudança pode surgir da falta da imaginação. Afinal, nossa mente pode criar coisas positivas também, não é? O novo pode ser inovador, motivador, pode trazer esperança e estímulo. Seguindo por essa lógica, digo que o pensamento positivo é capaz de te levá-lo muito além.”

O desejo de mudança aflorado na virada de ano, conforme Paulo Kretly, tem a ver com a missão de vida, com os papéis e propósitos. “Você já refletiu sobre isso? Normalmente, as pessoas não pensam. E isso é fundamental para que você cumpra as metas para o próximo ano. Com o seu propósito de vida definido, você terá mais forças para realizar o que deseja. Por exemplo, se o seu propósito é melhorar o seu papel como mãe, como fazer?. Vou sair uma vez por semana com o meu filho para que possa estreitar o relacionamento com ele. Se é o de ter o corpo em dia, você se propõe a fazer exercícios, melhorar a alimentação etc. Ou seja, se você não tiver o papel e o propósito estabelecidos, é mais difícil para que a mudança realmente ocorra.”

IMPREVISÍVEL 

Paulo Kretly lembra que a vida é imprevisível. Tem coisas que ocorrem e fogem do controle, como uma doença, o desemprego, mudança de emprego. Como lidar com isso? “Essas mudanças são comuns e temos de estar abertos e prontos. Temos que estar constantemente nos preparando e buscando a inovação. É preciso nos antecipar às mudanças. Para isso, precisamos estar bem fisicamente, cuidar da saúde mental, expandir o relacionamento e trabalhar o lado espiritual, por meio do contato com a natureza, lendo livros inspiradores e fazendo trabalhos voluntários, entre outras coisas. Ou seja, quando estamos mais fortes e preparados, fica mais fácil lidar com a mudança.”

Na análise de Paulo Kretly, o indivíduo que tem uma visão otimista tem mais chances de obter sucesso, porque ele trabalha para melhorar e as coisas conspiram a favor dele. “Agora, quem não se mexe, fica parado, acaba regredindo. Quem se arrisca mais, tem mais chances de obter sucesso. Às vezes, o jogar tudo pro alto pode ser uma saída para quem tem um perfil empreendedor, por exemplo.”

Agora, para saber o que mudar, é importante fazer um balanço a cada ano e ao longo da vida: “Sempre é importante avaliar o que ocorreu no ano. Ter em mente o que foi importante, quais foram os desafios e como essa experiência será fundamental para que se possa atingir níveis mais altos no próximo ano. Ou seja, é preciso fazer essa avaliação e planejar o que será feito e de que maneira, para que consiga obter resultados superiores.”



"Quem não está disposto a mudar, não está disposto a progredir e a crescer. Temos que estar atentos às mudanças e abertos para elas”

. Paulo Kretly,  CEO da FranklinCovey

Ideias que contribuem com o projeto de mudança:

 

– Procure fazer algo novo todos os dias, viver outras experiências
– Estabeleça metas atingíveis
– Seja voluntário
– Arrisque, invista na criatividade
– Tenha um plano de ação
– Troque ideias
– Identifique os problemas
– Pesquise e saiba quais sãos seus bloqueios mentais
– Tenha discernimento dos pensamentos e crenças que possam estar fazendo-o infeliz
– Tenha atitude
– Faça funcionar e, se preciso, encontre um mentor
– Reavalie-se periodicamente
– Defina metas que o motivem
– Não desista

TeroVesalainen/Pixabay


Publicidade