Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas VIDA POSITIVA

A vida multitarefas adoece; saiba o que fazer

É preciso desacelerar para ter uma vida mais saudável


postado em 15/09/2019 04:00 / atualizado em 15/09/2019 08:25


  
O Brasil tem o maior índice (9,3%) de transtorno de ansiedade do mundo. Na cidade de São Paulo, esse índice sobe para 25% da população. Mas que fenômeno é esse? Como pode o Brasil ser um país com um índice tão alto de ansiedade?
 
A ansiedade é considerada algo natural e bom para nos defender dos perigos. Herdamos dos nossos ancestrais primatas, para fugir dos perigos da selva. Ficar atentos, de olhos bem abertos, para, de predadores que somos, não virarmos presas.
 
Infelizmente, o que está ocorrendo hoje? Viramos presas das armadilhas do crescimento desenfreado, falta de segurança e o medo de não ter um trabalho. Os medos de assaltos e da falta de empregos nos deixam em estado de alerta.

Assim vive o brasileiro

Multitarefas é a palavra do momento no mundo inteiro. O mal da ansiedade se alastra. A falta de tempo e correria são o que mais vemos. Todo mundo correndo atrás do dinheiro, da meta, da prova e sem tempo para desfrutar a vida, que é única. Um mal maior pode vir daí. O aumento crescente nas últimas décadas da depressão, do burnout e dos transtornos ansiosos vem diminuindo a qualidade de vida e trazendo doenças crônicas ao mundo. Mas será isso que você deseja viver?
Vida mais positiva como, num mundo deste?

Acredite, é possível!

Cabe a você escolher se vai manter o estado “multitarefas” ou preferir desacelerar e ter uma vida mais saudável. Menos tarefas, mais qualidade de vida. Ou, pelo menos, uma tarefa por vez.
A ansiedade tem passado dos limites. E, com isso, doenças mais graves e crônicas têm tomado o controle de nossas vidas. Vai querer mais dinheiro ou mais saúde? Uma boa pergunta para já pensar como vai educar seu filho. Ele precisa ser mesmo o melhor ou pode aprender a fazer o que gosta e fazer com amor? O que o faz feliz, vai fazê-lo ter sucesso. Isso pode ser aprendido desde pequeno. Incentivar as crianças a brincar mais, a se divertir com o que fazem. A vida pode e deve ser mais alegre.
 
Infelizmente, desde a escola já nos colocam metas. Socorro! Criança sem tempo de ser criança. Só deveres e horários. Lembro-me bem dos meus filhos, hoje adultos, terem que fazer margem vermelha nas páginas dos cadernos que já tinham margem! Aquilo me deixava irada. Enquadrar mais ainda. A educação deve mudar, já vem mudando. Ainda bem. Mas precisa mais. Precisamos alertar e educar que seja a população adulta.
 
Como podemos lidar com essa correria desenfreada e ter que dar conta de tudo e mais um pouco?
Isso faz bem para quem? Para você que não é!
 
A vida multitarefas adoece. Estamos vendo tanta gente que correu a vida inteira para ficar rico ou para ter um carro melhor, uma casa melhor e, hoje, na velhice ou mesmo na meia-idade, já não tem mais saúde para viver. Seu dinheiro está indo nos tratamentos e remédios de que precisa. Prazer algum.
 
Como ter uma vida mais saudável? Veja o que é essencial. Use seu tempo mais adequadamente. Não ultrapasse os limites e siga as regras básicas que todos tomam como garantido, mas não fazem: dormir mais cedo, fazer exercícios físicos, meditar todos os dias, praticar ioga, alimentar-se saudavelmente, ter bons relacionamentos, permitir-se ser humano, errar rápido sem medo para acertar logo. Ter um propósito para viver. Ainda vou falar disso aqui para vocês. Mas seria algo como dar um significado especial para sua vida – um para quê viver. Precisamos de um chamado maior a que poderemos nos dedicar. Isso traz a força de ter uma vida especial.
 
Meu recado aqui para quem anda muito ansioso: desacelere!
Aprenda a respirar e pausar de vez em quando. Medite todos os dias.
 
Faça o que, de verdade, é essencial e bom para você. Desfrute a vida devagar. Tenha seu tempo. Diga não ao que não é prioritário, pois não cabe tudo em nosso dia. Pare, pense. O que realmente necessito para ser mais feliz? Respirar? Sim, lentamente, pois acalma. Silêncio? Sim! Pois você se ouve. Um tempo em família? Sim, pois somos, em princípio, mamíferos, e necessitamos do apego, do engajamento, do abraço, do carinho, da lambida, do elogio e do sorriso.
 
Bom, se planejar melhor seu tempo, retirar os excessos, terá tempo para meditar (ficar em silêncio ou na natureza, se ouvir), terá tempo para se exercitar, praticar ioga, sobrará espaço para aquele momento família e ficará mais calmo para ter novas ideias e ser mais produtivo no que de verdade precisa ser.
 
O que traz mais saúde? Uma vida mais simples. Menos atarefada. Tempo de descanso, diversão e pausas restaurativas. Se ainda não tem, siga as pílulas de felicidade, comece já sua  Vida Positiva.


Publicidade